Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 137
AUSÊNCIA DE SANEAMENTO BÁSICO É PROBLEMA DA ESCOLA SIM!

Palavra-chaves: SEQUÊNCIA DIDÁTICA, CIDADANIA, PRODUÇÃO TEXTUAL Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Resumo

Este ensaio busca levar os professores a refletir a prática docente através da adoção de estratégias didáticas que possibilitem o seu reposicionamento na mediação dos conteúdos curriculares. Para isso propomos a utilização de uma sequência didática interdisciplinar voltada para as questões do saneamento básico, e da produção de gêneros textuais, envolvendo conteúdos trabalhados pelos componentes curriculares de Ciências da Natureza e Língua Portuguesa, que permitissem uma maior reflexão e aproximação dos estudantes à realidade em que vivem. Desenvolvido junto aos alunos do Ensino Fundamental - modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), vinculados ao Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem Urbano), na Escola Municipal de Ensino Fundamental Nazinha Barbosa, João Pessoa – PB, esta atividade levou os alunos a, realizarem uma expedição fotográfica na comunidade onde residem, fazerem leituras próprias sobre o tema trabalhado, discutir possíveis encaminhamentos para minimizar as consequências da ausência de saneamento básico para a comunidade e expressar seu entendimento e sua visão de mundo em produções textuais. Entendendo a leitura e a escrita como um processo, e o sujeito da linguagem como partícipe de um contexto maior, que é o social, a elaboração de sequências didáticas como a apresentada neste trabalho vem a contribuir com a mudança efetiva na prática pedagógica do professor que repensa o fazer pedagógico assumindo uma postura diferenciada, onde a linguagem é uma forma de interação entre quem a usa, seu contexto e as implicações advindas da relação entre o sujeito de linguagem e o ambiente externo, as relações sociais que o rodeiam. Para além da explicação de conteúdos, as sequências didáticas interdisciplinares podem inserir o sujeito escritor das produções na sua comunidade e promover a reflexão de como se pode intervir em sua realidade para ajudar a transformá-la.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.