Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

CAPITU: VÍTIMA DE UMA SOCIEDADE PRECONCEITUOSA E PATRIARCAL.

Palavra-chaves: CAPITU, TRANSGRESSÃO, SOCIEDADE Pôster (PO) Teoria e prática no ensino de língua portuguesa: unindo escola e sociedade
"2014-11-22 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 9906
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 819
    "inscrito_id" => 992
    "titulo" => "CAPITU: VÍTIMA DE UMA SOCIEDADE PRECONCEITUOSA E PATRIARCAL."
    "resumo" => "Tendo como ponto inicial a personagem “transgressora” Capitu da obra de Machado de Assis, Dom Casmurro. Analisaremos se Capitu foi mesmo adúltera, ou se foi vítima do ciúme doentio de um marido que a amava, estando este inserido em uma sociedade patriarcal onde a mulher é colocada em uma posição de inferioridade. Machado de Assis é sem dúvida um dos maiores escritores da literatura brasileira, deve ser por isso que é um dos mais estudados. Criou personagens como Dom Casmurro, romance que pertence à segunda fase Machadiana, ganhou vários artigos, trabalhos e títulos, principalmente no que diz respeito à questão da culpa ou não de Capitu. Partindo desse pressuposto, dessa ambiguidade que foi fixada em cada leitor, analisaremos o comportamento da personagem, não através do olhar de um narrador que tem uma visão machista, mas a partir de um olhar que capte a alma da mulher. Estudaremos até que ponto a personagem foi sujeita a um sistema ético e moral de uma sociedade que tinha o homem como centro e a mulher como ser passivo. Durante a narração de todo o romance percebemos que o discurso de Bentinho não é neutro, o mesmo apresenta partes que são capazes de controlar os meios de representações. Deste modo, Dom Casmurro é uma obra construída e baseada na visão de uma única pessoa e este com sua visão masculina, coloca a mulher numa posição de submissão e a propaga numa imagem de objeto."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Teoria e prática no ensino de língua portuguesa: unindo escola e sociedade"
    "palavra_chave" => "CAPITU, TRANSGRESSÃO, SOCIEDADE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_04_11_2014_23_24_39_idinscrito_992_29660a7cf64b4ab1ccdcae29f10e72ab.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JACINEIDE VIRGÍNIA BORGES OLIVEIRA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "VIRGÍNIA BORGES"
    "autor_email" => "jacineidevirginia@gmail.c"
    "autor_ies" => "CENTRO INTEGRADO DE TECNOLOGIA E PESQUISA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 9906
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 819
    "inscrito_id" => 992
    "titulo" => "CAPITU: VÍTIMA DE UMA SOCIEDADE PRECONCEITUOSA E PATRIARCAL."
    "resumo" => "Tendo como ponto inicial a personagem “transgressora” Capitu da obra de Machado de Assis, Dom Casmurro. Analisaremos se Capitu foi mesmo adúltera, ou se foi vítima do ciúme doentio de um marido que a amava, estando este inserido em uma sociedade patriarcal onde a mulher é colocada em uma posição de inferioridade. Machado de Assis é sem dúvida um dos maiores escritores da literatura brasileira, deve ser por isso que é um dos mais estudados. Criou personagens como Dom Casmurro, romance que pertence à segunda fase Machadiana, ganhou vários artigos, trabalhos e títulos, principalmente no que diz respeito à questão da culpa ou não de Capitu. Partindo desse pressuposto, dessa ambiguidade que foi fixada em cada leitor, analisaremos o comportamento da personagem, não através do olhar de um narrador que tem uma visão machista, mas a partir de um olhar que capte a alma da mulher. Estudaremos até que ponto a personagem foi sujeita a um sistema ético e moral de uma sociedade que tinha o homem como centro e a mulher como ser passivo. Durante a narração de todo o romance percebemos que o discurso de Bentinho não é neutro, o mesmo apresenta partes que são capazes de controlar os meios de representações. Deste modo, Dom Casmurro é uma obra construída e baseada na visão de uma única pessoa e este com sua visão masculina, coloca a mulher numa posição de submissão e a propaga numa imagem de objeto."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Teoria e prática no ensino de língua portuguesa: unindo escola e sociedade"
    "palavra_chave" => "CAPITU, TRANSGRESSÃO, SOCIEDADE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_04_11_2014_23_24_39_idinscrito_992_29660a7cf64b4ab1ccdcae29f10e72ab.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JACINEIDE VIRGÍNIA BORGES OLIVEIRA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "VIRGÍNIA BORGES"
    "autor_email" => "jacineidevirginia@gmail.c"
    "autor_ies" => "CENTRO INTEGRADO DE TECNOLOGIA E PESQUISA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Tendo como ponto inicial a personagem “transgressora” Capitu da obra de Machado de Assis, Dom Casmurro. Analisaremos se Capitu foi mesmo adúltera, ou se foi vítima do ciúme doentio de um marido que a amava, estando este inserido em uma sociedade patriarcal onde a mulher é colocada em uma posição de inferioridade. Machado de Assis é sem dúvida um dos maiores escritores da literatura brasileira, deve ser por isso que é um dos mais estudados. Criou personagens como Dom Casmurro, romance que pertence à segunda fase Machadiana, ganhou vários artigos, trabalhos e títulos, principalmente no que diz respeito à questão da culpa ou não de Capitu. Partindo desse pressuposto, dessa ambiguidade que foi fixada em cada leitor, analisaremos o comportamento da personagem, não através do olhar de um narrador que tem uma visão machista, mas a partir de um olhar que capte a alma da mulher. Estudaremos até que ponto a personagem foi sujeita a um sistema ético e moral de uma sociedade que tinha o homem como centro e a mulher como ser passivo. Durante a narração de todo o romance percebemos que o discurso de Bentinho não é neutro, o mesmo apresenta partes que são capazes de controlar os meios de representações. Deste modo, Dom Casmurro é uma obra construída e baseada na visão de uma única pessoa e este com sua visão masculina, coloca a mulher numa posição de submissão e a propaga numa imagem de objeto.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.