Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 278
RELAÇÃO CTSA EM AULAS DE QUÍMICA: AVALIAÇÃO DE UMA PROPOSTA DE ENSINO PARA O CONTEÚDO DE GASES.

Palavra-chaves: ENSINO DE QUÍMICA, ENFOQUE CTSA, GASES Comunicação Oral (CO) DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

A necessidade de construir uma sociedade com cidadãos críticos, capazes de opinar sobre a influência dos avanços em Ciência e Tecnologia e possíveis consequências sociais, incluindo fatores econômicos, políticos, culturais e ambientais, enquadra-se como um dos objetivos do ensino de Química nos dias atuais. Esse objetivo é coerente com os pressupostos do movimento Ciência, Tecnologia Sociedade e Ambiente (CTSA), que busca preparar os alunos para o pleno exercício da cidadania. Esta pesquisa aponta uma abordagem de ensino de Química para o conteúdo de gases com enfoque CTSA como uma das possibilidades de aproximar o estudante da interação com a ciência e da tecnologia em todas as dimensões da sociedade. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo construir e avaliar uma sequência didática com ênfase no enfoque CTSA para o conteúdo de Gases com alunos do 3° ano do Ensino Médio de uma escola pública do Município de Campina Grande-PB. Trata-se de um estudo exploratório, de natureza quali-quantitativa. Como instrumento de coleta de dados foi aplicado um questionário a18 alunos. Os dados coletados foram representados em gráficos, discutidos e interpretados sob á luz do referencial teórico. Os resultados apontam que a proposta de ensino apresentada aos alunos, desenvolveu um maior interesse sobre o estudo dos gases através de sua relação com temas ambientais, despertando nos sujeitos a autoestima, capacidade de tomada de decisão, autonomia, estímulo e raciocínio, oportunizando aos indivíduos uma concepção ampla e social do contexto científico-tecnológico, fornecendo ao aluno não apenas o conteúdo científico, mas uma formação crítica e cidadã.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.