Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 194
POLÍTICA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: A RELAÇÃO ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO NO PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO (PRONATEC).

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, POLÍTICA EDUCACIONAL, PRIVATIZAÇÃO Comunicação Oral (CO) DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O presente trabalho é uma análise dedicada ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Em meio as políticas de Educação Profissional direcionadas à qualificação para o mundo do trabalho, no âmbito da oferta do Pronatec pelo Sistema S, realizamos uma pesquisa de cunho bibliográfico e documental com foco no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). Desta feita, é que buscamos analisar a articulação do público–privado na execução do Pronatec e as contradições desse programa com vistas a compreender o caráter do financiamento público da oferta de educação profissional pela rede privada. A articulação do público–privado na execução do Pronatec suscita questionamentos pertinentes à análise das contradições desse programa com vistas a compreender o caráter do financiamento público da oferta de educação profissional pela rede privada, nos seguintes termos: o Pronatec é uma proposta que se constitui como uma modalidade de privatização da educação? O Pronatec é restrito a formar mão de obra para o mercado de trabalho, numa perspectiva mercantilista? A partir destes questionamentos realizamos uma pesquisa de cunho qualitativo uma vez que nos proporciona uma visão holística do fenômeno estudado, e análise da interação do objeto de estudo com o contexto social e político em que se insere. Como instrumento de levantamento de dados utilizamos a pesquisa bibliográfica e documental para as análises propostas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.