Artigo Anais do VI CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

VIOLÊNCIAS CONTRA PESSOAS TRANSEXUAIS – MULHERES TRANS E TRAVESTIS: VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS E O ALTO ÍNDICE DE TRANSFEMINICÍDIOS NO BRASIL

Palavra-chaves: GÊNERO, RAÇA, TRANSEXUALIDADE, DIREITOS HUMANOS, TRANSFEMINICÍDIOS Comunicação Oral (CO) AT 03 - Pesquisa e Ensino em Ciências Humanas e Sociais
"2022-01-24"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 76989
    "edicao_id" => 181
    "trabalho_id" => 270
    "inscrito_id" => 20
    "titulo" => "VIOLÊNCIAS CONTRA PESSOAS TRANSEXUAIS – MULHERES TRANS E TRAVESTIS: VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS E O ALTO ÍNDICE DE TRANSFEMINICÍDIOS NO BRASIL"
    "resumo" => "O PRESENTE TRABALHO ANALISA AS EXPERIÊNCIAS DAS MULHERES TRANSEXUAIS REFERENCIANDO COMO OS MARCADORES SOCIAIS DA DIFERENÇA INTERSECCIONAM SUAS VIVÊNCIAS CONSIDERANDO GÊNERO, RAÇA, TERRITÓRIO, CLASSE SOCIAL E COMO ESSAS MARCAÇÕES SOCIAIS SOBREMANEIRA TORNAM-NAS POTENCIAIS VÍTIMAS DA TRANSFOBIA. ISTO POSTO, ANALISA SOBRE AS TRANSFOBIAS INTRAFAMILIAR (QUE INCIDE NO SEIO DA INSTITUIÇÃO FAMÍLIA), INSTITUCIONAL (ANTE TODAS AS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS) E SOCIAL (ENVOLVENDO TODO CONJUNTO DA SOCIEDADE). MULHERES TRANSEXUAIS E NEGRAS, RESIDENTES EM ZONAS DESFAVORECIDAS DAS CIDADES, COM BAIXA ESCOLARIDADE E TRABALHADORAS SEXUAIS SOFREM DE MANEIRA POTENCIALIZADA TODAS ESSAS VIOLÊNCIAS. POR OPORTUNO, RESSALVA-SE QUE MESMO ESSAS MULHERES NÃO ESTANDO ATRAVESSADAS PELAS DIMENSÕES DE RAÇA, TERRITÓRIO E CLASSE SOCIAL, TODAS AS MODALIDADES DE VIOLÊNCIAS – TRANSFOBIA, CONSEQUENTEMENTE, TRANSFEMINICÍDIOS AS ACOMETEM DE MANEIRA GERAL. ASSIM SENDO, OS PROCESSOS DE DESFILIAÇÃO – EXPULSÃO DO MEIO FAMILIAR E, COMO CONSEQUÊNCIA, DA CONVIVÊNCIA EM SOCIEDADE, INTERFEREM DE MANEIRA SUBSTANCIAL NO DESENVOLVIMENTO, PARTICIPAÇÃO – EMANCIPAÇÃO E AUTONOMIA DESSAS MULHERES NA SOCIEDADE."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 03 - Pesquisa e Ensino em Ciências Humanas e Sociais"
    "palavra_chave" => "GÊNERO, RAÇA, TRANSEXUALIDADE, DIREITOS HUMANOS, TRANSFEMINICÍDIOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV161_MD1_SA103_ID20_12102021115113.pdf"
    "created_at" => "2021-12-06 10:38:08"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KELLY ALVES DE SOUZA"
    "autor_nome_curto" => "KELLY ALVES"
    "autor_email" => "kellyalvesservicosocial20"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE PAULISTA (UNIP)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-do-vi-congresso-nacional-de-pesquisa-e-ensino-em-ciencias"
    "edicao_nome" => "Anais do VI CONAPESC"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2021
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "619e67709bed3_24112021132520.jpg"
    "data_publicacao" => "2022-01-24"
    "edicao_publicada_em" => "2021-11-24 13:25:20"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 76989
    "edicao_id" => 181
    "trabalho_id" => 270
    "inscrito_id" => 20
    "titulo" => "VIOLÊNCIAS CONTRA PESSOAS TRANSEXUAIS – MULHERES TRANS E TRAVESTIS: VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS E O ALTO ÍNDICE DE TRANSFEMINICÍDIOS NO BRASIL"
    "resumo" => "O PRESENTE TRABALHO ANALISA AS EXPERIÊNCIAS DAS MULHERES TRANSEXUAIS REFERENCIANDO COMO OS MARCADORES SOCIAIS DA DIFERENÇA INTERSECCIONAM SUAS VIVÊNCIAS CONSIDERANDO GÊNERO, RAÇA, TERRITÓRIO, CLASSE SOCIAL E COMO ESSAS MARCAÇÕES SOCIAIS SOBREMANEIRA TORNAM-NAS POTENCIAIS VÍTIMAS DA TRANSFOBIA. ISTO POSTO, ANALISA SOBRE AS TRANSFOBIAS INTRAFAMILIAR (QUE INCIDE NO SEIO DA INSTITUIÇÃO FAMÍLIA), INSTITUCIONAL (ANTE TODAS AS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS) E SOCIAL (ENVOLVENDO TODO CONJUNTO DA SOCIEDADE). MULHERES TRANSEXUAIS E NEGRAS, RESIDENTES EM ZONAS DESFAVORECIDAS DAS CIDADES, COM BAIXA ESCOLARIDADE E TRABALHADORAS SEXUAIS SOFREM DE MANEIRA POTENCIALIZADA TODAS ESSAS VIOLÊNCIAS. POR OPORTUNO, RESSALVA-SE QUE MESMO ESSAS MULHERES NÃO ESTANDO ATRAVESSADAS PELAS DIMENSÕES DE RAÇA, TERRITÓRIO E CLASSE SOCIAL, TODAS AS MODALIDADES DE VIOLÊNCIAS – TRANSFOBIA, CONSEQUENTEMENTE, TRANSFEMINICÍDIOS AS ACOMETEM DE MANEIRA GERAL. ASSIM SENDO, OS PROCESSOS DE DESFILIAÇÃO – EXPULSÃO DO MEIO FAMILIAR E, COMO CONSEQUÊNCIA, DA CONVIVÊNCIA EM SOCIEDADE, INTERFEREM DE MANEIRA SUBSTANCIAL NO DESENVOLVIMENTO, PARTICIPAÇÃO – EMANCIPAÇÃO E AUTONOMIA DESSAS MULHERES NA SOCIEDADE."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 03 - Pesquisa e Ensino em Ciências Humanas e Sociais"
    "palavra_chave" => "GÊNERO, RAÇA, TRANSEXUALIDADE, DIREITOS HUMANOS, TRANSFEMINICÍDIOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV161_MD1_SA103_ID20_12102021115113.pdf"
    "created_at" => "2021-12-06 10:38:08"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KELLY ALVES DE SOUZA"
    "autor_nome_curto" => "KELLY ALVES"
    "autor_email" => "kellyalvesservicosocial20"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE PAULISTA (UNIP)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-do-vi-congresso-nacional-de-pesquisa-e-ensino-em-ciencias"
    "edicao_nome" => "Anais do VI CONAPESC"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2021
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "619e67709bed3_24112021132520.jpg"
    "data_publicacao" => "2022-01-24"
    "edicao_publicada_em" => "2021-11-24 13:25:20"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de janeiro de 2022

Resumo

O PRESENTE TRABALHO ANALISA AS EXPERIÊNCIAS DAS MULHERES TRANSEXUAIS REFERENCIANDO COMO OS MARCADORES SOCIAIS DA DIFERENÇA INTERSECCIONAM SUAS VIVÊNCIAS CONSIDERANDO GÊNERO, RAÇA, TERRITÓRIO, CLASSE SOCIAL E COMO ESSAS MARCAÇÕES SOCIAIS SOBREMANEIRA TORNAM-NAS POTENCIAIS VÍTIMAS DA TRANSFOBIA. ISTO POSTO, ANALISA SOBRE AS TRANSFOBIAS INTRAFAMILIAR (QUE INCIDE NO SEIO DA INSTITUIÇÃO FAMÍLIA), INSTITUCIONAL (ANTE TODAS AS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS) E SOCIAL (ENVOLVENDO TODO CONJUNTO DA SOCIEDADE). MULHERES TRANSEXUAIS E NEGRAS, RESIDENTES EM ZONAS DESFAVORECIDAS DAS CIDADES, COM BAIXA ESCOLARIDADE E TRABALHADORAS SEXUAIS SOFREM DE MANEIRA POTENCIALIZADA TODAS ESSAS VIOLÊNCIAS. POR OPORTUNO, RESSALVA-SE QUE MESMO ESSAS MULHERES NÃO ESTANDO ATRAVESSADAS PELAS DIMENSÕES DE RAÇA, TERRITÓRIO E CLASSE SOCIAL, TODAS AS MODALIDADES DE VIOLÊNCIAS – TRANSFOBIA, CONSEQUENTEMENTE, TRANSFEMINICÍDIOS AS ACOMETEM DE MANEIRA GERAL. ASSIM SENDO, OS PROCESSOS DE DESFILIAÇÃO – EXPULSÃO DO MEIO FAMILIAR E, COMO CONSEQUÊNCIA, DA CONVIVÊNCIA EM SOCIEDADE, INTERFEREM DE MANEIRA SUBSTANCIAL NO DESENVOLVIMENTO, PARTICIPAÇÃO – EMANCIPAÇÃO E AUTONOMIA DESSAS MULHERES NA SOCIEDADE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.