Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 129
O ENSINO DE FILOSOFIA COMO FORMAÇÃO EMANCIPATÓRIA: UMA PERSPECTIVA ADORNIANA

Palavra-chaves: ADORNO, EDUCAÇÃO, ESCLARECIMENTO, EMANCIPAÇÃO, Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 02: Pesquisa em Educação Publicado em 10 de dezembro de 2020

Resumo

ESTE ARTIGO DISCORRE SOBRE A PROBLEMÁTICA EM TORNO DA EDUCAÇÃO DO PONTO DE VISTA DO PENSADOR E FILÓSOFO ALEMÃO THEODOR W. ADORNO, PROCURAMOS MOSTRAR COMO A VISÃO ADORNIANA SOBRE A EDUCAÇÃO PERPASSA A CRÍTICA A SOCIEDADE BURGUESA DE SUA ÉPOCA. PARA TANTO, OBJETIVOU-SE CARACTERIZAR A EDUCAÇÃO A PARTIR DO CONCEITO DE ESCLARECIMENTO, EM QUE AS TENSÕES EXISTENTES ENTRE AS ASPIRAÇÕES DO PROFESSOR EM RELAÇÃO AOS DESAFIOS QUE ENFRENTA EM SUA PRÁTICA EDUCATIVA ESTÃO RELACIONADOS AO FALSO CONCEITO DE TALENTO. DESSA FORMA, A PESQUISA FOI REALIZADA EM DUAS ETAPAS METODOLÓGICAS: A LEITURA CRITERIOSA DA OBRA: EDUCAÇÃO E EMANCIPAÇÃO, DE ADORNO, E A LEITURA DO TEXTO: RESPOSTA À PERGUNTA: O QUE É ESCLARECIMENTO? DE IMMANUEL KANT, AMBAS ANCORADAS NA ABORDAGEM QUALITATIVA, CUJO O MÉTODO DE PROCEDIMENTO UTILIZADO É O ANÁLITO-DESCRITIVO. COMO RESULTADO, OBSERVA-SE FORTES REFLEXÕES DO PENSAMENTOS DE ADORNO SOBRE A NECESSIDADE PERPÉTUA DO PROCESSO EMANCIPATÓRIO DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO, BEM COMO, PELA AUTONOMIA DO PENSAR CRÍTICO DOS ESTUDANTES EM MEIO A SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.