Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

EDUCAÇÃO E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA: UMA ANÁLISE DO FILME CONFISSÕES DE ADOLESCENTE

Palavra-chaves: SEXUALIDADE, EDUCAÇÃO, ADOLESCENTES Pôster (PO) GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 7165
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 844
    "inscrito_id" => 5297
    "titulo" => "EDUCAÇÃO E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA: UMA ANÁLISE DO FILME CONFISSÕES DE ADOLESCENTE"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: Entender obras de ficção como o retrato de uma geração torna-se complicada, pois sintetizar em alguns personagens a diversidade cultural de uma época é tarefa desafiante e, até, impossível. Contudo, a partir destas obras de ficção podemos ter um retrato do que foram construídos às gerações que perpassam nossa cultura. A produção fílmica possibilita ao sujeito diversas emoções, porém a reflexão que é proporcionada se torna elemento essencial para que o espectador possa analisar a realidade social que se insere os diversos grupos sociais. Partindo da utilização de filmes para analisar a abordagem do tema da sexualidade, o filme Confissões de adolescente, lançado em 2014, produzido por Daniel Filho, retrata sobre adolescentes e relacionamentos afetivos, dilemas das práticas sexuais, opções sexuais, de forma que insere o ambiente escolar como espaço fundamental destas descobertas, e no enredo do filme, vemos através de diversos dilemas e pontos trazidos, desde a primeira relação sexual, bullying, escolha profissional, dentre outros. A preferência por cenas contracenadas pelo casal adolescente dos personagens Alice e Marcelo torna-se a escolha central para a análise fílmica, pois retratam o dilema enfrentado por muitos jovens quanto a primeira relação sexual, as dúvidas quanto as sensações, comportamentos e reações que enfrentam no ato sexual. OBJETIVO: Realizar uma análise sobre os comportamentos expressos pelos adolescentes quanto às práticas sexuais, interligando com sistema educacional, já que se torna um espaço o qual os jovens alunos têm conhecimento sobre sexo, avaliando a contextualização do tema na escola e o enfrentamento que o sistema educacional desenvolve para abordar sobre sexo e sexualidade. METODOLOGIA: Ao escolher o filme Confissões de adolescente, pôde-se assistir e realizar uma observação criteriosa dos elementos abordados no enredo da produção. As cenas dos adolescentes Alice e Marcelo, personagens do filme, podem ser analisadas e contextualizadas ao tema da sexualidade e o descobrimento sobre as práticas sexuais. Para isso, tornou-se necessário a leitura de artigos, trazendo sobre o tema da sexualidade e educação, vinculado ao público adolescente, avaliando a abordagem que o tema central é trabalhado com os jovens. RESULTADOS: Pode-se analisar, quanto à temática abordada, que as questões sobre sexualidade têm na adolescência sua descoberta.  A inexperiência e insegurança dos personagens acentuam a ansiedade em torno deste momento e as consequências inesperadas do não uso adequado de métodos anticonceptivos. Os adolescentes, por impulsividade e imaturidade, necessitam de orientação sexual não apenas na escola, mas principalmente da família, mas o despreparo de ambos coloca o adolescente a enfrentar situações conflitantes e, até, perigosas. CONCLUSÃO: A escola ainda é o principal espaço para se dedicar ao trabalho de prevenção. Para tanto, é preciso deixar de olhar os adolescentes, sob o ponto de vista da sexualidade, apenas biologicamente, e enxergá-los como de fato são, atravessados por uma meio cultural e social. Além das mudanças biológicas, também ocorrem mudanças de papéis, ideias e atitudes. É preciso tratar do assunto na escola, considerando os fatores reflexivos, subjetivos e sociais, na possibilidade de discutir sobre sexualidade, desconstruindo ideias equivocadas sobre a abordagem do tema com adolescentes."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO"
    "palavra_chave" => "SEXUALIDADE, EDUCAÇÃO, ADOLESCENTES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_09_48_25_idinscrito_5297_184f84dd04bfc817d5dd3af034e66f47.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELAINE HÉLEN BRITO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "ELAINE HÉLEN"
    "autor_email" => "helen_elaine02@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 7165
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 844
    "inscrito_id" => 5297
    "titulo" => "EDUCAÇÃO E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA: UMA ANÁLISE DO FILME CONFISSÕES DE ADOLESCENTE"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: Entender obras de ficção como o retrato de uma geração torna-se complicada, pois sintetizar em alguns personagens a diversidade cultural de uma época é tarefa desafiante e, até, impossível. Contudo, a partir destas obras de ficção podemos ter um retrato do que foram construídos às gerações que perpassam nossa cultura. A produção fílmica possibilita ao sujeito diversas emoções, porém a reflexão que é proporcionada se torna elemento essencial para que o espectador possa analisar a realidade social que se insere os diversos grupos sociais. Partindo da utilização de filmes para analisar a abordagem do tema da sexualidade, o filme Confissões de adolescente, lançado em 2014, produzido por Daniel Filho, retrata sobre adolescentes e relacionamentos afetivos, dilemas das práticas sexuais, opções sexuais, de forma que insere o ambiente escolar como espaço fundamental destas descobertas, e no enredo do filme, vemos através de diversos dilemas e pontos trazidos, desde a primeira relação sexual, bullying, escolha profissional, dentre outros. A preferência por cenas contracenadas pelo casal adolescente dos personagens Alice e Marcelo torna-se a escolha central para a análise fílmica, pois retratam o dilema enfrentado por muitos jovens quanto a primeira relação sexual, as dúvidas quanto as sensações, comportamentos e reações que enfrentam no ato sexual. OBJETIVO: Realizar uma análise sobre os comportamentos expressos pelos adolescentes quanto às práticas sexuais, interligando com sistema educacional, já que se torna um espaço o qual os jovens alunos têm conhecimento sobre sexo, avaliando a contextualização do tema na escola e o enfrentamento que o sistema educacional desenvolve para abordar sobre sexo e sexualidade. METODOLOGIA: Ao escolher o filme Confissões de adolescente, pôde-se assistir e realizar uma observação criteriosa dos elementos abordados no enredo da produção. As cenas dos adolescentes Alice e Marcelo, personagens do filme, podem ser analisadas e contextualizadas ao tema da sexualidade e o descobrimento sobre as práticas sexuais. Para isso, tornou-se necessário a leitura de artigos, trazendo sobre o tema da sexualidade e educação, vinculado ao público adolescente, avaliando a abordagem que o tema central é trabalhado com os jovens. RESULTADOS: Pode-se analisar, quanto à temática abordada, que as questões sobre sexualidade têm na adolescência sua descoberta.  A inexperiência e insegurança dos personagens acentuam a ansiedade em torno deste momento e as consequências inesperadas do não uso adequado de métodos anticonceptivos. Os adolescentes, por impulsividade e imaturidade, necessitam de orientação sexual não apenas na escola, mas principalmente da família, mas o despreparo de ambos coloca o adolescente a enfrentar situações conflitantes e, até, perigosas. CONCLUSÃO: A escola ainda é o principal espaço para se dedicar ao trabalho de prevenção. Para tanto, é preciso deixar de olhar os adolescentes, sob o ponto de vista da sexualidade, apenas biologicamente, e enxergá-los como de fato são, atravessados por uma meio cultural e social. Além das mudanças biológicas, também ocorrem mudanças de papéis, ideias e atitudes. É preciso tratar do assunto na escola, considerando os fatores reflexivos, subjetivos e sociais, na possibilidade de discutir sobre sexualidade, desconstruindo ideias equivocadas sobre a abordagem do tema com adolescentes."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO"
    "palavra_chave" => "SEXUALIDADE, EDUCAÇÃO, ADOLESCENTES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_09_48_25_idinscrito_5297_184f84dd04bfc817d5dd3af034e66f47.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELAINE HÉLEN BRITO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "ELAINE HÉLEN"
    "autor_email" => "helen_elaine02@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

INTRODUÇÃO: Entender obras de ficção como o retrato de uma geração torna-se complicada, pois sintetizar em alguns personagens a diversidade cultural de uma época é tarefa desafiante e, até, impossível. Contudo, a partir destas obras de ficção podemos ter um retrato do que foram construídos às gerações que perpassam nossa cultura. A produção fílmica possibilita ao sujeito diversas emoções, porém a reflexão que é proporcionada se torna elemento essencial para que o espectador possa analisar a realidade social que se insere os diversos grupos sociais. Partindo da utilização de filmes para analisar a abordagem do tema da sexualidade, o filme Confissões de adolescente, lançado em 2014, produzido por Daniel Filho, retrata sobre adolescentes e relacionamentos afetivos, dilemas das práticas sexuais, opções sexuais, de forma que insere o ambiente escolar como espaço fundamental destas descobertas, e no enredo do filme, vemos através de diversos dilemas e pontos trazidos, desde a primeira relação sexual, bullying, escolha profissional, dentre outros. A preferência por cenas contracenadas pelo casal adolescente dos personagens Alice e Marcelo torna-se a escolha central para a análise fílmica, pois retratam o dilema enfrentado por muitos jovens quanto a primeira relação sexual, as dúvidas quanto as sensações, comportamentos e reações que enfrentam no ato sexual. OBJETIVO: Realizar uma análise sobre os comportamentos expressos pelos adolescentes quanto às práticas sexuais, interligando com sistema educacional, já que se torna um espaço o qual os jovens alunos têm conhecimento sobre sexo, avaliando a contextualização do tema na escola e o enfrentamento que o sistema educacional desenvolve para abordar sobre sexo e sexualidade. METODOLOGIA: Ao escolher o filme Confissões de adolescente, pôde-se assistir e realizar uma observação criteriosa dos elementos abordados no enredo da produção. As cenas dos adolescentes Alice e Marcelo, personagens do filme, podem ser analisadas e contextualizadas ao tema da sexualidade e o descobrimento sobre as práticas sexuais. Para isso, tornou-se necessário a leitura de artigos, trazendo sobre o tema da sexualidade e educação, vinculado ao público adolescente, avaliando a abordagem que o tema central é trabalhado com os jovens. RESULTADOS: Pode-se analisar, quanto à temática abordada, que as questões sobre sexualidade têm na adolescência sua descoberta. A inexperiência e insegurança dos personagens acentuam a ansiedade em torno deste momento e as consequências inesperadas do não uso adequado de métodos anticonceptivos. Os adolescentes, por impulsividade e imaturidade, necessitam de orientação sexual não apenas na escola, mas principalmente da família, mas o despreparo de ambos coloca o adolescente a enfrentar situações conflitantes e, até, perigosas. CONCLUSÃO: A escola ainda é o principal espaço para se dedicar ao trabalho de prevenção. Para tanto, é preciso deixar de olhar os adolescentes, sob o ponto de vista da sexualidade, apenas biologicamente, e enxergá-los como de fato são, atravessados por uma meio cultural e social. Além das mudanças biológicas, também ocorrem mudanças de papéis, ideias e atitudes. É preciso tratar do assunto na escola, considerando os fatores reflexivos, subjetivos e sociais, na possibilidade de discutir sobre sexualidade, desconstruindo ideias equivocadas sobre a abordagem do tema com adolescentes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.