Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 262
EDUCAÇÃO AMBIENTAL APLICADA À MANUTENÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO

Palavra-chaves: QUALIDADE DA ÁGUA, EDUCAÇÃO AMBIENTAL, SEMIÁRIDO Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO AMBIENTAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Recurso natural essencial à vida, a água constitui um bem precioso, inestimável e insubstituível. Obtê-la em quantidade e qualidade adequadas representa não só a manutenção da vida, mas a garantia de nossa saúde. Se por um lado a maior parte do planeta é composta por água, em algumas regiões há escassez desse líquido. Esse é o caso do Nordeste brasileiro, mais precisamente a região conhecida como Polígono das Secas, situada na zona semiárida, que apresenta um regime de chuvas irregular, com precipitações pluviométricas num curto período de três meses, permanecendo temperaturas elevadas e ocorrendo a falta d’água durante o maior período do ano, apesar de o Brasil possuir as maiores reservas de água doce do mundo. Neste sentido, o presente trabalho se direciona, procurando avaliar através dos parâmetros químicos, físicos e microbiológicos a qualidade da água utilizada para o consumo na zona rural da cidade de Lagoa Seca-PB, localizada no semiárido nordestino. As atividades foram realizadas nas seguintes etapas: visita ao município para observações ambientais, coleta de água e aplicação de questionários; informações essenciais para a composição de um diagnóstico inicial do município. Os resultados encontrados na análise da água coletada foram comparados aos valores de potabilidade determinados pela legislação brasileira. Após a obtenção dos resultados, foram desenvolvidas com a comunidade ações em Educação Ambiental, orientando os moradores para o uso racional dos recursos hídricos, preservação dos mananciais e sugestões para armazenamento adequado da água de consumo humano. A aceitação dos moradores para com as atividades desenvolvidas demonstra que houve interesse e contribuição efetiva para a incorporação de hábitos de preservação e uso racional dos recursos hídricos, com atenção para sugestões de manutenção da qualidade da água consumida, aspecto indispensável para a saúde e bem estar da população local.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.