Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 280
EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: BREVE HISTÓRICO DA UFPB VIRTUAL

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, UFPB VIRTUAL, DEMOCRATIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO Comunicação Oral (CO) POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este estudo é parte da pesquisa realizada no âmbito do Programa de Apoio às Licenciaturas - PROLICEN, da Pró-Reitoria de Graduação, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), cujo objetivo é o apresentar breve revisão do contexto histórico, bem como contribuir para a avaliação da experiência da Educação a Distância (EaD) na UFPB-Virtual levando em consideração os conceitos dessa modalidade de educação à partir de referenciais teóricos que corroboram para a consolidação da EaD no Brasil e no mundo, haja vista a importância e o crescimento dessa modalidade de educação em nível global. Parte-se do pressuposto de que a Educação a Distância (EaD) é uma política de democratização do ensino superior, que amplia as possibilidades de acesso à educação para aquelas pessoas que vêm sendo excluídas desse nível de ensino por enfrentarem dificuldades de frequentar as aulas presenciais devido à limitação de tempo ou de espaço geográfico. Esta pesquisa encontra-se em fase de aprofundamento de análise de achados empíricos e teóricos. O desenho investigativo apoiou-se na abordagem de natureza qualitativa em que discute-se alguns resultados dessa pesquisa, coletadas mediante aplicação de questionário semiestruturado, sobre as impressões quanto ao desenvolvimento da educação a distância. Diante de um recorte sobre os achados empíricos oriundos das falas dos professores da amostra investigada, esboçou-se um elenco de dificuldades que interferem significativamente no desenvolvimento do conhecimento mediante a modalidade de EaD. Dentre essas dificuldades salienta-se a mais recorrente: a desistência de grande parte dos alunos matriculados nos cursos virtuais. A realidade propositiva da EaD nas experiências figuradas por países como China, Estados Unidos, Espanha, entre outros, no Brasil, particularmente, na UFPB – Virtual, está distante de ser alcançada. Segundo os achados deste estudo que evidenciaram a desistência de grande parte dos alunos matriculados nos cursos averiguados. Constatou-se que cerca de 20% desses alunos conseguem concluir o curso dentro do tempo estabelecido, segundo dados do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), sobre os cursos tomados como amostra da pesquisa. Os resultados demonstram que há a necessidade do oferecimento de uma educação de qualidade nos cursos de EaD, que garanta o êxito e a permanência desses alunos, pois quando se fala do acesso, a permanência é indissociável. O ingresso de uma população majoritária às universidades, por meio da educação a distância, não representa a inclusão no processo de desenvolvimento do conhecimento e da cultura. Apesar de a expansão do ensino superior representar um esforço das ações governamentais e da luta da sociedade civil organizada, não é suficiente, uma vez que o canal da democratização do conhecimento socialmente construído vai muito além do simples acesso.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.