Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 186
DESAFIOS HISTÓRICOS, SOCIAIS E EDUCATIVOS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO BRASIL

Palavra-chaves: HISTORICIDADE, EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, ENSINO Pôster (PO) EDUCAÇÃO DE PESSOAS JOVENS E ADULTAS Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O presente trabalho norteará algumas concepções e desafios históricos sobre o ensino da Educação de Jovens e Adultos no Brasil. A Educação Brasileira ao longo dos séculos passa por um processo contínuo de adaptação das novas vertentes (métodos, técnicas e metodologias de ensino) e paradigmas elencados e sistematizados em nossas escolas por meio de modalidades e níveis de ensino. Nesta perspectiva norteia-se a modalidade de Educação de Jovens e Adultos como uma das que menos é debatido, discutido e refletido em nosso sistema de ensino.Assim, entender sobre o ensino da EJA é fazer uma viagem no passado de nossa história como pessoas e sociedade organizada civelmente. Viajar por um processo histórico de um País colonizado em banalizado culturalmente até chegar as virtudes dos dias atuais. Isso faz da história um dos principais elementos de estudo da origem do EJA na contemporaneidade. Sabendo que a historicidade é um leque para o compreender dos fenômenos históricos, sociais e culturais, servindo como um norte para a análise do ensino de Jovens e Adultos na contemporaneidade. Contemporaneidade esta que nos encaminha a compreender os aspectos históricos presentes no ato de ensinar pessoas adultas, das quais já trazem para a escola o conhecimento e as experiências de vida como meio da socialização e aprendizado já vivenciado no seu dia a dia. Como base na leitura dos autores: Mészáros (2008), Vallejo (2002), Gadotti (2011) e Ferraro (2009) se buscará entender o viés construtor dos ideários da educação de jovens e adultos ao longo da história da educação brasileira. Portanto, é com base nos aspectos históricos e da reflexão teórica, que se norteará pontos relevantes para a discussão do ensino da EJA e sua teorização na formação docente em contraponto as normas regularizadoras desta modalidade de ensino no sistema educativo brasileiro.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.