Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 226
AS PRÁTICAS ESCOLARES DE ANÁLISE LINGUÍSTICA: UM OLHAR A PARTIR DE ATIVIDADES PROPOSTAS POR PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO

Palavra-chaves: ANÁLISE LINGUÍSTICA, PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO, . ARTIGOS DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA. Comunicação Oral (CO) ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Esta pesquisa apresenta resultados a partir de um estudo de caso com questões voltadas para o eixo Análise Linguística, propostas por professores de Língua Portuguesa do Ensino Médio. Conforme defende Antunes (2009) o ensino de língua materna se estende além do enfoque classificatório e da nomenclatura gramatical, privilegiando posicionamento crítico que dialoga com a gramática, mas que conglomera aspectos que ultrapassam o que preconizam os manuais de gramática normativa. Nesta perspectiva, este artigo verifica se as atividades dos professores se pautam num trabalho com a gramática reflexiva (MENDONÇA, 2006) em que as atividades epilinguísticas precedem as atividades metalinguísticas (GERALDI, 1993) com o intuito de refletir sobre a língua em função do uso e do sentido no texto. Considera-se ainda, conforme os Parâmetros Curriculares de Língua Portuguesa para o Ensino Fundamental e Médio do Estado de Pernambuco (2012), que a abordagem do texto e não da frase isolada é o centro do eixo análise linguística. Quanto à seleção de textos, esta deve levar em consideração os gêneros que estão inseridos no cotidiano escolar e aparecem com maior frequência na realidade social (PCNs, 1998). Por isso, as questões foram elaboradas durante formação continuada de professores e tiveram como base o artigo de divulgação científica “De dentro pra fora”, da revista GPS – Brasília (abr/mai/jun 2013).

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.