Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 237
AS CONTRIBUIÇÕES DA REFORMA EDUCACIONAL NA CONSTRUÇÃO DO CURRÍCULO DE SOCIOLOGIA

Palavra-chaves: SOCIOLOGIA, CURRÍCULO, REFORMA EDUCACIONAL Comunicação Oral (CO) DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

RESUMOEste trabalho tem como objetivo apresentar as contribuições da reforma educacional brasileira, iniciada no ano de 1996 com a Lei de Diretrizes e Bases (LDB 9394/96) na construção do currículo de Sociologia para alguns Estados do Brasil que já oficializaram seu currículo. Iremos relacionar os documentos oficiais – DCNEM, PCN e OCEM às propostas em tela. Tal preocupação surgiu através de discussões semanais do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) do curso de Ciências Sociais da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), campus central, Mossoró-RN, no intuito de elaborarmos uma proposta curricular de Sociologia para o Estado do Rio Grande do Norte. Buscamos analisar algumas diretrizes importantes para elevar e consolidar o ensino de sociologia nas escolas parceiras do PIBID e perceber a contribuição destas na elaboração de outros currículos que estudamos de modo comparativo. A obrigatoriedade da disciplina de Sociologia no ensino médio é sem dúvida uma grande conquista na educação brasileira, visto que o ensino desta possibilita uma formação crítico-reflexivo, especialmente em relação À vida social do jovem estudante. Frente a esta realidade e compreendendo a importância de tal conquista, e ainda, reconhecendo todas as ações que se fizeram necessárias para alcançá-la, partindo de forma especifica das políticas educacionais, visamos dar nossa parcela de contribuição construção do currículo de sociologia para o ensino médio no Estado do Rio Grande do Norte.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.