Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 190
A RELAÇÃO TEORIA – PRÁTICA: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID UVA PARA A FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR

Palavra-chaves: FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR, COTIDIANO ESCOLAR, CONTRIBUIÇÕES DO PIBID UVA Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Resumo

Na sociedade atual, resultante do mundo globalizado altamente informatizado, faz-se necessário uma educação condizente com suas necessidades. Isso desafia o docente a construir uma prática que dialogue conhecimentos, valores e atitudes fundamentais, que possibilitem ao educando desenvolver-se para atuar competentemente como cidadão e como profissional. Para tanto, autores como Antonio Nóvoa (1996), Guiomar Namo de Mello (1999) e Selma Garrido Pimenta (2002) defendem que a formação inicial do professor para a educação básica ocorra com base na interação teoria-prática. O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência - PIBID, subsidiado pela CAPES, estimula a vivência dessa interação em cursos de licenciatura, por ele beneficiados, dando-lhes, contudo, autonomia para criar e promover estratégias que possibilitem a referida vivência interativa entre teoria e prática docente. Diante dessa prerrogativa e do reconhecimento das particularidades que envolvem cada realidade, o presente estudo objetivou conhecer e caracterizar como vem sendo buscada e promovida à articulação teoria-prática nas atividades desenvolvidas em diferentes subprojetos do Projeto Integração entre Universidade e Educação Básica: práticas docentes inovadoras e interdisciplinaridade (PIBID UVA 2013). Para atingir os objetivos pretendidos, realizou-se pesquisa junto a dez alunos bolsistas integrantes de três subprojetos: Letras, Ciências Sociais e Matemática, todos escolhidos aleatoriamente. As informações foram coletadas por meio de análise de relatos de experiência, prestados por escrito, pelos referidos alunos, todos com seis meses de experiência em seus respectivos subprojetos. O estudo possibilitou inferir-se que o PIBID contribui de forma significativa para a formação docente dos licenciandos por meio da experiência com o cotidiano das escolas, dos desafios superados na construção do conhecimento, que se desenvolvia coletivamente, sobre a prática pedagógica e sobre aprendizagem discente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.