Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

“MEU FILHO ERA APENAS UM FIGURANTE”: REPENSANDO A PRÁTICA PEDAGÓGICA INCLUSIVA PARA O ALUNO AUTISTA

Palavra-chaves: PRÁTICA PEDAGÓGICA, INCLUSÃO, AUTISMO Comunicação Oral (CO) GT 15 – Ensino de línguas
"2019-10-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 63021
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 1902
    "inscrito_id" => 1204
    "titulo" => "“MEU FILHO ERA APENAS UM FIGURANTE”: REPENSANDO A PRÁTICA PEDAGÓGICA INCLUSIVA PARA O ALUNO AUTISTA"
    "resumo" => "ESTE TRABALHO VISA REPENSAR PRÁTICAS DE INCLUSÃO OU EXCLUSÃO QUE ENVOLVE O ALUNO AUTISTA EM SALA DE AULA DA ESCOLA REGULAR. ESTA PESQUISA É ORIUNDA DE UMA INQUIETAÇÃO NOSSA A PARTIR DA FALA DA MÃE DO PARTICIPANTE DESTA PESQUISA, AO AFIRMAR QUE NAS ESCOLAS EM QUE O FILHO ESTUDARA, ELE ASSUMIA PAPEL DE FIGURANTE. SENDO ASSIM, MOSTRAREMOS AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DE PESSOAS AUTISTAS, ALÉM DE APONTAR CAMINHOS POSSÍVEIS PARA A INCLUSÃO DOS MESMOS, A PARTIR DE NOSSA EXPERIÊNCIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM, NAS AULAS DE LÍNGUA INGLESA PARA O CURSO TÉCNICO DE MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA (MSI), QUE INCLUIU UM ALUNO AUTISTA, EM 2019.1, NO INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB), NO CAMPUS CAMPINA GRANDE. REALIZAMOS, ASSIM, UM ESTUDO DE CASO, ALÉM DE UMA PESQUISA-AÇÃO, DE CARÁTER QUALITATIVO. CONCLUÍMOS QUE AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DO ALUNO AUTISTA DIZEM RESPEITO AOS SEGUINTES ASPECTOS: DIFICULDADE DE INTERAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO, CAUSANDO ISOLAMENTO EM ALGUNS CASOS, ESTEREOTIPIAS, COMPROMETIMENTO NA COMUNICAÇÃO, DENTRE OUTROS. VALE RESSALTAR QUE NÃO É POSSÍVEL GENERALIZAR, CADA CASO É MUITO PARTICULAR. PERCEBEMOS TAMBÉM QUE AS SEGUINTES PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DERAM SUPORTE PARA O ALCANCE DA PRÁTICA INCLUSIVA: ADAPTAÇÃO DA AVALIAÇÃO; REORGANIZAÇÃO DO MATERIAL EM SLIDES; RESPOSTAS ORAIS COMO SUPORTE DE AVALIAÇÃO; DESCOBERTA E UTILIZAÇÃO DE ÁREAS DE INTERESSE DO ALUNO, DENTRE OUTRAS. PORTANTO, CONCLUÍMOS QUE NÃO HÁ UM CAMINHO ÚNICO PARA A INCLUSÃO. HÁ, PORTANTO, INQUIETAÇÕES E TENTATIVAS, QUE POR SUA VEZ, OCASIONARÃO ERROS E ACERTOS. E NESSA DINÂMICA, PROVOCAMOS UMA MUDANÇA DE PAPEIS AOS ALUNOS, QUE PASSAM DE FIGURANTE A PROTAGONISTAS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 15 – Ensino de línguas"
    "palavra_chave" => "PRÁTICA PEDAGÓGICA, INCLUSÃO, AUTISMO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA15_ID1204_15082019095823.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:48"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KALINE BRASIL PEREIRA NASCIMENTO"
    "autor_nome_curto" => "KALINE BRASIL"
    "autor_email" => "k.aline.brasil@hotmail.co"
    "autor_ies" => "IFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 63021
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 1902
    "inscrito_id" => 1204
    "titulo" => "“MEU FILHO ERA APENAS UM FIGURANTE”: REPENSANDO A PRÁTICA PEDAGÓGICA INCLUSIVA PARA O ALUNO AUTISTA"
    "resumo" => "ESTE TRABALHO VISA REPENSAR PRÁTICAS DE INCLUSÃO OU EXCLUSÃO QUE ENVOLVE O ALUNO AUTISTA EM SALA DE AULA DA ESCOLA REGULAR. ESTA PESQUISA É ORIUNDA DE UMA INQUIETAÇÃO NOSSA A PARTIR DA FALA DA MÃE DO PARTICIPANTE DESTA PESQUISA, AO AFIRMAR QUE NAS ESCOLAS EM QUE O FILHO ESTUDARA, ELE ASSUMIA PAPEL DE FIGURANTE. SENDO ASSIM, MOSTRAREMOS AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DE PESSOAS AUTISTAS, ALÉM DE APONTAR CAMINHOS POSSÍVEIS PARA A INCLUSÃO DOS MESMOS, A PARTIR DE NOSSA EXPERIÊNCIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM, NAS AULAS DE LÍNGUA INGLESA PARA O CURSO TÉCNICO DE MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA (MSI), QUE INCLUIU UM ALUNO AUTISTA, EM 2019.1, NO INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB), NO CAMPUS CAMPINA GRANDE. REALIZAMOS, ASSIM, UM ESTUDO DE CASO, ALÉM DE UMA PESQUISA-AÇÃO, DE CARÁTER QUALITATIVO. CONCLUÍMOS QUE AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DO ALUNO AUTISTA DIZEM RESPEITO AOS SEGUINTES ASPECTOS: DIFICULDADE DE INTERAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO, CAUSANDO ISOLAMENTO EM ALGUNS CASOS, ESTEREOTIPIAS, COMPROMETIMENTO NA COMUNICAÇÃO, DENTRE OUTROS. VALE RESSALTAR QUE NÃO É POSSÍVEL GENERALIZAR, CADA CASO É MUITO PARTICULAR. PERCEBEMOS TAMBÉM QUE AS SEGUINTES PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DERAM SUPORTE PARA O ALCANCE DA PRÁTICA INCLUSIVA: ADAPTAÇÃO DA AVALIAÇÃO; REORGANIZAÇÃO DO MATERIAL EM SLIDES; RESPOSTAS ORAIS COMO SUPORTE DE AVALIAÇÃO; DESCOBERTA E UTILIZAÇÃO DE ÁREAS DE INTERESSE DO ALUNO, DENTRE OUTRAS. PORTANTO, CONCLUÍMOS QUE NÃO HÁ UM CAMINHO ÚNICO PARA A INCLUSÃO. HÁ, PORTANTO, INQUIETAÇÕES E TENTATIVAS, QUE POR SUA VEZ, OCASIONARÃO ERROS E ACERTOS. E NESSA DINÂMICA, PROVOCAMOS UMA MUDANÇA DE PAPEIS AOS ALUNOS, QUE PASSAM DE FIGURANTE A PROTAGONISTAS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 15 – Ensino de línguas"
    "palavra_chave" => "PRÁTICA PEDAGÓGICA, INCLUSÃO, AUTISMO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA15_ID1204_15082019095823.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:48"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KALINE BRASIL PEREIRA NASCIMENTO"
    "autor_nome_curto" => "KALINE BRASIL"
    "autor_email" => "k.aline.brasil@hotmail.co"
    "autor_ies" => "IFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE TRABALHO VISA REPENSAR PRÁTICAS DE INCLUSÃO OU EXCLUSÃO QUE ENVOLVE O ALUNO AUTISTA EM SALA DE AULA DA ESCOLA REGULAR. ESTA PESQUISA É ORIUNDA DE UMA INQUIETAÇÃO NOSSA A PARTIR DA FALA DA MÃE DO PARTICIPANTE DESTA PESQUISA, AO AFIRMAR QUE NAS ESCOLAS EM QUE O FILHO ESTUDARA, ELE ASSUMIA PAPEL DE FIGURANTE. SENDO ASSIM, MOSTRAREMOS AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DE PESSOAS AUTISTAS, ALÉM DE APONTAR CAMINHOS POSSÍVEIS PARA A INCLUSÃO DOS MESMOS, A PARTIR DE NOSSA EXPERIÊNCIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM, NAS AULAS DE LÍNGUA INGLESA PARA O CURSO TÉCNICO DE MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA (MSI), QUE INCLUIU UM ALUNO AUTISTA, EM 2019.1, NO INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB), NO CAMPUS CAMPINA GRANDE. REALIZAMOS, ASSIM, UM ESTUDO DE CASO, ALÉM DE UMA PESQUISA-AÇÃO, DE CARÁTER QUALITATIVO. CONCLUÍMOS QUE AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DO ALUNO AUTISTA DIZEM RESPEITO AOS SEGUINTES ASPECTOS: DIFICULDADE DE INTERAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO, CAUSANDO ISOLAMENTO EM ALGUNS CASOS, ESTEREOTIPIAS, COMPROMETIMENTO NA COMUNICAÇÃO, DENTRE OUTROS. VALE RESSALTAR QUE NÃO É POSSÍVEL GENERALIZAR, CADA CASO É MUITO PARTICULAR. PERCEBEMOS TAMBÉM QUE AS SEGUINTES PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DERAM SUPORTE PARA O ALCANCE DA PRÁTICA INCLUSIVA: ADAPTAÇÃO DA AVALIAÇÃO; REORGANIZAÇÃO DO MATERIAL EM SLIDES; RESPOSTAS ORAIS COMO SUPORTE DE AVALIAÇÃO; DESCOBERTA E UTILIZAÇÃO DE ÁREAS DE INTERESSE DO ALUNO, DENTRE OUTRAS. PORTANTO, CONCLUÍMOS QUE NÃO HÁ UM CAMINHO ÚNICO PARA A INCLUSÃO. HÁ, PORTANTO, INQUIETAÇÕES E TENTATIVAS, QUE POR SUA VEZ, OCASIONARÃO ERROS E ACERTOS. E NESSA DINÂMICA, PROVOCAMOS UMA MUDANÇA DE PAPEIS AOS ALUNOS, QUE PASSAM DE FIGURANTE A PROTAGONISTAS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.