Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

TERRITORIALIDADE NEGRAS: FRAGMENTOS DAS MEMÓRIAS FAMILIARES CONTIDAS, VIVIDAS E SOFRIDAS

Palavra-chaves: TERRITORIALIDADES, TERRITÓRIOS NEGROS, MEMÓRIA DE NEGRO, IDENTIDADE NEGRA, IDENTIDADE NEGRA Comunicação Oral (CO) GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais
"2019-10-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 62718
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 3784
    "inscrito_id" => 12289
    "titulo" => "TERRITORIALIDADE NEGRAS: FRAGMENTOS DAS MEMÓRIAS FAMILIARES CONTIDAS, VIVIDAS E SOFRIDAS"
    "resumo" => "O ARTIGO APRESENTA HISTÓRIAS E MEMÓRIAS DE FAMÍLIAS AFRO-PARAIBANAS LOCALIZADAS NO ENGENHO BURACO D’ÁGUA E SERRA DA PAQUEVIRA NO MUNICÍPIO DE ALAGOA GRANDE. É UM CONVITE PARA CONHECERMOS FRAGMENTOS DAS HISTÓRIAS LOCAIS NARRADAS PELOS MEMBROS DAS FAMÍLIAS NEGRAS PESQUISADAS. CONSISTE NA SEÇÃO DA QUALIFICAÇÃO DA TESE NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ/FACED, NA LINHA DE PESQUISA: MOVIMENTOS SOCIAIS, EDUCAÇÃO POPULAR E ESCOLA, NO EIXO TEMÁTICO: SOCIOPOÉTICA, CULTURA E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS. TENDO COMO PARÂMETRO A PRODUÇÃO DE PESQUISADORES NEGROS(AS) COMO O PROCESSO DE AUTOR-REFERÊNCIA NA PRODUÇÃO CIENTÍFICA. NOS DEBRUÇARMOS NO PASSADO DA NOSSA ANCESTRALIDADE AFRICANA NA PERSPECTIVA DO FORTALECIMENTO DAS RAÍZES HISTÓRICAS E CULTURAIS É UM DESAFIO ACADÊMICO PARA REMETERMOS E VISLUMBRARMOS AS LACUNAS NO CENÁRIO EDUCACIONAL BRASILEIRO NO TOCANTE AS AFRICANIDADES. PARTIMOS DO PRESSUPOSTO DE QUE A ESCOLA É A PRIORI O ESPAÇO PARA A DISSEMINAÇÃO DO CONHECIMENTO E DESCONSTRUÇÃO DE ESTEREÓTIPOS ATRIBUÍDOS A POPULAÇÃO NEGRA. PAUTAMOS A NOSSA PESQUISA NOS TERRITÓRIOS NEGROS ALAGOAGRANDENSE ONDE ESTÃO FINCADOS OS MEUS TRONCOS VELHOS. ESSAS BASES HISTÓRICAS PRECISAM SEREM CONTADAS E VISIBILIZADAS NO DESAFIO DE DEMONSTRAR QUE A PARTIR DOS ESTUDOS REALIZADOS ESSES ESPAÇOS SÃO VARIÁVEIS NOS TEMPOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS MEMORÁVEIS. NO PENSAMENTO AFRICANO EXISTE UM CONGLOMERADO DE FATORES PARA A COMPREENSÃO DOS FATOS SOCIAIS. NAS SOCIEDADES AFRICANAS, A ANCESTRALIDADE INDICA A PRESENÇA DO PASSADO, INTERFERINDO NA CONSTRUÇÃO DE NOVAS REALIDADES PELA INTERVENÇÃO DAS GERAÇÕES DE SERES HUMANOS. A ANCESTRALIDADE É TERRITORIALIZAÇÃO (CUNHA JÚNIOR, 2010, P.04). PARTINDO DESTA AFIRMAÇÃO PODEMOS REFLETIR QUE AS HISTÓRIAS DOS GRUPOS HUMANOS ESTÃO VINCULADAS AS LOCALIDADES E POTENCIALIDADES DESSES RESPECTIVOS LOCAIS E GRUPOS. BUSCAMOS NOS ORIENTAR PARA REALIZAÇÃO DESTA PESQUISA NA COSMOVISÃO AFRICANA, QUE PARTE DO PRINCÍPIO QUE OS SERES E AS COISAS ESTÃO INTER-RELACIONADAS E, QUE AS CATEGORIAS INSERISSEM NO TEMPO VIVIDO. A AFRODESCENDÊNCIA COMO MÉTODO DE PESQUISA PRIORIZA A CONSCIÊNCIA SOCIAL DOS INDIVÍDUOS E A EXPERIÊNCIA GRUPAL. TRABALHAMOS AS CATEGORIAS: TERRITORIALIDADES, TERRITÓRIOS NEGROS, AFRODESCENDÊNCIA, MEMÓRIA, PATRIMÔNIO CULTURAL E IDENTIDADE NEGRA.  A PESQUISA SE PROPÕE COMPREENDER E RESSIGNIFICAR OS PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO DA MEMÓRIA DAS FAMÍLIAS NEGRAS PESQUISADAS A PARTIR DOS SENTIMENTOS DE PERTENCIMENTO FAMILIAR."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais"
    "palavra_chave" => "TERRITORIALIDADES, TERRITÓRIOS NEGROS, MEMÓRIA DE NEGRO, IDENTIDADE NEGRA, IDENTIDADE NEGRA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA6_ID12289_25092019011325.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:47"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA DO SOCORRO PIMENTEL DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "S. PIMENTEL"
    "autor_email" => "portuguesmesclada@gmail.c"
    "autor_ies" => "UFC"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 62718
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 3784
    "inscrito_id" => 12289
    "titulo" => "TERRITORIALIDADE NEGRAS: FRAGMENTOS DAS MEMÓRIAS FAMILIARES CONTIDAS, VIVIDAS E SOFRIDAS"
    "resumo" => "O ARTIGO APRESENTA HISTÓRIAS E MEMÓRIAS DE FAMÍLIAS AFRO-PARAIBANAS LOCALIZADAS NO ENGENHO BURACO D’ÁGUA E SERRA DA PAQUEVIRA NO MUNICÍPIO DE ALAGOA GRANDE. É UM CONVITE PARA CONHECERMOS FRAGMENTOS DAS HISTÓRIAS LOCAIS NARRADAS PELOS MEMBROS DAS FAMÍLIAS NEGRAS PESQUISADAS. CONSISTE NA SEÇÃO DA QUALIFICAÇÃO DA TESE NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ/FACED, NA LINHA DE PESQUISA: MOVIMENTOS SOCIAIS, EDUCAÇÃO POPULAR E ESCOLA, NO EIXO TEMÁTICO: SOCIOPOÉTICA, CULTURA E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS. TENDO COMO PARÂMETRO A PRODUÇÃO DE PESQUISADORES NEGROS(AS) COMO O PROCESSO DE AUTOR-REFERÊNCIA NA PRODUÇÃO CIENTÍFICA. NOS DEBRUÇARMOS NO PASSADO DA NOSSA ANCESTRALIDADE AFRICANA NA PERSPECTIVA DO FORTALECIMENTO DAS RAÍZES HISTÓRICAS E CULTURAIS É UM DESAFIO ACADÊMICO PARA REMETERMOS E VISLUMBRARMOS AS LACUNAS NO CENÁRIO EDUCACIONAL BRASILEIRO NO TOCANTE AS AFRICANIDADES. PARTIMOS DO PRESSUPOSTO DE QUE A ESCOLA É A PRIORI O ESPAÇO PARA A DISSEMINAÇÃO DO CONHECIMENTO E DESCONSTRUÇÃO DE ESTEREÓTIPOS ATRIBUÍDOS A POPULAÇÃO NEGRA. PAUTAMOS A NOSSA PESQUISA NOS TERRITÓRIOS NEGROS ALAGOAGRANDENSE ONDE ESTÃO FINCADOS OS MEUS TRONCOS VELHOS. ESSAS BASES HISTÓRICAS PRECISAM SEREM CONTADAS E VISIBILIZADAS NO DESAFIO DE DEMONSTRAR QUE A PARTIR DOS ESTUDOS REALIZADOS ESSES ESPAÇOS SÃO VARIÁVEIS NOS TEMPOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS MEMORÁVEIS. NO PENSAMENTO AFRICANO EXISTE UM CONGLOMERADO DE FATORES PARA A COMPREENSÃO DOS FATOS SOCIAIS. NAS SOCIEDADES AFRICANAS, A ANCESTRALIDADE INDICA A PRESENÇA DO PASSADO, INTERFERINDO NA CONSTRUÇÃO DE NOVAS REALIDADES PELA INTERVENÇÃO DAS GERAÇÕES DE SERES HUMANOS. A ANCESTRALIDADE É TERRITORIALIZAÇÃO (CUNHA JÚNIOR, 2010, P.04). PARTINDO DESTA AFIRMAÇÃO PODEMOS REFLETIR QUE AS HISTÓRIAS DOS GRUPOS HUMANOS ESTÃO VINCULADAS AS LOCALIDADES E POTENCIALIDADES DESSES RESPECTIVOS LOCAIS E GRUPOS. BUSCAMOS NOS ORIENTAR PARA REALIZAÇÃO DESTA PESQUISA NA COSMOVISÃO AFRICANA, QUE PARTE DO PRINCÍPIO QUE OS SERES E AS COISAS ESTÃO INTER-RELACIONADAS E, QUE AS CATEGORIAS INSERISSEM NO TEMPO VIVIDO. A AFRODESCENDÊNCIA COMO MÉTODO DE PESQUISA PRIORIZA A CONSCIÊNCIA SOCIAL DOS INDIVÍDUOS E A EXPERIÊNCIA GRUPAL. TRABALHAMOS AS CATEGORIAS: TERRITORIALIDADES, TERRITÓRIOS NEGROS, AFRODESCENDÊNCIA, MEMÓRIA, PATRIMÔNIO CULTURAL E IDENTIDADE NEGRA.  A PESQUISA SE PROPÕE COMPREENDER E RESSIGNIFICAR OS PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO DA MEMÓRIA DAS FAMÍLIAS NEGRAS PESQUISADAS A PARTIR DOS SENTIMENTOS DE PERTENCIMENTO FAMILIAR."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais"
    "palavra_chave" => "TERRITORIALIDADES, TERRITÓRIOS NEGROS, MEMÓRIA DE NEGRO, IDENTIDADE NEGRA, IDENTIDADE NEGRA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA6_ID12289_25092019011325.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:47"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA DO SOCORRO PIMENTEL DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "S. PIMENTEL"
    "autor_email" => "portuguesmesclada@gmail.c"
    "autor_ies" => "UFC"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O ARTIGO APRESENTA HISTÓRIAS E MEMÓRIAS DE FAMÍLIAS AFRO-PARAIBANAS LOCALIZADAS NO ENGENHO BURACO D’ÁGUA E SERRA DA PAQUEVIRA NO MUNICÍPIO DE ALAGOA GRANDE. É UM CONVITE PARA CONHECERMOS FRAGMENTOS DAS HISTÓRIAS LOCAIS NARRADAS PELOS MEMBROS DAS FAMÍLIAS NEGRAS PESQUISADAS. CONSISTE NA SEÇÃO DA QUALIFICAÇÃO DA TESE NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ/FACED, NA LINHA DE PESQUISA: MOVIMENTOS SOCIAIS, EDUCAÇÃO POPULAR E ESCOLA, NO EIXO TEMÁTICO: SOCIOPOÉTICA, CULTURA E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS. TENDO COMO PARÂMETRO A PRODUÇÃO DE PESQUISADORES NEGROS(AS) COMO O PROCESSO DE AUTOR-REFERÊNCIA NA PRODUÇÃO CIENTÍFICA. NOS DEBRUÇARMOS NO PASSADO DA NOSSA ANCESTRALIDADE AFRICANA NA PERSPECTIVA DO FORTALECIMENTO DAS RAÍZES HISTÓRICAS E CULTURAIS É UM DESAFIO ACADÊMICO PARA REMETERMOS E VISLUMBRARMOS AS LACUNAS NO CENÁRIO EDUCACIONAL BRASILEIRO NO TOCANTE AS AFRICANIDADES. PARTIMOS DO PRESSUPOSTO DE QUE A ESCOLA É A PRIORI O ESPAÇO PARA A DISSEMINAÇÃO DO CONHECIMENTO E DESCONSTRUÇÃO DE ESTEREÓTIPOS ATRIBUÍDOS A POPULAÇÃO NEGRA. PAUTAMOS A NOSSA PESQUISA NOS TERRITÓRIOS NEGROS ALAGOAGRANDENSE ONDE ESTÃO FINCADOS OS MEUS TRONCOS VELHOS. ESSAS BASES HISTÓRICAS PRECISAM SEREM CONTADAS E VISIBILIZADAS NO DESAFIO DE DEMONSTRAR QUE A PARTIR DOS ESTUDOS REALIZADOS ESSES ESPAÇOS SÃO VARIÁVEIS NOS TEMPOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS MEMORÁVEIS. NO PENSAMENTO AFRICANO EXISTE UM CONGLOMERADO DE FATORES PARA A COMPREENSÃO DOS FATOS SOCIAIS. NAS SOCIEDADES AFRICANAS, A ANCESTRALIDADE INDICA A PRESENÇA DO PASSADO, INTERFERINDO NA CONSTRUÇÃO DE NOVAS REALIDADES PELA INTERVENÇÃO DAS GERAÇÕES DE SERES HUMANOS. A ANCESTRALIDADE É TERRITORIALIZAÇÃO (CUNHA JÚNIOR, 2010, P.04). PARTINDO DESTA AFIRMAÇÃO PODEMOS REFLETIR QUE AS HISTÓRIAS DOS GRUPOS HUMANOS ESTÃO VINCULADAS AS LOCALIDADES E POTENCIALIDADES DESSES RESPECTIVOS LOCAIS E GRUPOS. BUSCAMOS NOS ORIENTAR PARA REALIZAÇÃO DESTA PESQUISA NA COSMOVISÃO AFRICANA, QUE PARTE DO PRINCÍPIO QUE OS SERES E AS COISAS ESTÃO INTER-RELACIONADAS E, QUE AS CATEGORIAS INSERISSEM NO TEMPO VIVIDO. A AFRODESCENDÊNCIA COMO MÉTODO DE PESQUISA PRIORIZA A CONSCIÊNCIA SOCIAL DOS INDIVÍDUOS E A EXPERIÊNCIA GRUPAL. TRABALHAMOS AS CATEGORIAS: TERRITORIALIDADES, TERRITÓRIOS NEGROS, AFRODESCENDÊNCIA, MEMÓRIA, PATRIMÔNIO CULTURAL E IDENTIDADE NEGRA. A PESQUISA SE PROPÕE COMPREENDER E RESSIGNIFICAR OS PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO DA MEMÓRIA DAS FAMÍLIAS NEGRAS PESQUISADAS A PARTIR DOS SENTIMENTOS DE PERTENCIMENTO FAMILIAR.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.