Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

TECNOLOGIAS DIGITAIS E ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

Palavra-chaves: ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS, FORMAÇÃO DOCENTE, TECNOLOGIAS DIGITAIS Comunicação Oral (CO) GT 15 – Ensino de línguas Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTA DISCUSSÃO OPORTUNIZA OFERECER, COM BASE EM LITERATURA ESPECIALIZADA, EM DIÁRIOS SOBRE PRÁTICAS DE ENSINO, EM ENTREVISTAS E EM RODAS DE CONVERSAS COM PROFESSORES, IMPRESSÕES SOBRE A REALIDADE QUE PREVALECE NO ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS NAS ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS QUANTO AO USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS QUE FAVOREÇAM O ENSINO-APRENDIZAGEM. RECONHECEMOS A EXISTÊNCIA DE LACUNAS E PROBLEMAS E, POR CRER NA POSSIBILIDADE DE SUPERÁ-LOS, TRAZEMOS ESTE ARTIGO PARA DISCUTIR O ASSUNTO E APRESENTAR ALGUMAS ATIVIDADES APLICADAS. ESPERAMOS CONTRIBUIR, ASSIM, PARA UMA REFLEXÃO PROVEITOSA E PARA DESENVOLVER NOVAS LEITURAS E ENTENDIMENTOS SOBRE A UTILIZAÇÃO DE RECURSOS TECNOLÓGICOS NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS E FORMAÇÃO DOCENTE NA OCASIÃO DESTE CONGRESSO. BUCKNGHAM (2007), DAVIES E MERCHANT (2009), ALVERMANN (2011), RICHARDS (2008), SCHNEIDERMAN (2003), ENTRE OUTROS PESQUISADORES FUNDAMENTAIS, PERMITEM PERCEBER QUE UMA MELHORIA NA QUALIDADE DA UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS DIGITAIS EM SALA DE AULA E UMA MELHOR QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICA DO PROFISSIONAL DOCENTE FACILITARIAM UMA POSITIVA MELHORIA NO ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.