Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 183
POLÍTICAS PÚBLICAS E ENFRENTAMENTOS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO

Palavra-chaves: CAMPO-CIDADE, SUJEITO DO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS, POLÍTICAS PÚBLICAS Comunicação Oral (CO) GT 05 - Movimentos Sociais, Sujeitos e Processos Educativos

Resumo

RESUMO O PRESENTE TRABALHO TEM POR OBJETIVO TRAZER DISCUSSÕES SOBRE EDUCAÇÃO DO CAMPO, ABRANGENDO AS SUAS INTERFACES, CARACTERÍSTICAS E DIFICULDADES QUE AINDA HOJE SE ENCONTRAM PRESENTE EM NOSSA SOCIEDADE. TAL DISCUSSÃO É FUNDAMENTAL PARA GARANTIA DE DIREITOS DAS PESSOAS QUE VIVEM NO CAMPO. RECONHECER ESSES SUJEITOS DO CAMPO COMO DETENTORES DE DIREITOS E DEVEM TER A GARANTIA DOS MESMOS. A EDUCAÇÃO É DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA QUALQUER CIDADÃO, EM VISTA DISSO, A OFERTA DE INSTRUÇÃO ADEQUADA AS DIFERENTES LOCALIDADES SÃO NECESSÁRIAS. ASSIM, AS DISCUSSÕES SOBRE ESCOLARIZAÇÃO, ABORDANDO O TEMA SOBRE EDUCAÇÃO DO CAMPO E OS SUJEITOS QUE VIVEM NESSAS REGIÕES SÃO IMPORTANTES NAS DISCUSSÕES DA SOCIEDADE, QUE SÃO POUCO ABORDADOS NO QUE TANGE AO TIPO DE EDUCAÇÃO QUE É OFERTADA AOS CAMPONESES, PARA QUE SE RECONHEÇAM COMO PESSOAS DO CAMPO. E DA IMPORTÂNCIA DOS MOVIMENTOS SOCIAIS COMO GARANTIA DE DIREITOS. É IMPORTANTE FRISAR QUE UMA EDUCAÇÃO DO CAMPO, DEVE PROMOVER O RECONHECIMENTO DA IDENTIDADE DESSES SUJEITOS, LOGO A BUSCA POR SEUS DIREITOS É DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA PARA UMA VIDA DIGNA E SUAS ATRIBUIÇÕES, E NÃO SOMENTE COMO MEIO DE PRODUÇÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.