Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O BRINCAR DAS CRIANÇAS INDÍGENAS JERIPANKÓ

Palavra-chaves: BRINCAR, CRIANÇAS INDÍGENAS, ETNIA JERIPANKÓ Comunicação Oral (CO) GT 09 – Educação Infantil Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ANALISAR O BRINCAR DAS CRIANÇAS INDÍGENAS DA ALDEIA JERIPANKÓ DA TERRA INDÍGENA OURICURI, SITUADA NO MUNICÍPIO DE PARICONHA NO ESTADO DE ALAGOAS, PONDO EM QUESTÃO AS RELAÇÕES CONSTRUÍDAS. NESSE SENTIDO, O ÂMBITO EDUCACIONAL TORNA-SE ESPAÇO PARA DESENVOLVER E MOSTRAR O SENTIDO DO BRINCAR NA FORMAÇÃO PESSOAL E PROFISSIONAL DE CADA SUJEITO EM PARTICULAR O INDÍGENA, UMA VEZ QUE A AÇÃO PEDAGÓGICA POR MEIO DE ATIVIDADES LÚDICAS DIRECIONA ESTÍMULOS SIGNIFICANTES NA APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS INDÍGENAS. DESSA FORMA, ESTE ESTUDO ESTÁ CENTRADO DIRETAMENTE NAS VIVÊNCIAS DAS CRIANÇAS JERIPANKÓS QUE POR SUA VEZ POSSUEM ACIMA DE TUDO UMA CULTURA E UM MODO DE EDUCAÇÃO JÁ FORMADO, MANTENDO SUA TRADIÇÃO VIVA MEDIANTE QUALQUER PRÁTICA PEDAGÓGICA, CONSIDERANDO AINDA, UMA REFLEXÃO ACERCA DA PRÁTICA EDUCATIVA DE NOVOS MÉTODOS DE ENSINO. A METODOLOGIA UTILIZADA NESTA PESQUISA DE CAMPO FOI DESCRITIVA PAUTADA EM GIL (2008), UTILIZANDO-SE DE UMA ABORDAGEM QUALITATIVA, CONFORME OLIVEIRA (2012). PARTICIPARAM DA PESQUISA A ALDEIA JERIPANKÓ TERRA INDÍGENA OURICURI, SITUADA NO MUNICÍPIO DE PARICONHA NO ESTADO DE ALAGOAS, O PERÍODO DE REALIZAÇÃO DA COLETA DE DADOS TEVE A DURAÇÃO DE APROXIMADAMENTE CINCO MESES A CONTAR DO MOMENTO DO LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO. DA ANÁLISE TEMÁTICO-CATEGORIAL EMERGIRAM CATEGORIAS A FIM DE FACILITAR A DISCUSSÃO DOS RESULTADOS. REFLETIR E APRESENTAR ALGUNS ESTUDOS A PARTIR DA PESQUISA DE REVISÃO INTEGRATIVA SOBRE O BRINCAR DAS CRIANÇAS INDÍGENAS JERIPANKÓ. ASSIM É NECESSÁRIO QUE AÇÕES CONCRETAS PARA O FORTALECIMENTO DA INFÂNCIA INDÍGENA JERIPANKÓ SEJAM REALIZADAS DE MANEIRA ARTICULADA, COORDENADA E COM CONTINUIDADE, DE FORMA QUE POSSAM CONTRIBUIR PARA A SOBREVIVÊNCIA DAS CULTURAS INDÍGENA PROMOVENDO O DESENVOLVIMENTO PERMANENTE, SEM A PERDA DA IDENTIDADE ÉTNICA E DE SUA CIDADANIA. DIANTE DESSA PERSPECTIVA, AS CRIANÇAS INDÍGENAS EM SUA REALIDADE POSSUEM UMA ESPIRITUALIDADE LIVRE, E É POR MEIO DESSA LIBERDADE QUE BUSCAREMOS MOSTRAR A RELEVÂNCIA DO EDUCADOR TRABALHAR RESPEITANDO CADA NECESSIDADE, SINGULARIDADE E VIVÊNCIA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.