Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE ENUNCIADOS COMO CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO DE FUNÇÕES NO ENSINO MÉDIO

Palavra-chaves: INTERPRETAÇÃO, RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS MATEMÁTICOS, FUNÇÕES Comunicação Oral (CO) GT 13 - Educação Matemática Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

A LEITURA É DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA PARA QUE SE FAÇA UMA CORRELAÇÃO ENTRE LÍNGUA MATERNA E A LINGUAGEM SIMBÓLICA DA MATEMÁTICA. A PARTIR DA NECESSIDADE DE SABER LER E INTERPRETAR OS ENUNCIADOS DOS PROBLEMAS MATEMÁTICOS, SURGIU A NECESSIDADE DA REALIZAÇÃO DESTA PESQUISA. VISTO QUE, NEM SEMPRE, A FAMÍLIA CONTRIBUI PARA ESTIMULAR A LEITURA, FICA A CARGO DA ESCOLA DESEMPENHAR ESTE PAPEL TÃO NECESSÁRIO AO ENSINO E APRENDIZAGEM DESTA DISCIPLINA. A METODOLOGIA UTILIZADA FOI QUALITATIVA QUANTO A ANÁLISE DOS EXPERIMENTOS E QUANTITATIVA QUANTO A INTERPRETAÇÃO GRÁFICA DOS QUESTIONÁRIOS APLICADOS. PARTICIPARAM DESTA PESQUISA QUARENTA ALUNOS DO PRIMEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA PÚBLICA DA CIDADE DE CABO FRIO- RJ. OS RESULTADOS OBTIDOS MOSTRARAM QUE O ALUNO QUE POSSUI COMPETÊNCIA LEITORA DESENVOLVIDA PARA A DISCIPLINA DE MATEMÁTICA PERCEBE MELHOR A TEMÁTICA DO PROBLEMA APRESENTADO A ELE, ALÉM DE SER MAIS CRIATIVO PARA ELABORAR SUA PRÓPRIA SITUAÇÃO-PROBLEMA. FOI VERIFICADO, TAMBÉM, QUE QUANTO MAIS DESENVOLVIDA A ZONA DE DESENVOLVIMENTO PROXIMAL, MELHOR É A ATUAÇÃO DO ALUNO. PORTANTO, A INTERAÇÃO ALUNO-PROFESSOR E ALUNO-ALUNO DEVE SER O MAIS CORDIAL POSSÍVEL PARA QUE ELES POSSAM DESENVOLVER INTEGRALMENTE SUAS POTENCIALIDADES. NÃO PODEMOS DESCONSIDERAR QUE O ALUNO CHEGA À ESCOLA APENAS COM O CONHECIMENTO DE LÍNGUA MATERNA E, DEPOIS, COMEÇA A SE FAMILIARIZAR COM A LINGUAGEM SIMBÓLICA MATEMÁTICA. ESTA TRANSPOSIÇÃO DEVE SER FEITA DE MODO CLARO, OBJETIVO E DIRETO, DE MODO QUE O ALUNO POSSA RELACIONAR A LINGUAGEM FORMAL DA MATEMÁTICA COM SUA PRÁTICA COTIDIANA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.