Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

APRENDENDO A SER PROFESSOR DE HISTÓRIA EM TEMPOS DE CRISE

Palavra-chaves: PROFESSOR DE HISTÓRIA, EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO, EDUCAÇÃO Comunicação Oral (CO) GT 05 - Movimentos Sociais, Sujeitos e Processos Educativos Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O TRABALHO TEM COMO OBJETIVO PROBLEMATIZAR A EXPERIÊNCIA DO PROCESSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES ATRAVÉS DAS VIVÊNCIAS REALIZADAS NO CURSO DE HISTÓRIA DA UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI – URCA, SOBRETUDO A PARTIR DAS DISCUSSÕES REALIZADAS NAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II E III E DAS DISCIPLINAS DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA, DO BRASIL, CEARÁ E DO CARIRI. ATUALMENTE SER PROFESSOR NO BRASIL É ASSUMIR RISCOS, POIS PAUTADO EM DISCURSOS FASCISTA EXISTEM VÁRIAS IDEIAS E PROJETOS QUE CRIMINALIZAM A ATUAÇÃO DO PROFESSOR EM SALA DE AULA. PROJETOS ESSES COMO ESCOLA SEM PARTIDO QUE FERE UM CONJUNTO DE PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS. NESSE SENTIDO, A FUNÇÃO DO PROFESSOR EM FORMAÇÃO NA AGENDA ATUAL É ASSUMIR UMA POLÍTICA DE ENFRENTAMENTOS DIANTE O ATUAL CONTEXTO. PARA SISTEMATIZAR O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO-METODOLÓGICO DO TRABALHO O PENSAMENTO DE FREIRE (1996) NOS É ESSENCIAL PARA PENSAR A EDUCAÇÃO COMO MEIO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.