Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A DISCIPLINA DE HISTÓRIA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA: PROCESSOS AVALIATIVOS E POLÍTICOS

Palavra-chaves: HISTÓRIA, ENSINO, EDUCAÇÃO BÁSICA Pôster (PO) GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional
"2019-10-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 58193
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 5059
    "inscrito_id" => 5183
    "titulo" => "A DISCIPLINA DE HISTÓRIA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA: PROCESSOS AVALIATIVOS E POLÍTICOS"
    "resumo" => """
      HISTORICAMENTE O PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DA HISTÓRIA COMO DISCIPLINA ESCOLAR TEM SEU BERÇO NA FRANÇA, INSERIDO NA LUTA DA BURGUESIA POR UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, LEIGA E OBRIGATÓRIA, TENDO COMO BASE COMUM A FORMAÇÃO DA NACIONALIDADE. (SCHMIDT E CAINELLI, 2004).\r\n
        A DISCIPLINA DE HISTÓRIA, NO BRASIL, DESDE SUA CRIAÇÃO NO SÉCULO XIX, PASSOU POR VÁRIAS TRANSFORMAÇÕES E FOI SUSTENTADA POR DIFERENTES CONCEPÇÕES E TENDÊNCIAS HISTORIOGRÁFICAS. AS TRANSFORMAÇÕES OCORRIDAS NO ENSINO DE HISTÓRIA, NO CENÁRIO BRASILEIRO, MUITAS VEZES ACOMPANHARAM A LÓGICA DOS PROCESSOS POLÍTICOS E ECONÔMICOS, NA ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE E NAS PROPOSTAS EDUCACIONAIS BRASILEIRAS.\r\n
        DIANTE DESSE CENÁRIO PODEMOS DIZER QUE ENSINAR HISTÓRIA É INSTIGANTE E DESAFIADOR NA MEDIDA QUE, NOS IMPÕE PENSAR, INDAGAR E QUESTIONAR O PASSADO E O PRESENTE PARA DESVENDARMOS SIGNIFICADOS, ATITUDES, VALORES E LANÇARMOS UM OLHAR INVESTIGATIVO SOBRE O FUTURO.\r\n
        SEGUNDO ESTUDOS E PESQUISAS DE AUTORES RENOMADOS NA ÁREA DE HISTÓRIA PODEMOS DESTACAR TRÊS FASES PARA O ENSINO DA HISTÓRIA: O ENSINO TRADICIONAL, O ENSINO DE ESTUDOS SOCIAIS E ENSINO PAUTADO NAS TENDÊNCIAS ATUAIS.\r\n
        NO SÉCULO XIX, O ENSINO DE HISTÓRIA ERA CENTRADO NA CONCEPÇÃO EUROPEIZANTE, ISTO É, O ENSINO CENTRAVA-SE NA HISTÓRIA DA EUROPA OCIDENTAL APRESENTADA COMO A VERDADEIRA HISTÓRIA DA CIVILIZAÇÃO E, EM EXTENSÃO, VEIO A HISTÓRIA PÁTRIA, CENTRADA NA HISTÓRIA DOS FATOS POLÍTICOS, AÇÕES INDIVIDUAIS E NOS GRANDES HERÓIS. MESMO APÓS A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA A HISTÓRIA CONTINUOU SENDO ENSINADA DENTRO DA CONCEPÇÃO TRADICIONAL, COM O OBJETIVO DE FORMAR CIDADÃOS PATRIÓTICOS.\r\n
       \t   COM O ADVENTO DA LEI 5.692/71 FOI OFICIALIZADO O ENSINO DE ESTUDOS SOCIAIS. SOMENTE OS ALUNOS DO ANTIGO SEGUNDO GRAU ESTUDAVAM OS CONTEÚDOS ESPECÍFICOS DA HISTÓRIA. EM RELAÇÃO AO ENSINO NADA MUDOU, A CONCEPÇÃO CONTINUAVA ATRELADA AO MODELO TRADICIONAL FORMAÇÃO DE CIDADÃOS PARA ACOMPANHAR A SOCIEDADE DESENVOLVIMENTISTA E INDUSTRIAL\r\n
                       NOS ANOS DE 1980 HOUVE GRANDES DEBATES, DISCUSSÕES E ESTUDOS SOBRE A HISTÓRIA ENSINADA NAS ESCOLAS E UNIVERSIDADES. AS QUESTÕES ESTUDADAS APONTARAM PARA UMA NOVA VISÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA, PRINCIPALMENTE PARA A REFLEXÃO DO ENSINO REPRODUTIVISTA. FORAM INTRODUZIDAS QUESTÕES SOBRE A QUALIDADE DO ENSINO, FORMAÇÃO E ATUAÇÃO PROFISSIONAL, A QUESTÃO DO LIVRO DIDÁTICO, NOVOS TEMAS DE APRENDIZAGEM, NOVAS ESTRATÉGIAS E FORMAS DE AVALIAR. \r\n
       A DISCIPLINA DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR NÃO SE RESUME A REPETIÇÃO DE CONTEÚDOS PRONTOS E ACABADOS. ELA É UM COMPONENTE CURRICULAR QUE OBJETIVA A REFLEXÃO, O POSICIONAMENTO DE IDEIAS DIANTE DOS FATOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE JUSTA E IGUALITÁRIA.\r\n
      ENSINAR HISTÓRIA EM SEUS MÚLTIPLOS ASPECTOS COM ALUNOS DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL REQUER UMA ATITUDE HISTÓRICA INVESTIGATIVA, AS APRENDIZAGENS ADQUIRIDAS NA SALA DE
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional"
    "palavra_chave" => "HISTÓRIA, ENSINO, EDUCAÇÃO BÁSICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD4_SA2_ID5183_30092019203212.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:29"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "PÉTIRA MARIA FERREIRA DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "PÉTIRA SANTOS"
    "autor_email" => "petirasantos@yahoo.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA - UFRR"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 58193
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 5059
    "inscrito_id" => 5183
    "titulo" => "A DISCIPLINA DE HISTÓRIA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA: PROCESSOS AVALIATIVOS E POLÍTICOS"
    "resumo" => """
      HISTORICAMENTE O PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DA HISTÓRIA COMO DISCIPLINA ESCOLAR TEM SEU BERÇO NA FRANÇA, INSERIDO NA LUTA DA BURGUESIA POR UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, LEIGA E OBRIGATÓRIA, TENDO COMO BASE COMUM A FORMAÇÃO DA NACIONALIDADE. (SCHMIDT E CAINELLI, 2004).\r\n
        A DISCIPLINA DE HISTÓRIA, NO BRASIL, DESDE SUA CRIAÇÃO NO SÉCULO XIX, PASSOU POR VÁRIAS TRANSFORMAÇÕES E FOI SUSTENTADA POR DIFERENTES CONCEPÇÕES E TENDÊNCIAS HISTORIOGRÁFICAS. AS TRANSFORMAÇÕES OCORRIDAS NO ENSINO DE HISTÓRIA, NO CENÁRIO BRASILEIRO, MUITAS VEZES ACOMPANHARAM A LÓGICA DOS PROCESSOS POLÍTICOS E ECONÔMICOS, NA ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE E NAS PROPOSTAS EDUCACIONAIS BRASILEIRAS.\r\n
        DIANTE DESSE CENÁRIO PODEMOS DIZER QUE ENSINAR HISTÓRIA É INSTIGANTE E DESAFIADOR NA MEDIDA QUE, NOS IMPÕE PENSAR, INDAGAR E QUESTIONAR O PASSADO E O PRESENTE PARA DESVENDARMOS SIGNIFICADOS, ATITUDES, VALORES E LANÇARMOS UM OLHAR INVESTIGATIVO SOBRE O FUTURO.\r\n
        SEGUNDO ESTUDOS E PESQUISAS DE AUTORES RENOMADOS NA ÁREA DE HISTÓRIA PODEMOS DESTACAR TRÊS FASES PARA O ENSINO DA HISTÓRIA: O ENSINO TRADICIONAL, O ENSINO DE ESTUDOS SOCIAIS E ENSINO PAUTADO NAS TENDÊNCIAS ATUAIS.\r\n
        NO SÉCULO XIX, O ENSINO DE HISTÓRIA ERA CENTRADO NA CONCEPÇÃO EUROPEIZANTE, ISTO É, O ENSINO CENTRAVA-SE NA HISTÓRIA DA EUROPA OCIDENTAL APRESENTADA COMO A VERDADEIRA HISTÓRIA DA CIVILIZAÇÃO E, EM EXTENSÃO, VEIO A HISTÓRIA PÁTRIA, CENTRADA NA HISTÓRIA DOS FATOS POLÍTICOS, AÇÕES INDIVIDUAIS E NOS GRANDES HERÓIS. MESMO APÓS A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA A HISTÓRIA CONTINUOU SENDO ENSINADA DENTRO DA CONCEPÇÃO TRADICIONAL, COM O OBJETIVO DE FORMAR CIDADÃOS PATRIÓTICOS.\r\n
       \t   COM O ADVENTO DA LEI 5.692/71 FOI OFICIALIZADO O ENSINO DE ESTUDOS SOCIAIS. SOMENTE OS ALUNOS DO ANTIGO SEGUNDO GRAU ESTUDAVAM OS CONTEÚDOS ESPECÍFICOS DA HISTÓRIA. EM RELAÇÃO AO ENSINO NADA MUDOU, A CONCEPÇÃO CONTINUAVA ATRELADA AO MODELO TRADICIONAL FORMAÇÃO DE CIDADÃOS PARA ACOMPANHAR A SOCIEDADE DESENVOLVIMENTISTA E INDUSTRIAL\r\n
                       NOS ANOS DE 1980 HOUVE GRANDES DEBATES, DISCUSSÕES E ESTUDOS SOBRE A HISTÓRIA ENSINADA NAS ESCOLAS E UNIVERSIDADES. AS QUESTÕES ESTUDADAS APONTARAM PARA UMA NOVA VISÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA, PRINCIPALMENTE PARA A REFLEXÃO DO ENSINO REPRODUTIVISTA. FORAM INTRODUZIDAS QUESTÕES SOBRE A QUALIDADE DO ENSINO, FORMAÇÃO E ATUAÇÃO PROFISSIONAL, A QUESTÃO DO LIVRO DIDÁTICO, NOVOS TEMAS DE APRENDIZAGEM, NOVAS ESTRATÉGIAS E FORMAS DE AVALIAR. \r\n
       A DISCIPLINA DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR NÃO SE RESUME A REPETIÇÃO DE CONTEÚDOS PRONTOS E ACABADOS. ELA É UM COMPONENTE CURRICULAR QUE OBJETIVA A REFLEXÃO, O POSICIONAMENTO DE IDEIAS DIANTE DOS FATOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE JUSTA E IGUALITÁRIA.\r\n
      ENSINAR HISTÓRIA EM SEUS MÚLTIPLOS ASPECTOS COM ALUNOS DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL REQUER UMA ATITUDE HISTÓRICA INVESTIGATIVA, AS APRENDIZAGENS ADQUIRIDAS NA SALA DE
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional"
    "palavra_chave" => "HISTÓRIA, ENSINO, EDUCAÇÃO BÁSICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD4_SA2_ID5183_30092019203212.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:29"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "PÉTIRA MARIA FERREIRA DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "PÉTIRA SANTOS"
    "autor_email" => "petirasantos@yahoo.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA - UFRR"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

HISTORICAMENTE O PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DA HISTÓRIA COMO DISCIPLINA ESCOLAR TEM SEU BERÇO NA FRANÇA, INSERIDO NA LUTA DA BURGUESIA POR UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, LEIGA E OBRIGATÓRIA, TENDO COMO BASE COMUM A FORMAÇÃO DA NACIONALIDADE. (SCHMIDT E CAINELLI, 2004). A DISCIPLINA DE HISTÓRIA, NO BRASIL, DESDE SUA CRIAÇÃO NO SÉCULO XIX, PASSOU POR VÁRIAS TRANSFORMAÇÕES E FOI SUSTENTADA POR DIFERENTES CONCEPÇÕES E TENDÊNCIAS HISTORIOGRÁFICAS. AS TRANSFORMAÇÕES OCORRIDAS NO ENSINO DE HISTÓRIA, NO CENÁRIO BRASILEIRO, MUITAS VEZES ACOMPANHARAM A LÓGICA DOS PROCESSOS POLÍTICOS E ECONÔMICOS, NA ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE E NAS PROPOSTAS EDUCACIONAIS BRASILEIRAS. DIANTE DESSE CENÁRIO PODEMOS DIZER QUE ENSINAR HISTÓRIA É INSTIGANTE E DESAFIADOR NA MEDIDA QUE, NOS IMPÕE PENSAR, INDAGAR E QUESTIONAR O PASSADO E O PRESENTE PARA DESVENDARMOS SIGNIFICADOS, ATITUDES, VALORES E LANÇARMOS UM OLHAR INVESTIGATIVO SOBRE O FUTURO. SEGUNDO ESTUDOS E PESQUISAS DE AUTORES RENOMADOS NA ÁREA DE HISTÓRIA PODEMOS DESTACAR TRÊS FASES PARA O ENSINO DA HISTÓRIA: O ENSINO TRADICIONAL, O ENSINO DE ESTUDOS SOCIAIS E ENSINO PAUTADO NAS TENDÊNCIAS ATUAIS. NO SÉCULO XIX, O ENSINO DE HISTÓRIA ERA CENTRADO NA CONCEPÇÃO EUROPEIZANTE, ISTO É, O ENSINO CENTRAVA-SE NA HISTÓRIA DA EUROPA OCIDENTAL APRESENTADA COMO A VERDADEIRA HISTÓRIA DA CIVILIZAÇÃO E, EM EXTENSÃO, VEIO A HISTÓRIA PÁTRIA, CENTRADA NA HISTÓRIA DOS FATOS POLÍTICOS, AÇÕES INDIVIDUAIS E NOS GRANDES HERÓIS. MESMO APÓS A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA A HISTÓRIA CONTINUOU SENDO ENSINADA DENTRO DA CONCEPÇÃO TRADICIONAL, COM O OBJETIVO DE FORMAR CIDADÃOS PATRIÓTICOS. COM O ADVENTO DA LEI 5.692/71 FOI OFICIALIZADO O ENSINO DE ESTUDOS SOCIAIS. SOMENTE OS ALUNOS DO ANTIGO SEGUNDO GRAU ESTUDAVAM OS CONTEÚDOS ESPECÍFICOS DA HISTÓRIA. EM RELAÇÃO AO ENSINO NADA MUDOU, A CONCEPÇÃO CONTINUAVA ATRELADA AO MODELO TRADICIONAL FORMAÇÃO DE CIDADÃOS PARA ACOMPANHAR A SOCIEDADE DESENVOLVIMENTISTA E INDUSTRIAL NOS ANOS DE 1980 HOUVE GRANDES DEBATES, DISCUSSÕES E ESTUDOS SOBRE A HISTÓRIA ENSINADA NAS ESCOLAS E UNIVERSIDADES. AS QUESTÕES ESTUDADAS APONTARAM PARA UMA NOVA VISÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA, PRINCIPALMENTE PARA A REFLEXÃO DO ENSINO REPRODUTIVISTA. FORAM INTRODUZIDAS QUESTÕES SOBRE A QUALIDADE DO ENSINO, FORMAÇÃO E ATUAÇÃO PROFISSIONAL, A QUESTÃO DO LIVRO DIDÁTICO, NOVOS TEMAS DE APRENDIZAGEM, NOVAS ESTRATÉGIAS E FORMAS DE AVALIAR. A DISCIPLINA DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR NÃO SE RESUME A REPETIÇÃO DE CONTEÚDOS PRONTOS E ACABADOS. ELA É UM COMPONENTE CURRICULAR QUE OBJETIVA A REFLEXÃO, O POSICIONAMENTO DE IDEIAS DIANTE DOS FATOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE JUSTA E IGUALITÁRIA. ENSINAR HISTÓRIA EM SEUS MÚLTIPLOS ASPECTOS COM ALUNOS DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL REQUER UMA ATITUDE HISTÓRICA INVESTIGATIVA, AS APRENDIZAGENS ADQUIRIDAS NA SALA DE

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.