Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 233
A ARTE COMO FORMA DE INCLUSÃO DE ALUNOS COM SÍNDROME DE DOWN NA E.M.E.F. PROFESSOR RAIMUNDO DA COSTA CALDAS NA VILA DE AREIÃO

Palavra-chaves: ARTE, EDUCAÇÃO, INCLUSÃO Comunicação Oral (CO) GT 10 - Educação Especial Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O PRESENTE TRABALHO APRESENTA A PROPOSTA DO PROJETO DE EXTENSÃO INTITULADO: “A ARTE COMO FORMA DE INCLUSÃO DE ALUNOS COM SÍNDROME DE DOWN” REALIZADO NA E.M.E.F. PROFESSOR RAIMUNDO DA COSTA CALDAS NA VILA DE AREIÃO”. ABORDA COMO PROBLEMÁTICA A FALTA DE INCLUSÃO DOS DISCENTES COM SÍNDROME DE DOWN NAS ATIVIDADES DE ENSINO, PROPONDO TÉCNICAS PEDAGÓGICAS DE INCLUSÃO MEDIADA PELA ARTE. TEM COMO OBJETIVO A UTILIZAÇÃO DA ARTE PARA ENVOLVER OS ALUNOS COM SÍNDROME DE DOWN NAS ATIVIDADES DOS ALUNOS DAS TURMAS REGULARES, UTILIZANDO COMO MEIOS DE INTERAÇÃO: PEÇAS TEATRAIS, DANÇAS, MÚSICAS, PINTURAS E OUTRAS ATIVIDADES ARTÍSTICA QUE FACILITEM O DESENVOLVIMENTO TANTO PESSOAL COMO MENTAL DOS ALUNOS, BUSCANDO AO MESMO TEMPO PROMOVER A HARMONIA E A IGUALDADE ENTRE ELES E OS DEMAIS ALUNOS. COMO METODOLOGIA ADOTOU-SE A REALIZAÇÃO DE VÁRIAS ATIVIDADES ARTÍSTICAS AFIM DE ENVOLVER OS ALUNOS COM SÍNDROME DE DOWN NAS MESMAS DINÂMICAS COM OUTROS ALUNOS DITOS “NORMAIS”, UTILIZANDO COMO MEIO DE ENSINO A DANÇA, A PINTURA, PEÇAS TEATRAIS E A MÚSICA. DIANTE DISSO, O EMBASAMENTO TEÓRICO SE CONSUBSTANCIA ATRAVÉS DOS ESTUDOS DOS SEGUINTES AUTORES: FERRAZ (2010), FREITAS (2011), TEIXEIRA (2009) E MACCARI (2011) ONDE SE OBSERVOU A IMPORTÂNCIA E NECESSIDADE DA ARTE NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA. O ENSINO DA ARTE, NAS ESCOLAS, POSSIBILITA AOS ALUNOS COM SÍNDROME DE DOWN O DESPERTAR DA CRIATIVIDADE, OFERECENDO UM CONTATO CONSTANTE COM A REALIDADE E A FANTASIA, PROPICIANDO O DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO ARTÍSTICO E DA PERCEPÇÃO ESTÉTICA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.