Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 278
(INTER)AÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO POPULAR E ARTE: O TEATRO DO OPRIMIDO COMO MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO POPULAR, ARTE, TEATRO DO OPRIMIDO Comunicação Oral (CO) GT 05 - Movimentos Sociais, Sujeitos e Processos Educativos

Resumo

A EDUCAÇÃO POPULAR FOI INICIALMENTE PENSADA POR PAULO FREIRE COM O OBJETIVO DE POSSIBILITAR REFLEXÕES E TRANSFORMAÇÕES DA REALIDADE DO ALUNO ATRAVÉS DO DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO CRÍTICO E DA PARTICIPAÇÃO SOCIAL. ESSA CONCEPÇÃO VEM SE DESENVOLVENDO SOBRE ESSA BASE DESDE ENTÃO, E, TENDO ISSO EM VISTA, ESSE TRABALHO TEM O INTUITO DE CONTRIBUIR COM NOVAS PRÁTICAS EM EDUCAÇÃO POPULAR ATRAVÉS DA REFLEXÃO SOBRE AS PRÁTICAS DO TEATRO DO OPRIMIDO NESSE SENTIDO POR MEIO DE UMA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA DO TIPO DESENHO DESCRITIVO E EXPLORATÓRIO, COMPARANDO-SE AS PRODUÇÕES ENCONTRADAS COM AS PROPOSTAS DE AUGUSTO BOAL E PAULO FREIRE. DESSE MODO, OBSERVOU-SE QUE AS PRODUÇÕES APONTAM PARA A IMPORTÂNCIA DA CORRELAÇÃO ENTRE ARTE E EDUCAÇÃO POPULAR COMO FERRAMENTA PARA FOMENTAR AS AÇÕES SOCIAIS LOCAIS E O ENFRENTAMENTO DE MODELOS HEGEMÔNICOS OPRESSORES DESSAS REALIDADES. CONCLUI-SE QUE A EDUCAÇÃO POPULAR E A ARTE, QUANDO ASSOCIADAS, SE TORNAM MEIOS ESSENCIAIS PARA QUE O POVO POSSA SE APROPRIAR DA SUA PRÓPRIA REALIDADE E AGIR SOBRE ELA, TOMANDO LUGAR DE PROTAGONISMO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.