Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

COEFICIENTES DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR DE UM DESSALINIZADOR TIPO TELHADO EM CONDIÇÕES CLIMÁTICAS NO NORDESTE BRASILEIRO

Palavra-chaves: DESSALINIZAÇÃO SOLAR, TRANSFERÊNCIA DE CALOR, ANÁLISE DE DESEMPENHO, ENERGIA SOLAR. Pôster (PO) AT 06: Engenharias - abordagens sobre Ensino e pesquisa
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56647
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 223
    "inscrito_id" => 1783
    "titulo" => "COEFICIENTES DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR DE UM DESSALINIZADOR TIPO TELHADO EM CONDIÇÕES CLIMÁTICAS NO NORDESTE BRASILEIRO"
    "resumo" => "O CONSUMO DE ÁGUA POTÁVEL É VITAL PARA QUE O SER HUMANO MANTENHA UMA QUALIDADE DE VIDA ADEQUADA, ONDE ESSA ÁGUA SE TORNA IMPORTANTE NÃO APENAS PARA A HUMANIDADE, MAS ATENDENDO A DEMANDAS AGRÍCOLAS E INDUSTRIAIS. SENDO ASSIM, O CRESCIMENTO NAS PESQUISAS VOLTADAS PARA NOVOS MÉTODOS DE FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL A PARTIR DE ÁGUAS SALINAS E SALOBRAS, TEM SIDO NOTADA.  DENTRE ESSES MÉTODOS, PODE-SE CITAR A DESSALINIZAÇÃO DE ÁGUAS ATRAVÉS DE DESSALINIZADORES QUE UTILIZAM RADIAÇÃO SOLAR. O QUE ACONTECE DENTRO DOS DESSALINIZADOES PODE SER DEFINIDO COMO TRANSFERÊNCIA DE CALOR, ONDE POR MEIO DO CÁLCULO DOS COEFICIENTES DESSES FENÔMENOS O VALOR DO VOLUME DO DESTILADO TEÓRICO É OBTIDO. DESSE MODO, A PESQUISA PRETENDE ANALISAR OS COEFICIENTES DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR (CONVECÇÃO, RADIAÇÃO E EVAPORAÇÃO) OBTIDAS NO EXPERIMENTO, PARA CALCULAR O VALOR DO DESTILADO TEÓRICO PARA O DESSALINIZADOR SOLAR DO TIPO TELHADO, COM BASE NAS TEMPERATURAS AFERIDAS AO LONGO DOS TESTES. AS TEMPERATURAS MEDIDAS FORAM A DA COBERTURA DE VIDRO, NA ÁGUA, NO ISOLANTE E DO AMBIENTE. COMO RESULTADOS, AS TEMPERATURAS DO DIA COM MAIOR INCIDÊNCIA DE RADIAÇÃO SOLAR APRESENTA COEFICIENTE DE CONVECÇÃO DE 7,95 W/M²C, 12,49 W/M²°C PARA O COEFICIENTE DE RADIAÇÃO E 198,41 W/M²°C PARA O COEFICIENTE DE EVAPORAÇÃO, ONDE TODOS ESSES VALORES FORAM EM TEMPERATURAS MÁXIMAS DURANTE O EXPERIMENTO. COM ISSO, OS VALORES DE DESTILADO CHEGARAM A 9,28 L/M²DIA. COM ESSES RESULTADOS, FOI POSSÍVEL CONSTATAR QUE OS DESSALINIZADORES APRESENTAM UMA EFICIÊNCIA ACEITÁVEL PARA A FINALIDADE NA QUAL OS EQUIPAMENTOS FORAM PROJETADOS."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 06: Engenharias - abordagens sobre Ensino e pesquisa"
    "palavra_chave" => "DESSALINIZAÇÃO SOLAR, TRANSFERÊNCIA DE CALOR, ANÁLISE DE DESEMPENHO, ENERGIA SOLAR."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA6_ID1783_28062019151205.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "YOHANNA JAMILLA VILAR DE BRITO"
    "autor_nome_curto" => "YOHANNA VILAR"
    "autor_email" => "yohannajvb@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56647
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 223
    "inscrito_id" => 1783
    "titulo" => "COEFICIENTES DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR DE UM DESSALINIZADOR TIPO TELHADO EM CONDIÇÕES CLIMÁTICAS NO NORDESTE BRASILEIRO"
    "resumo" => "O CONSUMO DE ÁGUA POTÁVEL É VITAL PARA QUE O SER HUMANO MANTENHA UMA QUALIDADE DE VIDA ADEQUADA, ONDE ESSA ÁGUA SE TORNA IMPORTANTE NÃO APENAS PARA A HUMANIDADE, MAS ATENDENDO A DEMANDAS AGRÍCOLAS E INDUSTRIAIS. SENDO ASSIM, O CRESCIMENTO NAS PESQUISAS VOLTADAS PARA NOVOS MÉTODOS DE FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL A PARTIR DE ÁGUAS SALINAS E SALOBRAS, TEM SIDO NOTADA.  DENTRE ESSES MÉTODOS, PODE-SE CITAR A DESSALINIZAÇÃO DE ÁGUAS ATRAVÉS DE DESSALINIZADORES QUE UTILIZAM RADIAÇÃO SOLAR. O QUE ACONTECE DENTRO DOS DESSALINIZADOES PODE SER DEFINIDO COMO TRANSFERÊNCIA DE CALOR, ONDE POR MEIO DO CÁLCULO DOS COEFICIENTES DESSES FENÔMENOS O VALOR DO VOLUME DO DESTILADO TEÓRICO É OBTIDO. DESSE MODO, A PESQUISA PRETENDE ANALISAR OS COEFICIENTES DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR (CONVECÇÃO, RADIAÇÃO E EVAPORAÇÃO) OBTIDAS NO EXPERIMENTO, PARA CALCULAR O VALOR DO DESTILADO TEÓRICO PARA O DESSALINIZADOR SOLAR DO TIPO TELHADO, COM BASE NAS TEMPERATURAS AFERIDAS AO LONGO DOS TESTES. AS TEMPERATURAS MEDIDAS FORAM A DA COBERTURA DE VIDRO, NA ÁGUA, NO ISOLANTE E DO AMBIENTE. COMO RESULTADOS, AS TEMPERATURAS DO DIA COM MAIOR INCIDÊNCIA DE RADIAÇÃO SOLAR APRESENTA COEFICIENTE DE CONVECÇÃO DE 7,95 W/M²C, 12,49 W/M²°C PARA O COEFICIENTE DE RADIAÇÃO E 198,41 W/M²°C PARA O COEFICIENTE DE EVAPORAÇÃO, ONDE TODOS ESSES VALORES FORAM EM TEMPERATURAS MÁXIMAS DURANTE O EXPERIMENTO. COM ISSO, OS VALORES DE DESTILADO CHEGARAM A 9,28 L/M²DIA. COM ESSES RESULTADOS, FOI POSSÍVEL CONSTATAR QUE OS DESSALINIZADORES APRESENTAM UMA EFICIÊNCIA ACEITÁVEL PARA A FINALIDADE NA QUAL OS EQUIPAMENTOS FORAM PROJETADOS."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 06: Engenharias - abordagens sobre Ensino e pesquisa"
    "palavra_chave" => "DESSALINIZAÇÃO SOLAR, TRANSFERÊNCIA DE CALOR, ANÁLISE DE DESEMPENHO, ENERGIA SOLAR."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA6_ID1783_28062019151205.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "YOHANNA JAMILLA VILAR DE BRITO"
    "autor_nome_curto" => "YOHANNA VILAR"
    "autor_email" => "yohannajvb@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

O CONSUMO DE ÁGUA POTÁVEL É VITAL PARA QUE O SER HUMANO MANTENHA UMA QUALIDADE DE VIDA ADEQUADA, ONDE ESSA ÁGUA SE TORNA IMPORTANTE NÃO APENAS PARA A HUMANIDADE, MAS ATENDENDO A DEMANDAS AGRÍCOLAS E INDUSTRIAIS. SENDO ASSIM, O CRESCIMENTO NAS PESQUISAS VOLTADAS PARA NOVOS MÉTODOS DE FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL A PARTIR DE ÁGUAS SALINAS E SALOBRAS, TEM SIDO NOTADA. DENTRE ESSES MÉTODOS, PODE-SE CITAR A DESSALINIZAÇÃO DE ÁGUAS ATRAVÉS DE DESSALINIZADORES QUE UTILIZAM RADIAÇÃO SOLAR. O QUE ACONTECE DENTRO DOS DESSALINIZADOES PODE SER DEFINIDO COMO TRANSFERÊNCIA DE CALOR, ONDE POR MEIO DO CÁLCULO DOS COEFICIENTES DESSES FENÔMENOS O VALOR DO VOLUME DO DESTILADO TEÓRICO É OBTIDO. DESSE MODO, A PESQUISA PRETENDE ANALISAR OS COEFICIENTES DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR (CONVECÇÃO, RADIAÇÃO E EVAPORAÇÃO) OBTIDAS NO EXPERIMENTO, PARA CALCULAR O VALOR DO DESTILADO TEÓRICO PARA O DESSALINIZADOR SOLAR DO TIPO TELHADO, COM BASE NAS TEMPERATURAS AFERIDAS AO LONGO DOS TESTES. AS TEMPERATURAS MEDIDAS FORAM A DA COBERTURA DE VIDRO, NA ÁGUA, NO ISOLANTE E DO AMBIENTE. COMO RESULTADOS, AS TEMPERATURAS DO DIA COM MAIOR INCIDÊNCIA DE RADIAÇÃO SOLAR APRESENTA COEFICIENTE DE CONVECÇÃO DE 7,95 W/M²C, 12,49 W/M²°C PARA O COEFICIENTE DE RADIAÇÃO E 198,41 W/M²°C PARA O COEFICIENTE DE EVAPORAÇÃO, ONDE TODOS ESSES VALORES FORAM EM TEMPERATURAS MÁXIMAS DURANTE O EXPERIMENTO. COM ISSO, OS VALORES DE DESTILADO CHEGARAM A 9,28 L/M²DIA. COM ESSES RESULTADOS, FOI POSSÍVEL CONSTATAR QUE OS DESSALINIZADORES APRESENTAM UMA EFICIÊNCIA ACEITÁVEL PARA A FINALIDADE NA QUAL OS EQUIPAMENTOS FORAM PROJETADOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.