Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

PERFIL DOS USUÁRIOS CADASTRADOS NA ASSOCIAÇÃO DE OSTOMIZADOS DO RIO GRANDE DO NORTE

Palavra-chaves: ESTOMIA, PERFIL DE SAÚDE, COLOSTOMIA Pôster (PO) Enfermagem Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Introdução: Inúmeras razões levam algumas pessoas a se submeterem a cirurgias para realização de ostomas. As colostomias e ileostomias são ostomias de eliminação intestinal, as quais são definidas, respectivamente, pela abertura de segmento cólico ou ileal na parede abdominal, propondo-se ao desvio do conteúdo fecal para o meio externo. As urostomias são ostomias de eliminação urinária, definida como uma criação cirúrgica de uma abertura artificial dos condutos urinários na parede abdominal para desvio da urina ao meio externo. No Rio Grande do Norte (RN), os ostomizados cadastrados recebem o apoio da Associação dos Ostomizados do Rio Grande do Norte (AORN), fundada em março de 1991, ajudando a promover a reintegração dos ostomizados na vida cotidiana (AORN, 2013). Apesar da presença de centros de referências no nordeste, o acervo de material para pesquisa sobre o assunto, ainda é escasso. No RN, não há estudos publicados que envolvam a temática em questão e o perfil destes pacientes neste Estado ainda é desconhecido. Objetivos: Descrever o perfil de pacientes ostomizados (colostomizados, ileostomizados, urostomizados e fístulas) assistidos pela AORN. Método: Pesquisa exploratória retrospectiva, compreendendo todos os pacientes ostomizados ativos do RN cadastrados na AORN até dezembro de 2013. Os dados foram obtidos em fichas cadastrais e analisados por meio de estatística descritiva, onde as variáveis abordadas são: sexo, estado civil, faixa etária, renda, escolaridade, cor e tipo de ostomia. O projeto da pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob o CAAE de número 19866413.3.0000.5537. Resultados: Dos 697 pacientes ativos cadastrados na AORN, verificou-se que 50,2% são homens e 49,8% mulheres; 47,9% são casados, 29,1% solteiros, 15,6% viúvos, 1,9% separados/divorciados e 2,8% outros estados civis; 55,2% possuem mais de 59 anos. Quanto a renda familiar, 64% recebem até 1 salário mínimo. Com relação a escolaridade, 39,6% possuem o ensino fundamental incompleto, 22,1% são analfabetos, 13,3% com fundamental completo, 13,2% com ensino médio, 4,3% com ensino superior, 2,3% com ensino médio incompleto, 1,6% com ensino superior incompleto e 3,6% não informaram. No que se refere a cor, 47,2% são pardo e 39,3% brancos, 6,9% amarelos, 5,0% negros e 1,6% não informaram. Quanto ao tipo de ostomia, 76,4% são colostomizados, 11,9% ileostomizados, 6,45% urostomizados e 0,57% com Fístulas. Conclusão: O perfil dos pesquisados mostrou a maioria de idosos, homens, casados, com ensino fundamental completo, pardos e colostomizados. Os resultados da pesquisa podem auxiliar no desenvolvimento de estratégias para melhoria da assistência de saúde prestada a esses pacientes e indicar ações educativas para esta população.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.