Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 231
APLICAÇÃO DE PAINEL COMO UMA FERRAMENTA DE ENSINO/APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE

Palavra-chaves: METODOLOGIAS ATIVA, POLÍTICAS DE SAÚDE, PROMOÇÃO DA SAÚDE Relato de Experiência(RE) Enfermagem Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Muitas pesquisas têm demonstrado que para atender às novas demandas do Sistema Único de Saúde, há uma grande necessidade de um ajuste do perfil do profissional que nele atua. Ajuste este que passa irrefutavelmente pela modernização da metodologia educacional universitária. Neste contexto, o painel apresenta-se como uma alternativa produtiva e eficaz na assimilação do conhecimento das políticas do Sistema Único de Saúde pelos discentes, pois este permite apresentar vários resultados de um tema, possibilitando posteriormente uma discussão alusiva a esses resultados. Este estudo visa descrever a utilização do recurso metodológico Painel Expositivo, nas discussões sobre os 11 eixos do Pacto pela Vida na disciplina de Saúde Coletiva. O estudo realizou-se em março de 2013, no transcorrer da disciplina de Saúde Coletiva do Curso de Enfermagem de uma unidade descentralizada da Universidade Regional do Cariri-URCA. Para sua execução, foram selecionados 20 artigos sobre o Sistema Único de Saúde e seus eixos pactuados pela vida nas bases de dados Bireme e Scielo, identificando-se algumas das prioridades pactuadas: fortalecimento da atenção básica; promoção da saúde; doenças negligenciadas, controle do câncer do colo do útero e mama; saúde mental. Fundamentado nesses artigos foi realizado um painel como forma de apresentação, contemplando o tema “Pacto pela Vida”, proposto pela disciplina. Por fim, os relatos de experiência de cada participante foram colhidos e compilados em uma única narrativa. Este estudo mostrou que a metodologia ativa em questão, o painel, se insere em um contexto de avanços na formação do profissional da atualidade, pois pode ser utilizado como uma ferramenta relacional e avaliativa para a reflexão das práticas de saúde no cotidiano das rodas de conversas tanto na atenção básica como nos demais níveis. O estudo das políticas em saúde, pela comunidade acadêmica, deve ser conduzido com o recurso de metodologias ativas, tanto nos currículos de graduação como nos de pós-graduação. O aprendizado por intermédio desse método ultrapassa o conteúdo estático, ou seja, o que está escrito nos artigos. O aprendizado vai além, pois promove as relações interpessoais, diálogo e liderança. Em concluso, este estudo também nos levou a refletir que na consolidação de um sistema de saúde que atenda os “sintomas indefinidos” de uma população, carece, além de uma coerente estrutura de planejamento e gestão, relações interpessoais fidedignas, éticas e compromissadas com um bem de valor incalculável, a saúde.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.