Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 276
REFLETINDO ESTRATÉGIAS DE ABORDAGEM À PESSOA IDOSA: OPERACIONALIZANDO O ARCO DE CHARLES MAGUEREZ COM A VISITA DOMICILIAR

Palavra-chaves: SAÚDE DA PESSOA IDOSA, METODOLOGIAS ATIVAS, VISITA DOMICILIAR Pôster (PO) AT 11: Envelhecimento e Interdisciplinaridade Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

(INTRODUÇÃO): Objetiva-se relatar a experiÊncia discente vivenciada por meio de visitas domiciliares a uma pessoa idosa e ao seu nÚcleo familiar na cidade de MossorÓ/RN, permeado por mÉtodos ativos de aprendizagem. (METODOLOGIA): Trata-se de um relato de experiÊncia realizado com a participaÇÃo de discentes e docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Fez-se uso das metodologias ativas, mais especificamente o Arco de Charles Maguerez, para a realizaÇÃo de algumas visitas domiciliares a uma pessoa idosa e seu nÚcleo familiar. (RESULTADO E DISCUSSÃO): A maior parte da problemÁtica evidenciada se direcionavam À idosa, foco da aÇÃo, que possuÍa dentre outras complicaÇÕes: glaucoma, hipertensÃo arterial, catarata e erisipela na perna esquerda. NÃo obstante, ela era cuidadora de dois netos que dependiam grandemente de sua atenÇÃo, cuja idosa era a matriarca daquele nÚcleo familiar, fazendo a gerÊncia do espaÇo social. AlÉm disso, identificou-se que a idosa se encontrava fortemente sobrecarregada no contexto de vida, sendo possÍvel elencar os postos-chave para anÁlise posterior. (CONSIDERAÇÕES FINAIS): A experiÊncia adquirida durante as atividade na comunidade, aliou a teoria-prÁtica-teoria, consolidando um exemplo Ímpar de como lidar com a vida, a importÂncia do respeito, de valorizar a famÍlia, compreender as dificuldades pessoais e como isso afeta o Âmbito, e acima de tudo, construir bases humanÍsticas para o futuro profissional, momento de permuta de saberes entre discentes, a idosa e seu nÚcleo familiar, trazendo sentimentos de gratidÃo e humanidade, virtudes outrora negadas no processo formativo do profissional mÉdico, a partir do momento em que esse profissional foi colocado como um interventor em pacientes descontextualizados do seu ambiente de convÍvio e interaÇÃo psicossocial.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.