Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 236
PREVALÊNCIA DE QUEDAS EM IDOSOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE

Palavra-chaves: ENVELHECIMENTO, SAÚDE DO IDOSO, ACIDENTE POR QUEDAS Comunicação Oral (CO) AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

OBJETIVO: AVALIAR A PREVALÊNCIA DE QUEDAS NOS IDOSOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE. MÉTODOS: TRATA-SE DE UM ESTUDO EXPLORATÓRIO, DESCRITIVO E TRANSVERSAL, DE CARÁTER QUANTITATIVO. O UNIVERSO DESSE ESTUDO TOTALIZOU 261 IDOSOS CADASTRADOS EM UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA INTEGRADA NO MUNICÍPIO JOÃO PESSOA, PARAÍBA, BRASIL. O TAMANHO DA AMOSTRA FOI DEFINIDO UTILIZANDO O CÁLCULO PARA POPULAÇÕES FINITAS, O QUE CORRESPONDEU A 157 PARTICIPANTES. OS DADOS FORAM COLETADOS MEDIANTE ENTREVISTAS INDIVIDUAIS COM AUXÍLIO DE UM INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO SOCIODEMOGRÁFICA E SOBRE A PREVALÊNCIA DE QUEDAS. RESULTADOS: COM RELAÇÃO A PRESENÇA DE EPISÓDIOS DE QUEDAS E CARACTERÍSTICAS ASSOCIADAS A MAIORIA DOS IDOSOS JÁ CAÍRAM (58,0%), E DENTRE ESTES A MAIORIA SOFREU DE 1 A 2 QUEDAS (25,5%), EM QUE 47,8% NÃO APRESENTARAM QUAISQUER ALTERAÇÕES APÓS O EVENTO. CONCLUSÃO: A PARTIR DA INTERPRETAÇÃO DOS ACHADOS DESTE ESTUDO PÔDE-SE COMPREENDER AS CONDIÇÕES QUE AGRAVAM ESTA POPULAÇÃO, A EXEMPLO DA FALTA DE ATIVIDADE FÍSICA, PRESENÇA DE DOENÇAS CRÔNICAS E RESIDÊNCIAS COM FATORES DE RISCOS PARA QUEDAS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.