Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: CAUSAS E RISCOS

Palavra-chaves: IDOSO, QUEDAS, INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA, ENVELHECIMENTO Pôster (PO) AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa
"2019-06-26 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 54131
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 1285
    "inscrito_id" => 1907
    "titulo" => "QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: CAUSAS E RISCOS"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA DIANTE DO ENVELHECIMENTO POPULACIONAL VEM SENDO CONSIDERADO UM FENÔMENO OBSERVADO NO BRASIL. ESTE AUMENTO DA POPULAÇÃO ESTIMA-SE CERCA DE 32 MILHÕES DE PESSOAS IDOSAS PARA 2025. COM O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO, OCORREM À DIMINUIÇÃO DA EFICIÊNCIA DOS SISTEMAS DO CORPO HUMANO: VESTIBULAR, VISUAL, SENSORIAL E MUSCULOESQUELÉTICO, PODENDO SER RESPONSÁVEL PELO AUMENTO DA OSCILAÇÃO CORPORAL E DESEQUILÍBRIOS NOS IDOSOS, CONTRIBUINDO PARA A OCORRÊNCIA DE QUEDA. OBJETIVO: IDENTIFICAR NAS PUBLICAÇÕES CIENTIFICAS AS CAUSAS E RISCOS DE QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. METODOLOGIA: ESTUDO DE REVISÃO INTEGRATIVA, COM ABORDAGEM QUANTITATIVA. A DADOS FORAM OBTIDOS ATRAVÉS DA POR ARTIGOS INDEXADOS NAS BASES DE DADOS DA SCIENTIFIC ELETRONIC LIBRARY ONLINE (SCIELO), LITERATURA LATINO-AMERICANA E DO CARIBE EM CIÊNCIAS DE SAÚDE (LILACS) E NA BASE DE DADOS DE ENFERMAGEM (BDENF), PROCURANDO MANTER O MESMO PADRÃO DE BUSCA ENTRE AS MESMAS. RESULTADOS E DISCUSSÃO: 13 ESTUDOS QUE CONTEMPLAM A ABORDAGEM DA LITERATURA CIENTÍFICA SOBRE AS CAUSAS DAS QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. EVIDENCIADO UM MAIOR DOMÍNIO NA QUANTIDADE DE PUBLICAÇÕES NO ANO DE 2014 COM SEIS ESTUDOS (46%). FOI POSSÍVEL EVIDENCIAR COMO PRINCIPAIS CAUSAS E RISCOS DE QUEDA NOS IDOSOS OS DISTÚRBIOS DE EQUILÍBRIO E MARCHA, ACUIDADE VISUAL DIMINUÍDA, EPISÓDIOS DE SINCOPES, TONTURAS ASSOCIADAS AOS FATORES EXTERNOS NO AMBIENTE DE CONVÍVIO E AINDA ATRIBUEM AS QUEDAS AS PATOLOGIAS COEXISTENTES NA POPULAÇÃO IDOSA COMO HIPERTENSÃO, SÍNDROMES DEMENCIAIS, DIABETES MELLITUS E A DOENÇA DE ALZHEIMER. CONCLUSÕES: O ESTUDO DE GRANDE RELEVÂNCIA, PARA ENTENDER AS PREVALÊNCIAS E CONSEQUÊNCIAS QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS DISSEMINADAS NAS PRODUÇÕES CIENTIFÍCAS PUBLICADAS EM BASES DE DADOS."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "IDOSO, QUEDAS, INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA, ENVELHECIMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD4_SA3_ID1907_10062019204737.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:30"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FABIENY DA SILVA SOARES"
    "autor_nome_curto" => "FABIENY SOARES"
    "autor_email" => "fabienys@gmail.com"
    "autor_ies" => "FESVIP"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 54131
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 1285
    "inscrito_id" => 1907
    "titulo" => "QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: CAUSAS E RISCOS"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA DIANTE DO ENVELHECIMENTO POPULACIONAL VEM SENDO CONSIDERADO UM FENÔMENO OBSERVADO NO BRASIL. ESTE AUMENTO DA POPULAÇÃO ESTIMA-SE CERCA DE 32 MILHÕES DE PESSOAS IDOSAS PARA 2025. COM O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO, OCORREM À DIMINUIÇÃO DA EFICIÊNCIA DOS SISTEMAS DO CORPO HUMANO: VESTIBULAR, VISUAL, SENSORIAL E MUSCULOESQUELÉTICO, PODENDO SER RESPONSÁVEL PELO AUMENTO DA OSCILAÇÃO CORPORAL E DESEQUILÍBRIOS NOS IDOSOS, CONTRIBUINDO PARA A OCORRÊNCIA DE QUEDA. OBJETIVO: IDENTIFICAR NAS PUBLICAÇÕES CIENTIFICAS AS CAUSAS E RISCOS DE QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. METODOLOGIA: ESTUDO DE REVISÃO INTEGRATIVA, COM ABORDAGEM QUANTITATIVA. A DADOS FORAM OBTIDOS ATRAVÉS DA POR ARTIGOS INDEXADOS NAS BASES DE DADOS DA SCIENTIFIC ELETRONIC LIBRARY ONLINE (SCIELO), LITERATURA LATINO-AMERICANA E DO CARIBE EM CIÊNCIAS DE SAÚDE (LILACS) E NA BASE DE DADOS DE ENFERMAGEM (BDENF), PROCURANDO MANTER O MESMO PADRÃO DE BUSCA ENTRE AS MESMAS. RESULTADOS E DISCUSSÃO: 13 ESTUDOS QUE CONTEMPLAM A ABORDAGEM DA LITERATURA CIENTÍFICA SOBRE AS CAUSAS DAS QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. EVIDENCIADO UM MAIOR DOMÍNIO NA QUANTIDADE DE PUBLICAÇÕES NO ANO DE 2014 COM SEIS ESTUDOS (46%). FOI POSSÍVEL EVIDENCIAR COMO PRINCIPAIS CAUSAS E RISCOS DE QUEDA NOS IDOSOS OS DISTÚRBIOS DE EQUILÍBRIO E MARCHA, ACUIDADE VISUAL DIMINUÍDA, EPISÓDIOS DE SINCOPES, TONTURAS ASSOCIADAS AOS FATORES EXTERNOS NO AMBIENTE DE CONVÍVIO E AINDA ATRIBUEM AS QUEDAS AS PATOLOGIAS COEXISTENTES NA POPULAÇÃO IDOSA COMO HIPERTENSÃO, SÍNDROMES DEMENCIAIS, DIABETES MELLITUS E A DOENÇA DE ALZHEIMER. CONCLUSÕES: O ESTUDO DE GRANDE RELEVÂNCIA, PARA ENTENDER AS PREVALÊNCIAS E CONSEQUÊNCIAS QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS DISSEMINADAS NAS PRODUÇÕES CIENTIFÍCAS PUBLICADAS EM BASES DE DADOS."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "IDOSO, QUEDAS, INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA, ENVELHECIMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD4_SA3_ID1907_10062019204737.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:30"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FABIENY DA SILVA SOARES"
    "autor_nome_curto" => "FABIENY SOARES"
    "autor_email" => "fabienys@gmail.com"
    "autor_ies" => "FESVIP"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

INTRODUÇÃO: A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA DIANTE DO ENVELHECIMENTO POPULACIONAL VEM SENDO CONSIDERADO UM FENÔMENO OBSERVADO NO BRASIL. ESTE AUMENTO DA POPULAÇÃO ESTIMA-SE CERCA DE 32 MILHÕES DE PESSOAS IDOSAS PARA 2025. COM O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO, OCORREM À DIMINUIÇÃO DA EFICIÊNCIA DOS SISTEMAS DO CORPO HUMANO: VESTIBULAR, VISUAL, SENSORIAL E MUSCULOESQUELÉTICO, PODENDO SER RESPONSÁVEL PELO AUMENTO DA OSCILAÇÃO CORPORAL E DESEQUILÍBRIOS NOS IDOSOS, CONTRIBUINDO PARA A OCORRÊNCIA DE QUEDA. OBJETIVO: IDENTIFICAR NAS PUBLICAÇÕES CIENTIFICAS AS CAUSAS E RISCOS DE QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. METODOLOGIA: ESTUDO DE REVISÃO INTEGRATIVA, COM ABORDAGEM QUANTITATIVA. A DADOS FORAM OBTIDOS ATRAVÉS DA POR ARTIGOS INDEXADOS NAS BASES DE DADOS DA SCIENTIFIC ELETRONIC LIBRARY ONLINE (SCIELO), LITERATURA LATINO-AMERICANA E DO CARIBE EM CIÊNCIAS DE SAÚDE (LILACS) E NA BASE DE DADOS DE ENFERMAGEM (BDENF), PROCURANDO MANTER O MESMO PADRÃO DE BUSCA ENTRE AS MESMAS. RESULTADOS E DISCUSSÃO: 13 ESTUDOS QUE CONTEMPLAM A ABORDAGEM DA LITERATURA CIENTÍFICA SOBRE AS CAUSAS DAS QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. EVIDENCIADO UM MAIOR DOMÍNIO NA QUANTIDADE DE PUBLICAÇÕES NO ANO DE 2014 COM SEIS ESTUDOS (46%). FOI POSSÍVEL EVIDENCIAR COMO PRINCIPAIS CAUSAS E RISCOS DE QUEDA NOS IDOSOS OS DISTÚRBIOS DE EQUILÍBRIO E MARCHA, ACUIDADE VISUAL DIMINUÍDA, EPISÓDIOS DE SINCOPES, TONTURAS ASSOCIADAS AOS FATORES EXTERNOS NO AMBIENTE DE CONVÍVIO E AINDA ATRIBUEM AS QUEDAS AS PATOLOGIAS COEXISTENTES NA POPULAÇÃO IDOSA COMO HIPERTENSÃO, SÍNDROMES DEMENCIAIS, DIABETES MELLITUS E A DOENÇA DE ALZHEIMER. CONCLUSÕES: O ESTUDO DE GRANDE RELEVÂNCIA, PARA ENTENDER AS PREVALÊNCIAS E CONSEQUÊNCIAS QUEDAS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS DISSEMINADAS NAS PRODUÇÕES CIENTIFÍCAS PUBLICADAS EM BASES DE DADOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.