Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

INCIDÊNCIA DE DOENÇAS CRÔNICAS EM IDOSOS DE UMA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE

Palavra-chaves: HIPERTENSÃO ARTERIAL, DISLIPIDEMIA, DIABETES MELLITUS, ENVELHECIMENTO, ENVELHECIMENTO Comunicação Oral (CO) AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa
"2019-06-26 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 53708
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 990
    "inscrito_id" => 323
    "titulo" => "INCIDÊNCIA DE DOENÇAS CRÔNICAS EM IDOSOS DE UMA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE"
    "resumo" => "NAS ÚLTIMAS TRÊS DÉCADAS, VEM ACONTECENDO UM DECLÍNIO DAS TAXAS DE FECUNDIDADE E UM AUMENTO NA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO, CONTRIBUINDO PARA UM MAIOR NÚMERO DE IDOSOS, EM QUE CERCA DE 79,1% DESSES SOFREM DE PELO MENOS UMA DOENÇA CRÔNICA. AS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS (DCNT) SÃO DEFINIDAS COMO MORBIDADES DE LONGO CURSO CLÍNICO, IRREVERSÍVEIS E ESTÃO ASSOCIADAS À FRAGILIDADE ORGÂNICA NATURAL DOS INDIVÍDUOS. PORTANTO, ESTE TRABALHO BUSCA RASTREAR A EXISTÊNCIA DE TRÊS DOENÇAS CRÔNICAS QUE MAIS COMETEM A TERCEIRA IDADE, ASSIM COMO A PRÁTICA DE POLIFARMÁCIA NA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE (UAMA) DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA. TRATA-SE DE UM ESTUDO TRANSVERSAL COM ABORDAGEM QUANTITATIVA, DESENVOLVIDO NAS SALAS DE AULA E CONSULTÓRIO FARMACÊUTICO DA UAMA. A AMOSTRA FOI COMPOSTA DE 76 IDOSOS MATRICULADOS, QUE APRESENTARAM UMA OU MAIS DCNT.  67,3% DESSES APRESENTAM AO MENOS UMA DAS DCNT AVALIADAS, HAVENDO A PREDOMINÂNCIA DE MULHERES (77,63%), SENDO A FAIXA ETÁRIA ENTRE 60 E 70 ANOS A MAIS PREVALENTE (59,32%). VERIFICOU-SE QUE A HIPERTENSÃO ARTERIAL FOI A COMORBIDADE QUE MAIS ACOMETEU OS IDOSOS 85,53%, E QUE 9,21% PORTAM ÀS TRÊS DCNT. CONSIDERANDO AMBOS OS SEXOS, 55,26% APRESENTARAM POLIFARMÁCIA. OS DADOS OBTIDOS SERVIRAM PARA CHAMAR ATENÇÃO DOS ALUNOS QUE REALIZAM O ACOMPANHAMENTO DOS IDOSOS, PARA QUE ESTE SEJA MAIS RIGOROSO COM A VERIFICAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL, DA GLICEMIA E ORIENTAÇÕES SOBRE O USO DE MEDICAMENTOS, UM ESTILO DE VIDA MAIS SAUDÁVEL, COM ALIMENTAÇÃO BALANCEADA E EXERCÍCIOS REGULARES."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "HIPERTENSÃO ARTERIAL, DISLIPIDEMIA, DIABETES MELLITUS, ENVELHECIMENTO, ENVELHECIMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA3_ID323_08062019153743.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:29"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CRISTINA KELLY TOSCANO GAIÃO"
    "autor_nome_curto" => "CRISTINA KELLY"
    "autor_email" => "criistiinakelly@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 53708
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 990
    "inscrito_id" => 323
    "titulo" => "INCIDÊNCIA DE DOENÇAS CRÔNICAS EM IDOSOS DE UMA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE"
    "resumo" => "NAS ÚLTIMAS TRÊS DÉCADAS, VEM ACONTECENDO UM DECLÍNIO DAS TAXAS DE FECUNDIDADE E UM AUMENTO NA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO, CONTRIBUINDO PARA UM MAIOR NÚMERO DE IDOSOS, EM QUE CERCA DE 79,1% DESSES SOFREM DE PELO MENOS UMA DOENÇA CRÔNICA. AS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS (DCNT) SÃO DEFINIDAS COMO MORBIDADES DE LONGO CURSO CLÍNICO, IRREVERSÍVEIS E ESTÃO ASSOCIADAS À FRAGILIDADE ORGÂNICA NATURAL DOS INDIVÍDUOS. PORTANTO, ESTE TRABALHO BUSCA RASTREAR A EXISTÊNCIA DE TRÊS DOENÇAS CRÔNICAS QUE MAIS COMETEM A TERCEIRA IDADE, ASSIM COMO A PRÁTICA DE POLIFARMÁCIA NA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE (UAMA) DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA. TRATA-SE DE UM ESTUDO TRANSVERSAL COM ABORDAGEM QUANTITATIVA, DESENVOLVIDO NAS SALAS DE AULA E CONSULTÓRIO FARMACÊUTICO DA UAMA. A AMOSTRA FOI COMPOSTA DE 76 IDOSOS MATRICULADOS, QUE APRESENTARAM UMA OU MAIS DCNT.  67,3% DESSES APRESENTAM AO MENOS UMA DAS DCNT AVALIADAS, HAVENDO A PREDOMINÂNCIA DE MULHERES (77,63%), SENDO A FAIXA ETÁRIA ENTRE 60 E 70 ANOS A MAIS PREVALENTE (59,32%). VERIFICOU-SE QUE A HIPERTENSÃO ARTERIAL FOI A COMORBIDADE QUE MAIS ACOMETEU OS IDOSOS 85,53%, E QUE 9,21% PORTAM ÀS TRÊS DCNT. CONSIDERANDO AMBOS OS SEXOS, 55,26% APRESENTARAM POLIFARMÁCIA. OS DADOS OBTIDOS SERVIRAM PARA CHAMAR ATENÇÃO DOS ALUNOS QUE REALIZAM O ACOMPANHAMENTO DOS IDOSOS, PARA QUE ESTE SEJA MAIS RIGOROSO COM A VERIFICAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL, DA GLICEMIA E ORIENTAÇÕES SOBRE O USO DE MEDICAMENTOS, UM ESTILO DE VIDA MAIS SAUDÁVEL, COM ALIMENTAÇÃO BALANCEADA E EXERCÍCIOS REGULARES."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "HIPERTENSÃO ARTERIAL, DISLIPIDEMIA, DIABETES MELLITUS, ENVELHECIMENTO, ENVELHECIMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA3_ID323_08062019153743.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:29"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CRISTINA KELLY TOSCANO GAIÃO"
    "autor_nome_curto" => "CRISTINA KELLY"
    "autor_email" => "criistiinakelly@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

NAS ÚLTIMAS TRÊS DÉCADAS, VEM ACONTECENDO UM DECLÍNIO DAS TAXAS DE FECUNDIDADE E UM AUMENTO NA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO, CONTRIBUINDO PARA UM MAIOR NÚMERO DE IDOSOS, EM QUE CERCA DE 79,1% DESSES SOFREM DE PELO MENOS UMA DOENÇA CRÔNICA. AS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS (DCNT) SÃO DEFINIDAS COMO MORBIDADES DE LONGO CURSO CLÍNICO, IRREVERSÍVEIS E ESTÃO ASSOCIADAS À FRAGILIDADE ORGÂNICA NATURAL DOS INDIVÍDUOS. PORTANTO, ESTE TRABALHO BUSCA RASTREAR A EXISTÊNCIA DE TRÊS DOENÇAS CRÔNICAS QUE MAIS COMETEM A TERCEIRA IDADE, ASSIM COMO A PRÁTICA DE POLIFARMÁCIA NA UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE (UAMA) DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA. TRATA-SE DE UM ESTUDO TRANSVERSAL COM ABORDAGEM QUANTITATIVA, DESENVOLVIDO NAS SALAS DE AULA E CONSULTÓRIO FARMACÊUTICO DA UAMA. A AMOSTRA FOI COMPOSTA DE 76 IDOSOS MATRICULADOS, QUE APRESENTARAM UMA OU MAIS DCNT. 67,3% DESSES APRESENTAM AO MENOS UMA DAS DCNT AVALIADAS, HAVENDO A PREDOMINÂNCIA DE MULHERES (77,63%), SENDO A FAIXA ETÁRIA ENTRE 60 E 70 ANOS A MAIS PREVALENTE (59,32%). VERIFICOU-SE QUE A HIPERTENSÃO ARTERIAL FOI A COMORBIDADE QUE MAIS ACOMETEU OS IDOSOS 85,53%, E QUE 9,21% PORTAM ÀS TRÊS DCNT. CONSIDERANDO AMBOS OS SEXOS, 55,26% APRESENTARAM POLIFARMÁCIA. OS DADOS OBTIDOS SERVIRAM PARA CHAMAR ATENÇÃO DOS ALUNOS QUE REALIZAM O ACOMPANHAMENTO DOS IDOSOS, PARA QUE ESTE SEJA MAIS RIGOROSO COM A VERIFICAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL, DA GLICEMIA E ORIENTAÇÕES SOBRE O USO DE MEDICAMENTOS, UM ESTILO DE VIDA MAIS SAUDÁVEL, COM ALIMENTAÇÃO BALANCEADA E EXERCÍCIOS REGULARES.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.