Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

ENFERMAGEM, IMUNIZAÇÃO, VACINAÇÃO.

Palavra-chaves: ENFERMAGEM, IMUNIZAÇÃO, VACINAÇÃO Tema Livre (TL) Enfermagem
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5259
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 493
    "inscrito_id" => 1998
    "titulo" => "ENFERMAGEM, IMUNIZAÇÃO, VACINAÇÃO."
    "resumo" => "É importante que os acadêmicos da área de saúde sejam imunizados contra as doenças imunopreveníveis, antes ou ao iniciarem o curso, a fim de que já estejam imunizados ao iniciarem suas atividades práticas, uma vez que estas trazem um risco aumentado de adquirir ou transmitir doenças infectocontagiosas evitáveis pela imunização. A Associação Brasileira de Imunizações – SBIm (2010) possui um calendário vacinal próprio para os profissionais de saúde.  Esse estudo foi realizado com o objetivo de descrever a situação vacinal dos discentes de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri, em Crato (CE), quanto às vacinas recomendadas para os profissionais de saúde. Trata-se de um estudo do tipo quantitativo, de natureza descritiva, cuja população foi composta pelos acadêmicos de enfermagem da URCA do 4º ao 9° semestre, os quais já iniciaram estágio curricular. Os dados foram coletados em sala de aula e nos campos de estágio, onde utilizou-se para tanto o questionário. Os resultados mostraram as vacinas mais tomadas pelos acadêmicos foram: a H1N1 (influenza A), a hepatite B, a dT ( tétanos difteria) e a tríplice viral (rubéola, sarampo e caxumba). Foi visto que os acadêmicos que mais têm seus calendários vacinais completos são os alunos dos 6º, 7º, 8º e 9º semestre, mostrando que os acadêmicos vão tendo uma maior noção a respeito da vacinas recomendadas para profissionais de saúde com o decorrer do curso.  Mas ainda existem muitos alunos que estão iniciando suas atividades práticas e até mesmo saindo da universidade sem calendário vacinal completo. Com base nos resultados percebe-se a necessidade de buscar uma mudança em nível de comportamento através de educação e informação sobre as vacinas recomendadas para profissionais de saúde, sendo interessante a instauração de ações profiláticas e educativas no inicio do curso pela coordenação e pelos professores a fim de mudar a situação atual quanto aos baixos índices vacinais."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "ENFERMAGEM, IMUNIZAÇÃO, VACINAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_2datahora_12_03_2014_23_56_04_idinscrito_1998_3fa99b93f89dda7b31c59c182aa09c62.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "IARA BEZERRA SALES"
    "autor_nome_curto" => "IARA SALES"
    "autor_email" => "iarabsales@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE DE MEDICINA DO ABC PAULISTA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5259
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 493
    "inscrito_id" => 1998
    "titulo" => "ENFERMAGEM, IMUNIZAÇÃO, VACINAÇÃO."
    "resumo" => "É importante que os acadêmicos da área de saúde sejam imunizados contra as doenças imunopreveníveis, antes ou ao iniciarem o curso, a fim de que já estejam imunizados ao iniciarem suas atividades práticas, uma vez que estas trazem um risco aumentado de adquirir ou transmitir doenças infectocontagiosas evitáveis pela imunização. A Associação Brasileira de Imunizações – SBIm (2010) possui um calendário vacinal próprio para os profissionais de saúde.  Esse estudo foi realizado com o objetivo de descrever a situação vacinal dos discentes de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri, em Crato (CE), quanto às vacinas recomendadas para os profissionais de saúde. Trata-se de um estudo do tipo quantitativo, de natureza descritiva, cuja população foi composta pelos acadêmicos de enfermagem da URCA do 4º ao 9° semestre, os quais já iniciaram estágio curricular. Os dados foram coletados em sala de aula e nos campos de estágio, onde utilizou-se para tanto o questionário. Os resultados mostraram as vacinas mais tomadas pelos acadêmicos foram: a H1N1 (influenza A), a hepatite B, a dT ( tétanos difteria) e a tríplice viral (rubéola, sarampo e caxumba). Foi visto que os acadêmicos que mais têm seus calendários vacinais completos são os alunos dos 6º, 7º, 8º e 9º semestre, mostrando que os acadêmicos vão tendo uma maior noção a respeito da vacinas recomendadas para profissionais de saúde com o decorrer do curso.  Mas ainda existem muitos alunos que estão iniciando suas atividades práticas e até mesmo saindo da universidade sem calendário vacinal completo. Com base nos resultados percebe-se a necessidade de buscar uma mudança em nível de comportamento através de educação e informação sobre as vacinas recomendadas para profissionais de saúde, sendo interessante a instauração de ações profiláticas e educativas no inicio do curso pela coordenação e pelos professores a fim de mudar a situação atual quanto aos baixos índices vacinais."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "ENFERMAGEM, IMUNIZAÇÃO, VACINAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_2datahora_12_03_2014_23_56_04_idinscrito_1998_3fa99b93f89dda7b31c59c182aa09c62.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "IARA BEZERRA SALES"
    "autor_nome_curto" => "IARA SALES"
    "autor_email" => "iarabsales@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE DE MEDICINA DO ABC PAULISTA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

É importante que os acadêmicos da área de saúde sejam imunizados contra as doenças imunopreveníveis, antes ou ao iniciarem o curso, a fim de que já estejam imunizados ao iniciarem suas atividades práticas, uma vez que estas trazem um risco aumentado de adquirir ou transmitir doenças infectocontagiosas evitáveis pela imunização. A Associação Brasileira de Imunizações – SBIm (2010) possui um calendário vacinal próprio para os profissionais de saúde. Esse estudo foi realizado com o objetivo de descrever a situação vacinal dos discentes de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri, em Crato (CE), quanto às vacinas recomendadas para os profissionais de saúde. Trata-se de um estudo do tipo quantitativo, de natureza descritiva, cuja população foi composta pelos acadêmicos de enfermagem da URCA do 4º ao 9° semestre, os quais já iniciaram estágio curricular. Os dados foram coletados em sala de aula e nos campos de estágio, onde utilizou-se para tanto o questionário. Os resultados mostraram as vacinas mais tomadas pelos acadêmicos foram: a H1N1 (influenza A), a hepatite B, a dT ( tétanos difteria) e a tríplice viral (rubéola, sarampo e caxumba). Foi visto que os acadêmicos que mais têm seus calendários vacinais completos são os alunos dos 6º, 7º, 8º e 9º semestre, mostrando que os acadêmicos vão tendo uma maior noção a respeito da vacinas recomendadas para profissionais de saúde com o decorrer do curso. Mas ainda existem muitos alunos que estão iniciando suas atividades práticas e até mesmo saindo da universidade sem calendário vacinal completo. Com base nos resultados percebe-se a necessidade de buscar uma mudança em nível de comportamento através de educação e informação sobre as vacinas recomendadas para profissionais de saúde, sendo interessante a instauração de ações profiláticas e educativas no inicio do curso pela coordenação e pelos professores a fim de mudar a situação atual quanto aos baixos índices vacinais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.