Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

TECNOLOGIAS NOS SERVIÇOS DE SAÚDE E O IMPACTO NA PRÁTICA ASSISTENCIAL

Palavra-chaves: CUIDADO, SERVIÇOS DE SAÚDE, TECNOLOGIA Pôster (PO) Saúde Coletiva Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Introdução: A inovação tecnológica quando usada de maneira adequada contribui diretamente para a qualidade, eficácia e efetividade do cuidado nos serviços de saúde. Nessa perspectiva, torna-se necessário destacar que esta deve ser vista na prática diária não apenas como uma máquina ou produto, mas como adventos tecnológicos que estão inter-relacionadas a prática do cuidado para satisfazer/atender as necessidades dos usuários. As tecnologias envolvidas no trabalho em saúde se classificam em: leves – envolve o processo de produção da comunicação, do acolhimento, do vínculo que controla o encontro dos usuários com as necessidades de ações na saúde; leve-duras - saberes estruturados representados pelas disciplinas que efetivam o trabalho em saúde e, duras – representada pelos materiais concretos, como as máquinas. Objetivo: Analisar o impacto das tecnologias na prática assistencial nos serviços de saúde. Metodologia: Trata-se de um estudo bibliográfico, em base de dados virtuais em saúde, relacionados com a temática, disponibilizados nos bancos de dados Scielo, Lilacs e Medline, no período compreendido entre 2009 a 2013, utilizando os seguintes descritores: cuidado, serviços de saúde e tecnologia. Resultados: A busca foi constituída por 253 publicações, sendo utilizado 06 artigos científicos para discorrer sobre a temática. Diante dos resultados, percebe-se que a tecnologia gera impacto significativo no processo de trabalho nos serviços de saúde. O cuidado à saúde consiste num processo que engloba inúmeras ações, envolvendo um grau de complexidade para sua implementação, fazendo-se necessário a utilização de tecnologias apropriadas. Insubmisso ao tipo de tecnologia em uso, os profissionais dos serviços de saúde devem desempenhar um papel humanizado, visando ao bem-estar das pessoas e buscando preservar seu conforto e vida. Para tanto, requerer dos profissionais reflexão contínua acerca das suas posturas enquanto cuidadores de seres humanos, tendo a tecnologia como meio de fortalecer e qualificar o cuidado, além de permitir a tomada de decisão mediante o raciocínio clinico, levando em consideração a individualização do indivíduo. Assim, é importante que os profissionais se adaptem a esse contexto de avanços, buscando qualificação e aperfeiçoamento da prática, sem esquecer que é o cuidado quem utiliza a tecnologia em direção a um cuidado à saúde mais eficaz e seguro. Conclusão: Denota-se a tecnologia como modo sistemático para aplicar os conhecimentos científicos para melhor atender o ser humano, sendo fator positivo para se estabelecer a humanização no cuidado nos serviços de atenção à saúde.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.