Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

PRINCIPAIS CAUSAS DE HIPOGLICEMIA NOS PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 1

Palavra-chaves: DIABETES, DIABETES MELLITUS TIPO 1, HIPOGLICEMIA Pôster (PO) Enfermagem
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5086
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 664
    "inscrito_id" => 607
    "titulo" => "PRINCIPAIS CAUSAS DE HIPOGLICEMIA NOS PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 1"
    "resumo" => "Introdução: O Diabetes MelIitus tipo 1 é uma alteração metabólica grave provocada pela destruição autoimune das células β (beta) produtoras de insulina o que, consequentemente, leva ao aumento dos níveis séricos de glicose. Os pacientes diabéticos necessitam da insulino-terapia para controle e diminuição de glicose sanguínea. A hipoglicemia é uma das complicações agudas mais graves do DM1 e é caracterizada pela Sociedade Brasileira de Diabetes como nível baixo de glicose no sangue, inferiores a 60mg/dL, quando os pacientes podem, ou não, sentirem os sintomas clássicos. Hipoglicemias severas (níveis inferiores a 40 mg/dL)  podem levar a danos neurológicos, coma e, possivelmente, resultar em morte. Objetivo: Analisar as principais causas de hipoglicemia, ressaltando os possíveis riscos e danos aos portadores de Diabetes MelIitus tipo 1. Metodologia: O presente trabalho foi desenvolvido entre fevereiro e março de 2014, através de pesquisa integrativa, realizada a partir de diferentes fontes de pesquisas: livros e artigos compilados a partir das bases de dados SciELO e BIREME, com descritores do DeCs: “Diabetes Mellitus tipo 1” e “hipoglicemia”, publicados entre os anos de 2009 e 2014, em língua portuguesa. Resultados: As pesquisas têm demonstrado que as hipoglicemias podem ter diferentes causas nos pacientes diabéticos, sendo, a principal, a insulino-terapia utilizada de forma incorreta. Deve-se adotar um controle rigoroso no tratamento de diabéticos que fazem uso de insulina, pois as complicações decorrentes da hipoglicemia iatrogênica pode dificultar o tratamento e, na maioria das vezes, piorar o estado clínico do paciente. A hipoglicemia decorrente do exercício físico no diabético é menos grave, pois raramente leva o paciente à convulsão ou coma, mas não deixa de ser importante, pois o paciente em crise hipoglicêmica pode apresentar estados de perda de consciência passageiros e, consequentemente, causar ou sofrer acidentes. O paciente deve ser rigorosamente observado nas horas que sucedem a atividade física. Pacientes idosos e portadores do Diabetes Mellitus tipo 1,  há mais de 5 anos, possuem resposta autonômica deficiente e redução das reações envolvidas no reconhecimento do valor do alimento e das percepções prazerosas, levando a uma má nutrição que, em associação com o déficit da secreção dos hormônios contrarreguladores, predispõem o paciente a uma hipoglicemia com potencial de provocar lesões em órgãos vitais, podendo, inclusive, levar ao óbito. Conclusão: Foi observado que a hipoglicemia oferece muito mais riscos aos pacientes portadores do DM1 em comparação a indivíduos normais. E, dependendo da idade, frequência e gravidade, os efeitos da hipoglicemia podem ser danosos, acumulativos e até permanentes. Dessa forma, sugere-se que sejam realizados novos estudos voltados à identificação de pacientes com risco de hipoglicemia severa e avaliação detalhada do impacto da hipoglicemia nestes."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "DIABETES, DIABETES MELLITUS TIPO 1, HIPOGLICEMIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_24_03_2014_13_10_08_idinscrito_607_26163833b52c5a40b208f41edd76711b.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA CARLA DE FRANÇA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "ANA CARLA"
    "autor_email" => "carla_franca15@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5086
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 664
    "inscrito_id" => 607
    "titulo" => "PRINCIPAIS CAUSAS DE HIPOGLICEMIA NOS PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 1"
    "resumo" => "Introdução: O Diabetes MelIitus tipo 1 é uma alteração metabólica grave provocada pela destruição autoimune das células β (beta) produtoras de insulina o que, consequentemente, leva ao aumento dos níveis séricos de glicose. Os pacientes diabéticos necessitam da insulino-terapia para controle e diminuição de glicose sanguínea. A hipoglicemia é uma das complicações agudas mais graves do DM1 e é caracterizada pela Sociedade Brasileira de Diabetes como nível baixo de glicose no sangue, inferiores a 60mg/dL, quando os pacientes podem, ou não, sentirem os sintomas clássicos. Hipoglicemias severas (níveis inferiores a 40 mg/dL)  podem levar a danos neurológicos, coma e, possivelmente, resultar em morte. Objetivo: Analisar as principais causas de hipoglicemia, ressaltando os possíveis riscos e danos aos portadores de Diabetes MelIitus tipo 1. Metodologia: O presente trabalho foi desenvolvido entre fevereiro e março de 2014, através de pesquisa integrativa, realizada a partir de diferentes fontes de pesquisas: livros e artigos compilados a partir das bases de dados SciELO e BIREME, com descritores do DeCs: “Diabetes Mellitus tipo 1” e “hipoglicemia”, publicados entre os anos de 2009 e 2014, em língua portuguesa. Resultados: As pesquisas têm demonstrado que as hipoglicemias podem ter diferentes causas nos pacientes diabéticos, sendo, a principal, a insulino-terapia utilizada de forma incorreta. Deve-se adotar um controle rigoroso no tratamento de diabéticos que fazem uso de insulina, pois as complicações decorrentes da hipoglicemia iatrogênica pode dificultar o tratamento e, na maioria das vezes, piorar o estado clínico do paciente. A hipoglicemia decorrente do exercício físico no diabético é menos grave, pois raramente leva o paciente à convulsão ou coma, mas não deixa de ser importante, pois o paciente em crise hipoglicêmica pode apresentar estados de perda de consciência passageiros e, consequentemente, causar ou sofrer acidentes. O paciente deve ser rigorosamente observado nas horas que sucedem a atividade física. Pacientes idosos e portadores do Diabetes Mellitus tipo 1,  há mais de 5 anos, possuem resposta autonômica deficiente e redução das reações envolvidas no reconhecimento do valor do alimento e das percepções prazerosas, levando a uma má nutrição que, em associação com o déficit da secreção dos hormônios contrarreguladores, predispõem o paciente a uma hipoglicemia com potencial de provocar lesões em órgãos vitais, podendo, inclusive, levar ao óbito. Conclusão: Foi observado que a hipoglicemia oferece muito mais riscos aos pacientes portadores do DM1 em comparação a indivíduos normais. E, dependendo da idade, frequência e gravidade, os efeitos da hipoglicemia podem ser danosos, acumulativos e até permanentes. Dessa forma, sugere-se que sejam realizados novos estudos voltados à identificação de pacientes com risco de hipoglicemia severa e avaliação detalhada do impacto da hipoglicemia nestes."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "DIABETES, DIABETES MELLITUS TIPO 1, HIPOGLICEMIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_24_03_2014_13_10_08_idinscrito_607_26163833b52c5a40b208f41edd76711b.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA CARLA DE FRANÇA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "ANA CARLA"
    "autor_email" => "carla_franca15@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Introdução: O Diabetes MelIitus tipo 1 é uma alteração metabólica grave provocada pela destruição autoimune das células β (beta) produtoras de insulina o que, consequentemente, leva ao aumento dos níveis séricos de glicose. Os pacientes diabéticos necessitam da insulino-terapia para controle e diminuição de glicose sanguínea. A hipoglicemia é uma das complicações agudas mais graves do DM1 e é caracterizada pela Sociedade Brasileira de Diabetes como nível baixo de glicose no sangue, inferiores a 60mg/dL, quando os pacientes podem, ou não, sentirem os sintomas clássicos. Hipoglicemias severas (níveis inferiores a 40 mg/dL) podem levar a danos neurológicos, coma e, possivelmente, resultar em morte. Objetivo: Analisar as principais causas de hipoglicemia, ressaltando os possíveis riscos e danos aos portadores de Diabetes MelIitus tipo 1. Metodologia: O presente trabalho foi desenvolvido entre fevereiro e março de 2014, através de pesquisa integrativa, realizada a partir de diferentes fontes de pesquisas: livros e artigos compilados a partir das bases de dados SciELO e BIREME, com descritores do DeCs: “Diabetes Mellitus tipo 1” e “hipoglicemia”, publicados entre os anos de 2009 e 2014, em língua portuguesa. Resultados: As pesquisas têm demonstrado que as hipoglicemias podem ter diferentes causas nos pacientes diabéticos, sendo, a principal, a insulino-terapia utilizada de forma incorreta. Deve-se adotar um controle rigoroso no tratamento de diabéticos que fazem uso de insulina, pois as complicações decorrentes da hipoglicemia iatrogênica pode dificultar o tratamento e, na maioria das vezes, piorar o estado clínico do paciente. A hipoglicemia decorrente do exercício físico no diabético é menos grave, pois raramente leva o paciente à convulsão ou coma, mas não deixa de ser importante, pois o paciente em crise hipoglicêmica pode apresentar estados de perda de consciência passageiros e, consequentemente, causar ou sofrer acidentes. O paciente deve ser rigorosamente observado nas horas que sucedem a atividade física. Pacientes idosos e portadores do Diabetes Mellitus tipo 1, há mais de 5 anos, possuem resposta autonômica deficiente e redução das reações envolvidas no reconhecimento do valor do alimento e das percepções prazerosas, levando a uma má nutrição que, em associação com o déficit da secreção dos hormônios contrarreguladores, predispõem o paciente a uma hipoglicemia com potencial de provocar lesões em órgãos vitais, podendo, inclusive, levar ao óbito. Conclusão: Foi observado que a hipoglicemia oferece muito mais riscos aos pacientes portadores do DM1 em comparação a indivíduos normais. E, dependendo da idade, frequência e gravidade, os efeitos da hipoglicemia podem ser danosos, acumulativos e até permanentes. Dessa forma, sugere-se que sejam realizados novos estudos voltados à identificação de pacientes com risco de hipoglicemia severa e avaliação detalhada do impacto da hipoglicemia nestes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.