Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 251
A ORIGEM DO DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADE

Palavra-chaves: DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADE, CAPITALISMO, HEGEMONIA Pôster (PO) Serviço Social

Resumo

A ORIGEM DO DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADEÁrea Temática: Serviço SocialLIMA, Fernanda Laiara Alexandre de. - Faculdade Santa Maria.COSTA, Maria Lucenira - Faculdade Santa Maria.FARIAS, Ana Elizabete Moreira de. - Faculdade Santa Maria. Introdução: este trabalho sintetiza a origem do Desenvolvimento de Comunidade (DC), o qual surgiu após a II Guerra Mundial, período de tensões políticas, econômicas e ideológicas entre Estados Unidos e União Soviética, os quais visavam à hegemonia suprema, na chamada guerra fria, vence os EUA, mas o mundo encontrava-se desorganizado e para solução a Organização das Nações Unidas (ONU) institui o DC. Objetivos: constitui-se em esclarecer que a estratégia do capitalismo quanto ao emprego do DC, não passa de uma visão individualista, o qual só visa lucro, o seu bem-estar, mas nos orienta que para isso ele tem que fornecer algum subsídio, pois em sua lógica, nada é de graça. Metodologia: revisão de literatura com vistas a fazer um resgate sobre o DC e sua contribuição para o Serviço Social, baseando-se em autores como Bruna Stephem (2009), Safira Bezerra (2003), dentre outros. Resultados: o DC foi uma estratégia usada pelo EUA, para levar o capitalismo a áreas que o desconhecia, assim o mesmo atuava de duas formas: DC na zona rural tendo a finalidade de estimular novas culturas como a agricultura, a venda, a compra, ou seja, instalar a industrialização. Dessa forma o objetivo maior era integrá-los as exigências do capitalismo. Já o DC na zona urbana tinha como finalidade organizar as zonas periféricas, favelas, dentre outras, buscando a atuação dos trabalhos urbanísticos, logo, se adaptariam a vida na cidade, com trabalho, consumo e consequentemente o lucro, que caracteriza-se como objetivo primordial do capitalismo. Conclusão: portanto, o DC, tanto na zona rural quanto na zona urbana almejavam a manutenção do sistema capitalista, pois em nenhum momento preocupou-se no bem estar destes, mas a mensagem transmitida para a população era contrária, e no fim das contas até que vinha realmente a melhorar suas vidas, porém de forma limitada, pois não aprendiam nada além do que o capital os quisessem repassar, no entanto, a educação ofertada voltava-se a ler e escrever para facilitar a compra e venda, mas nunca ao ponto de questionar. Palavras-chave: Desenvolvimento de Comunidade.Capitalismo.Hegemonia

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.