Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 250
PREVALÊNCIA DA OBESIDADE EM ALUNOS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAJAZEIRAS – PB.

Palavra-chaves: PREVALÊNCIA;, OBESIDADE;, ESTUDANTES. Pôster (PO) Enfermagem Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

PREVALÊNCIA DA OBESIDADE EM ALUNOS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAJAZEIRAS – PB. Daianny PereiraÂngelo¹ Emerson Thomaz Nascimento Santos¹Maria de Fátima Maria Inalda de Lima M. Bezerra¹Ocilma Barros de Quental. Faculdade Santa Maria, FSM, Cajazeiras, PB, Brasil. Faculdade de Medicina do ABC, FMABC, Santo André, SP, Brasil. Email: ocilmaquental2011@hotmail.com¹ Acadêmicos em Enfermagem do 5º período da Faculdade Santa Maria – Cajazeiras/PB. ResumoIntrodução: a obesidade é um distúrbio alimentar complexo e está fortemente ligada a hábitos alimentares inadequados e ao sedentarismo que associados podem ocasionar o ganho de peso excessivo. Sua prevalência vem aumentando significativamente tornando-se uma epidemia mundial e por ser um fator de risco para várias doenças passou a ser um grande problema de Saúde Pública. As mudanças no estilo de vida e na alimentação diminuem sua incidência e consequentemente os riscos de morbidade. Objetivos: avaliar a prevalência da obesidade em alunos de uma escola estadual no município de Cajazeiras- PB pela verificação do Índice de Massa Corporal ( IMC) Método: pesquisa quantitativa, do tipo transversal, realizada com estudantes com idades entre 10 e 14 anos, em uma escola pública, no município de Cajazeiras-PB a coleta de dados foi realizado no mês de outubro de 2010 através de um roteiro pré-definido, e auxilio de balança antropométrica, para verificação de peso e altura e posterior cálculo do IMC com questões objetivas e avaliação antropométrica. A amostra foi composta por 40 alunos com idade entre 10 a 14 anos, que encontravam-se em sala de aula no momento anterior a coleta, no qual realizamos explicações sobre o estudo e distribuímos os Termos de Consentimento Livre e Esclarecido, e que nos dias da coleta fizeram a devolutiva dos termos devidamente assinados por pais e/ou responsáveis. Resultados: 40% eram do sexo feminino e 60% sexo masculino. de acordo com consumo de frutas ocorre por 80% e 20% não comem. O total de 100% consomem massas. A ingestão de gorduras é confirmada por 90% e apenas 10% não a consomem. A prática de exercícios é realizada por 75% e 25% não praticam. A medida circunferência abdominal nas meninas apresentou valores entre 59 e 70 cm em 87%, 80-82 cm em 13%, nos meninos mediu entre 59-70 cm em 58% e 71-84 cm em 42%. A presença de sobrepeso predominou em 50% dos meninos com IMC acima de 20 kg/m² e em 25% das meninas com valores acima de 21 kg/m². Conclusão: a presença de excesso de peso está associada a maioria dos participantes e em níveis maiores nos meninos, o que determina uma necessidade traçar meios de prevenção da obesidade para impedir o aumento desses índices.Palavras- Chave: Prevalência; Obesidade; Estudantes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.