Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL (SAF): CONHECIMENTO DE SECUNDARISTAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE – PB

Palavra-chaves: SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL, BEBIDAS ALCOÓLICAS, SECUNDARISTAS Pôster (PO) Enfermagem
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5157
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 554
    "inscrito_id" => 2032
    "titulo" => "SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL (SAF): CONHECIMENTO DE SECUNDARISTAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE – PB"
    "resumo" => "SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL (SAF): CONHECIMENTO DE SECUNDARISTAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE – PBDaiane Rodrigues Lopes(daianerlopes@hotmail.com)1 Jacquelane Silva Santos(jack_laane@hotmail.com)1 Matheus Vítor Pereira Lima(mavi-peli@hotmail.com)1Clésia Oliveira Pachú(clesiapachu@hotmail.com)2 Acadêmicos de Enfermagem1, Profa. Dra./Orientadora2 da Universidade Estadual da ParaíbaIntrodução: A Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) atinge atualmente mais de 40 mil crianças/ano em todo o mundo. Caracteriza-se por déficits de crescimento pré e pós-natais, dismorfismos faciais e evidências de anormalidades do sistema nervoso central. Os três aspectos clínicos da SAF decorre da ingestão de bebidas alcoólicas durante o desenvolvimento fetal sendo para muitos desconhecida. Objetivo: Analisar o conhecimento dos estudantes secundaristas de uma escola pública em Campina Grande – PB sobre a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF). Metodologia: Trata-se de pesquisa quantitativa, descritiva, realizada na Escola Estadual Dr. Elpídio de Almeida do município de Campina Grande-PB durante o período de agosto de 2013 a fevereiro de 2014. Foram sujeitos 196 secundaristas regularmente matriculados no 1o ano do ensino médio, no turno manhã, de ambos os sexos e idade entre 16 e 18 anos. A coleta de dados se deu através de questionário com respostas de múltipla escolha sobre o tema. Resultados: Observou-se que 52% da totalidade dos secundaristas já haviam presenciado alguma mulher ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação, revelando aqui a necessidade de haver um rastreamento por meio dos órgãos de saúde para controlar a ingestão de álcool durante este período.    Quando perguntados sobre o prejuízo das bebidas alcoólicas para o feto, 1%, 0.05% ,17.05% e 81%  dos estudantes responderam que, com certeza não seria prejudicial, provavelmente não causaria dano algum, possivelmente  causaria danos e com certeza causaria prejuízos ao feto, respectivamente. Observa-se que embora no meio em que vivam imaginem o mal que o consumo de álcool durante a gestação pode causar ao feto a prática permanece. Conclusão: Observou-se que a ingestão de álcool durante o período gestacional é alto, fato evidenciado pelo número de estudantes que já havia presenciado mulheres grávidas bebendo. Quanto ao conhecimento das consequências do consumo de bebidas alcoólicas, a Síndrome Alcoólica Fetal, foi possível observar que mais da metade dos estudantes tinham conhecimento que ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação traz prejuízos ao feto. Os demais estudantes que não tiveram certeza desses prejuízos devem ser sensibilizados sobre o perigo desta prática entre gestantes, para que o número de crianças acometidas com a Síndrome Alcoólica Fetal possa diminuir. Palavras Chave: Síndrome Alcoólica Fetal. Bebidas alcoólicas. Secundaristas."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL, BEBIDAS ALCOÓLICAS, SECUNDARISTAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_21_03_2014_09_30_04_idinscrito_2032_f01f60fab1ac8e0945532cc5a732dd82.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DAIANE RODRIGUES LOPES"
    "autor_nome_curto" => "DAIANE LOPES"
    "autor_email" => "daianerlopes@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5157
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 554
    "inscrito_id" => 2032
    "titulo" => "SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL (SAF): CONHECIMENTO DE SECUNDARISTAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE – PB"
    "resumo" => "SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL (SAF): CONHECIMENTO DE SECUNDARISTAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE – PBDaiane Rodrigues Lopes(daianerlopes@hotmail.com)1 Jacquelane Silva Santos(jack_laane@hotmail.com)1 Matheus Vítor Pereira Lima(mavi-peli@hotmail.com)1Clésia Oliveira Pachú(clesiapachu@hotmail.com)2 Acadêmicos de Enfermagem1, Profa. Dra./Orientadora2 da Universidade Estadual da ParaíbaIntrodução: A Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) atinge atualmente mais de 40 mil crianças/ano em todo o mundo. Caracteriza-se por déficits de crescimento pré e pós-natais, dismorfismos faciais e evidências de anormalidades do sistema nervoso central. Os três aspectos clínicos da SAF decorre da ingestão de bebidas alcoólicas durante o desenvolvimento fetal sendo para muitos desconhecida. Objetivo: Analisar o conhecimento dos estudantes secundaristas de uma escola pública em Campina Grande – PB sobre a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF). Metodologia: Trata-se de pesquisa quantitativa, descritiva, realizada na Escola Estadual Dr. Elpídio de Almeida do município de Campina Grande-PB durante o período de agosto de 2013 a fevereiro de 2014. Foram sujeitos 196 secundaristas regularmente matriculados no 1o ano do ensino médio, no turno manhã, de ambos os sexos e idade entre 16 e 18 anos. A coleta de dados se deu através de questionário com respostas de múltipla escolha sobre o tema. Resultados: Observou-se que 52% da totalidade dos secundaristas já haviam presenciado alguma mulher ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação, revelando aqui a necessidade de haver um rastreamento por meio dos órgãos de saúde para controlar a ingestão de álcool durante este período.    Quando perguntados sobre o prejuízo das bebidas alcoólicas para o feto, 1%, 0.05% ,17.05% e 81%  dos estudantes responderam que, com certeza não seria prejudicial, provavelmente não causaria dano algum, possivelmente  causaria danos e com certeza causaria prejuízos ao feto, respectivamente. Observa-se que embora no meio em que vivam imaginem o mal que o consumo de álcool durante a gestação pode causar ao feto a prática permanece. Conclusão: Observou-se que a ingestão de álcool durante o período gestacional é alto, fato evidenciado pelo número de estudantes que já havia presenciado mulheres grávidas bebendo. Quanto ao conhecimento das consequências do consumo de bebidas alcoólicas, a Síndrome Alcoólica Fetal, foi possível observar que mais da metade dos estudantes tinham conhecimento que ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação traz prejuízos ao feto. Os demais estudantes que não tiveram certeza desses prejuízos devem ser sensibilizados sobre o perigo desta prática entre gestantes, para que o número de crianças acometidas com a Síndrome Alcoólica Fetal possa diminuir. Palavras Chave: Síndrome Alcoólica Fetal. Bebidas alcoólicas. Secundaristas."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL, BEBIDAS ALCOÓLICAS, SECUNDARISTAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_21_03_2014_09_30_04_idinscrito_2032_f01f60fab1ac8e0945532cc5a732dd82.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DAIANE RODRIGUES LOPES"
    "autor_nome_curto" => "DAIANE LOPES"
    "autor_email" => "daianerlopes@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

SÍNDROME ALCOÓLICA FETAL (SAF): CONHECIMENTO DE SECUNDARISTAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE – PBDaiane Rodrigues Lopes(daianerlopes@hotmail.com)1 Jacquelane Silva Santos(jack_laane@hotmail.com)1 Matheus Vítor Pereira Lima(mavi-peli@hotmail.com)1Clésia Oliveira Pachú(clesiapachu@hotmail.com)2 Acadêmicos de Enfermagem1, Profa. Dra./Orientadora2 da Universidade Estadual da ParaíbaIntrodução: A Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) atinge atualmente mais de 40 mil crianças/ano em todo o mundo. Caracteriza-se por déficits de crescimento pré e pós-natais, dismorfismos faciais e evidências de anormalidades do sistema nervoso central. Os três aspectos clínicos da SAF decorre da ingestão de bebidas alcoólicas durante o desenvolvimento fetal sendo para muitos desconhecida. Objetivo: Analisar o conhecimento dos estudantes secundaristas de uma escola pública em Campina Grande – PB sobre a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF). Metodologia: Trata-se de pesquisa quantitativa, descritiva, realizada na Escola Estadual Dr. Elpídio de Almeida do município de Campina Grande-PB durante o período de agosto de 2013 a fevereiro de 2014. Foram sujeitos 196 secundaristas regularmente matriculados no 1o ano do ensino médio, no turno manhã, de ambos os sexos e idade entre 16 e 18 anos. A coleta de dados se deu através de questionário com respostas de múltipla escolha sobre o tema. Resultados: Observou-se que 52% da totalidade dos secundaristas já haviam presenciado alguma mulher ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação, revelando aqui a necessidade de haver um rastreamento por meio dos órgãos de saúde para controlar a ingestão de álcool durante este período. Quando perguntados sobre o prejuízo das bebidas alcoólicas para o feto, 1%, 0.05% ,17.05% e 81% dos estudantes responderam que, com certeza não seria prejudicial, provavelmente não causaria dano algum, possivelmente causaria danos e com certeza causaria prejuízos ao feto, respectivamente. Observa-se que embora no meio em que vivam imaginem o mal que o consumo de álcool durante a gestação pode causar ao feto a prática permanece. Conclusão: Observou-se que a ingestão de álcool durante o período gestacional é alto, fato evidenciado pelo número de estudantes que já havia presenciado mulheres grávidas bebendo. Quanto ao conhecimento das consequências do consumo de bebidas alcoólicas, a Síndrome Alcoólica Fetal, foi possível observar que mais da metade dos estudantes tinham conhecimento que ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação traz prejuízos ao feto. Os demais estudantes que não tiveram certeza desses prejuízos devem ser sensibilizados sobre o perigo desta prática entre gestantes, para que o número de crianças acometidas com a Síndrome Alcoólica Fetal possa diminuir. Palavras Chave: Síndrome Alcoólica Fetal. Bebidas alcoólicas. Secundaristas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.