Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM VOLTADAS PARA O DIAGNÓSTICO DE RISCO DE INTEGRIDADE DA PELE PREJUDICADA EM RECÉM-NASCIDOS

Palavra-chaves: ENFERMAGEM, SAÚDE DA CRIANÇA, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Pôster (PO) Enfermagem
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5149
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 783
    "inscrito_id" => 2814
    "titulo" => "INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM VOLTADAS PARA O DIAGNÓSTICO DE RISCO DE INTEGRIDADE DA PELE PREJUDICADA EM RECÉM-NASCIDOS"
    "resumo" => "Preservar a integridade da pele de recém-nascidos (RN) é um aspecto essencial nos cuidados de enfermagem durante o período neonatal, principalmente no que diz respeito ao RN prematuro submetido a cuidados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, pois estes estão sujeitos a vários procedimentos como: punção venosa, o uso de sensores de temperatura, monitores transcutâneos, acessos intravenosos, tubos, sondas, sacos coletores de urina, os quais predispõem a infecções. Além disso, o uso frequente de aquecedores, a manipulação e retirada de adesivos e eletrodos favorecem a ruptura da pele. Deste modo um dos diagnósticos de enfermagem de destaque neste tipo de clientela é o de o risco de integridade da pele prejudicada. Neste sentido, para que a contribuição da enfermagem seja evidenciada no tocante à manutenção da integridade da pele, é importante que o enfermeiro documente sua prática profissional, utilizando um sistema de classificação que favoreça a padronização da linguagem de enfermagem. Desse modo, dados de enfermagem são gerados, favorecendo a continuidade da assistência, a pesquisa e o ensino. Quais intervenções de enfermagem são implementadas para manter a integridade da pele em RN prematuros? Como podem ser documentadas utilizando os termos contidos nos eixos da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem – CIPE® versão 2.0 Objetivo: Este estudo teve como objetivo construir afirmativas de intervenções de enfermagem direcionadas para prevenção, manutenção e recuperação da integridade da pele de RN prematuro utilizando a CIPE® 2.0. Métodos: Para a construção dessas afirmativas foi atendida a Norma da International Organization of Standardisation (ISO) 18.104:2003 – Integração de um modelo de terminologia de referência para a Enfermagem9, e foram utilizadas as diretrizes do Conselho Internacional de Enfermagem, que determina a inclusão obrigatória de um termo do eixo Ação e um termo Alvo, considerado um termo de qualquer um dos eixos Foco, Meios, Tempo, Localização, Cliente, exceto o eixo Julgamento. Resultados: foram elaboradas 13 afirmativas de intervenções de enfermagem direcionadas para prevenção, manutenção e recuperação da integridade da pele do RNPT utilizando o Modelo dos Setes Eixos da CIPE® versão 2.0: Mudar posição corporal; Avaliar integridade da pele; Tratar a ferida da pele; Alterar aparelho de monitorização na parede torácica; Banhar pele do RN; Higienizar pele do RN; Monitorar temperatura do RN; Regular temperatura/umidade relativa da incubadora; Trocar fralda e Higienizar região geniturinária; Manter integridade da pele; Desinfectar pele do RN. Conclusão: A partir dos termos contidos nos sete eixos da CIPE® 2.0 foram elaborados 13 enunciados de intervenções de enfermagem para favorecer a documentação da prática assistencial da enfermagem na manutenção da integridade da pele de RN prematuros. O registro das intervenções de enfermagem utilizando a CIPE versão 2.0 contribuirá para produção e disseminação de dados que caracterizam a prática de enfermagem fomentando o desenvolvimento de pesquisas que contribuirão para construção do corpo de conhecimentos próprios da Enfermagem."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "ENFERMAGEM, SAÚDE DA CRIANÇA, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_24_03_2014_21_34_58_idinscrito_2814_156db204f3e33983330544dd96da20d5.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CECÍLIA DANIELLE BEZERRA OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "CECÍLIA OLIVEIRA"
    "autor_email" => "cecilia.dbo@gmail.com"
    "autor_ies" => "UPE/UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5149
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 783
    "inscrito_id" => 2814
    "titulo" => "INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM VOLTADAS PARA O DIAGNÓSTICO DE RISCO DE INTEGRIDADE DA PELE PREJUDICADA EM RECÉM-NASCIDOS"
    "resumo" => "Preservar a integridade da pele de recém-nascidos (RN) é um aspecto essencial nos cuidados de enfermagem durante o período neonatal, principalmente no que diz respeito ao RN prematuro submetido a cuidados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, pois estes estão sujeitos a vários procedimentos como: punção venosa, o uso de sensores de temperatura, monitores transcutâneos, acessos intravenosos, tubos, sondas, sacos coletores de urina, os quais predispõem a infecções. Além disso, o uso frequente de aquecedores, a manipulação e retirada de adesivos e eletrodos favorecem a ruptura da pele. Deste modo um dos diagnósticos de enfermagem de destaque neste tipo de clientela é o de o risco de integridade da pele prejudicada. Neste sentido, para que a contribuição da enfermagem seja evidenciada no tocante à manutenção da integridade da pele, é importante que o enfermeiro documente sua prática profissional, utilizando um sistema de classificação que favoreça a padronização da linguagem de enfermagem. Desse modo, dados de enfermagem são gerados, favorecendo a continuidade da assistência, a pesquisa e o ensino. Quais intervenções de enfermagem são implementadas para manter a integridade da pele em RN prematuros? Como podem ser documentadas utilizando os termos contidos nos eixos da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem – CIPE® versão 2.0 Objetivo: Este estudo teve como objetivo construir afirmativas de intervenções de enfermagem direcionadas para prevenção, manutenção e recuperação da integridade da pele de RN prematuro utilizando a CIPE® 2.0. Métodos: Para a construção dessas afirmativas foi atendida a Norma da International Organization of Standardisation (ISO) 18.104:2003 – Integração de um modelo de terminologia de referência para a Enfermagem9, e foram utilizadas as diretrizes do Conselho Internacional de Enfermagem, que determina a inclusão obrigatória de um termo do eixo Ação e um termo Alvo, considerado um termo de qualquer um dos eixos Foco, Meios, Tempo, Localização, Cliente, exceto o eixo Julgamento. Resultados: foram elaboradas 13 afirmativas de intervenções de enfermagem direcionadas para prevenção, manutenção e recuperação da integridade da pele do RNPT utilizando o Modelo dos Setes Eixos da CIPE® versão 2.0: Mudar posição corporal; Avaliar integridade da pele; Tratar a ferida da pele; Alterar aparelho de monitorização na parede torácica; Banhar pele do RN; Higienizar pele do RN; Monitorar temperatura do RN; Regular temperatura/umidade relativa da incubadora; Trocar fralda e Higienizar região geniturinária; Manter integridade da pele; Desinfectar pele do RN. Conclusão: A partir dos termos contidos nos sete eixos da CIPE® 2.0 foram elaborados 13 enunciados de intervenções de enfermagem para favorecer a documentação da prática assistencial da enfermagem na manutenção da integridade da pele de RN prematuros. O registro das intervenções de enfermagem utilizando a CIPE versão 2.0 contribuirá para produção e disseminação de dados que caracterizam a prática de enfermagem fomentando o desenvolvimento de pesquisas que contribuirão para construção do corpo de conhecimentos próprios da Enfermagem."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "ENFERMAGEM, SAÚDE DA CRIANÇA, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_24_03_2014_21_34_58_idinscrito_2814_156db204f3e33983330544dd96da20d5.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CECÍLIA DANIELLE BEZERRA OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "CECÍLIA OLIVEIRA"
    "autor_email" => "cecilia.dbo@gmail.com"
    "autor_ies" => "UPE/UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Preservar a integridade da pele de recém-nascidos (RN) é um aspecto essencial nos cuidados de enfermagem durante o período neonatal, principalmente no que diz respeito ao RN prematuro submetido a cuidados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, pois estes estão sujeitos a vários procedimentos como: punção venosa, o uso de sensores de temperatura, monitores transcutâneos, acessos intravenosos, tubos, sondas, sacos coletores de urina, os quais predispõem a infecções. Além disso, o uso frequente de aquecedores, a manipulação e retirada de adesivos e eletrodos favorecem a ruptura da pele. Deste modo um dos diagnósticos de enfermagem de destaque neste tipo de clientela é o de o risco de integridade da pele prejudicada. Neste sentido, para que a contribuição da enfermagem seja evidenciada no tocante à manutenção da integridade da pele, é importante que o enfermeiro documente sua prática profissional, utilizando um sistema de classificação que favoreça a padronização da linguagem de enfermagem. Desse modo, dados de enfermagem são gerados, favorecendo a continuidade da assistência, a pesquisa e o ensino. Quais intervenções de enfermagem são implementadas para manter a integridade da pele em RN prematuros? Como podem ser documentadas utilizando os termos contidos nos eixos da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem – CIPE® versão 2.0 Objetivo: Este estudo teve como objetivo construir afirmativas de intervenções de enfermagem direcionadas para prevenção, manutenção e recuperação da integridade da pele de RN prematuro utilizando a CIPE® 2.0. Métodos: Para a construção dessas afirmativas foi atendida a Norma da International Organization of Standardisation (ISO) 18.104:2003 – Integração de um modelo de terminologia de referência para a Enfermagem9, e foram utilizadas as diretrizes do Conselho Internacional de Enfermagem, que determina a inclusão obrigatória de um termo do eixo Ação e um termo Alvo, considerado um termo de qualquer um dos eixos Foco, Meios, Tempo, Localização, Cliente, exceto o eixo Julgamento. Resultados: foram elaboradas 13 afirmativas de intervenções de enfermagem direcionadas para prevenção, manutenção e recuperação da integridade da pele do RNPT utilizando o Modelo dos Setes Eixos da CIPE® versão 2.0: Mudar posição corporal; Avaliar integridade da pele; Tratar a ferida da pele; Alterar aparelho de monitorização na parede torácica; Banhar pele do RN; Higienizar pele do RN; Monitorar temperatura do RN; Regular temperatura/umidade relativa da incubadora; Trocar fralda e Higienizar região geniturinária; Manter integridade da pele; Desinfectar pele do RN. Conclusão: A partir dos termos contidos nos sete eixos da CIPE® 2.0 foram elaborados 13 enunciados de intervenções de enfermagem para favorecer a documentação da prática assistencial da enfermagem na manutenção da integridade da pele de RN prematuros. O registro das intervenções de enfermagem utilizando a CIPE versão 2.0 contribuirá para produção e disseminação de dados que caracterizam a prática de enfermagem fomentando o desenvolvimento de pesquisas que contribuirão para construção do corpo de conhecimentos próprios da Enfermagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.