Artigo Anais II CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

QUAL VARIÁVEL FÍSICA ENCONTRA-SE MAIS ALTERADA EM IDOSOS CAIDORES?

Palavra-chaves: IDOSOS, QUEDAS, EQUILÍBRIO CORPORAL, DESEMPENHO FUNCIONAL Pôster (PO) AT 07: Atividade física, estilo de vida e longevidade
"2018-11-21 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 50420
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 182
    "inscrito_id" => 857
    "titulo" => "QUAL VARIÁVEL FÍSICA ENCONTRA-SE MAIS ALTERADA EM IDOSOS CAIDORES?"
    "resumo" => "Introdução: Estudos que avaliam o desempenho físico em testes de equilíbrio corporal em idosos podem discriminar idosos caidores e não caidores de forma a identificar quais componentes físicos são mais prejudicados quando o idoso já possui histórico de quedas. Esses achados podem auxiliar fisioterapeutas a adotarem medidas preventivas e de tratamento para estes fatores de risco, diminuindo a chance de quedas e suas consequências nesta população. Objetivo: Comparar o desempenho funcional em idosos caidores e não caidores. Métodos: Tratou-se de um estudo de caráter transversal e comparativo, constituído por 178 idosos comunitários, com idade igual ou acima de 60 anos, saudáveis. Os testes de avaliação do desempenho funcional aplicados foram: Timed Get Up and Go (TGUG), Teste de Sentar e levantar da cadeira de 30 segundos (TSLC30’), Teste de Sentar e Levantar da Cadeira de 5 repetições (TSLC5), Teste de Alcance Funcional (TAF), Tandem Stance (TS), Velocidade da Marcha Máxima (VMM), Velocidade da Marcha Habitual (VMH) e a Escala de Eficácia de Quedas (FES-I). Resultados: Nos testes de desempenho funcional verificou-se que houve diferença significativa entre os grupos para as variáveis medo de quedas, VMH e VMM (p: 0,01). Não houve diferença significativa para as variáveis TAF, TSLC5 repetições, TS, TSLC 30 segundos e TGUG. Conclusão: Demonstrou-se que nos testes de desempenho, há piores resultados nos testes de VMM, VMH e maior medo de sofrer quedas em idosos caidores."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Atividade física, estilo de vida e longevidade"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, QUEDAS, EQUILÍBRIO CORPORAL, DESEMPENHO FUNCIONAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA7_ID857_30102018170505.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LETÍCIA MARTINS CÂNDIDO"
    "autor_nome_curto" => "LETÍCIA"
    "autor_email" => "leticia.candido96@gmail.c"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 50420
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 182
    "inscrito_id" => 857
    "titulo" => "QUAL VARIÁVEL FÍSICA ENCONTRA-SE MAIS ALTERADA EM IDOSOS CAIDORES?"
    "resumo" => "Introdução: Estudos que avaliam o desempenho físico em testes de equilíbrio corporal em idosos podem discriminar idosos caidores e não caidores de forma a identificar quais componentes físicos são mais prejudicados quando o idoso já possui histórico de quedas. Esses achados podem auxiliar fisioterapeutas a adotarem medidas preventivas e de tratamento para estes fatores de risco, diminuindo a chance de quedas e suas consequências nesta população. Objetivo: Comparar o desempenho funcional em idosos caidores e não caidores. Métodos: Tratou-se de um estudo de caráter transversal e comparativo, constituído por 178 idosos comunitários, com idade igual ou acima de 60 anos, saudáveis. Os testes de avaliação do desempenho funcional aplicados foram: Timed Get Up and Go (TGUG), Teste de Sentar e levantar da cadeira de 30 segundos (TSLC30’), Teste de Sentar e Levantar da Cadeira de 5 repetições (TSLC5), Teste de Alcance Funcional (TAF), Tandem Stance (TS), Velocidade da Marcha Máxima (VMM), Velocidade da Marcha Habitual (VMH) e a Escala de Eficácia de Quedas (FES-I). Resultados: Nos testes de desempenho funcional verificou-se que houve diferença significativa entre os grupos para as variáveis medo de quedas, VMH e VMM (p: 0,01). Não houve diferença significativa para as variáveis TAF, TSLC5 repetições, TS, TSLC 30 segundos e TGUG. Conclusão: Demonstrou-se que nos testes de desempenho, há piores resultados nos testes de VMM, VMH e maior medo de sofrer quedas em idosos caidores."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Atividade física, estilo de vida e longevidade"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, QUEDAS, EQUILÍBRIO CORPORAL, DESEMPENHO FUNCIONAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA7_ID857_30102018170505.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LETÍCIA MARTINS CÂNDIDO"
    "autor_nome_curto" => "LETÍCIA"
    "autor_email" => "leticia.candido96@gmail.c"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 21 de novembro de 2018

Resumo

Introdução: Estudos que avaliam o desempenho físico em testes de equilíbrio corporal em idosos podem discriminar idosos caidores e não caidores de forma a identificar quais componentes físicos são mais prejudicados quando o idoso já possui histórico de quedas. Esses achados podem auxiliar fisioterapeutas a adotarem medidas preventivas e de tratamento para estes fatores de risco, diminuindo a chance de quedas e suas consequências nesta população. Objetivo: Comparar o desempenho funcional em idosos caidores e não caidores. Métodos: Tratou-se de um estudo de caráter transversal e comparativo, constituído por 178 idosos comunitários, com idade igual ou acima de 60 anos, saudáveis. Os testes de avaliação do desempenho funcional aplicados foram: Timed Get Up and Go (TGUG), Teste de Sentar e levantar da cadeira de 30 segundos (TSLC30’), Teste de Sentar e Levantar da Cadeira de 5 repetições (TSLC5), Teste de Alcance Funcional (TAF), Tandem Stance (TS), Velocidade da Marcha Máxima (VMM), Velocidade da Marcha Habitual (VMH) e a Escala de Eficácia de Quedas (FES-I). Resultados: Nos testes de desempenho funcional verificou-se que houve diferença significativa entre os grupos para as variáveis medo de quedas, VMH e VMM (p: 0,01). Não houve diferença significativa para as variáveis TAF, TSLC5 repetições, TS, TSLC 30 segundos e TGUG. Conclusão: Demonstrou-se que nos testes de desempenho, há piores resultados nos testes de VMM, VMH e maior medo de sofrer quedas em idosos caidores.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.