Artigo Anais II CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL E EQUILÍBRIO DE IDOSAS PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA

Palavra-chaves: IDOSAS, EQUILÍBRIO, FUNCIONALIDADE Pôster (PO) AT 07: Atividade física, estilo de vida e longevidade
"2018-11-22 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 50288
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 258
    "inscrito_id" => 593
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL E EQUILÍBRIO DE IDOSAS PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA"
    "resumo" => "Introdução: A prática regular de atividade física tem o poder de minimizar os efeitos deletérios do envelhecimento, prevenir e tratar várias patologias, aumentando a autonomia e longevidade, com melhor desempenho das habilidades motoras, resultando em uma vida saudável. Objetivo: O objetivo deste estudo foi comparar a capacidade funcional e equilíbrio em idosas praticantes e não praticantes de atividades físicas. Método: O presente estudo foi realizado com 20 idosas, divididas em dois grupos. Grupo de Praticantes de atividade física (GP) e Grupo de Não Praticantes de atividade física (GNP). A classificação dos grupos foi realizada com o questionário IPAQ. A avaliação de equilíbrio foi feita através da Escala de Equilíbrio de Berg (EEB) e a capacidade funcional com o Índice de Katz.. Resultados: No GP (n=10), a média de idade foi de 66 ± 3,9 anos. A EEB obteve uma média de 52,2 ± 1,9 pontos e o índice de Katz foi de 5,9 ± 0,3. Já no GNP (n=10), a média de idade foi de 64,9 ± 4,1 anos. A EEB obteve uma média de 47,5 ± 7,1 pontos e o índice de Katz foi de 5,7 ± 0,4. Conclusão: Estes dados sugerem que a atividade física influencia na capacidade funcional e no equilíbrio dos idosos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Atividade física, estilo de vida e longevidade"
    "palavra_chave" => "IDOSAS, EQUILÍBRIO, FUNCIONALIDADE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA7_ID593_01112018000027.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "PAULA MARIA LOPES SARDELICH"
    "autor_nome_curto" => "PAULA"
    "autor_email" => "psardelich@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 50288
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 258
    "inscrito_id" => 593
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL E EQUILÍBRIO DE IDOSAS PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA"
    "resumo" => "Introdução: A prática regular de atividade física tem o poder de minimizar os efeitos deletérios do envelhecimento, prevenir e tratar várias patologias, aumentando a autonomia e longevidade, com melhor desempenho das habilidades motoras, resultando em uma vida saudável. Objetivo: O objetivo deste estudo foi comparar a capacidade funcional e equilíbrio em idosas praticantes e não praticantes de atividades físicas. Método: O presente estudo foi realizado com 20 idosas, divididas em dois grupos. Grupo de Praticantes de atividade física (GP) e Grupo de Não Praticantes de atividade física (GNP). A classificação dos grupos foi realizada com o questionário IPAQ. A avaliação de equilíbrio foi feita através da Escala de Equilíbrio de Berg (EEB) e a capacidade funcional com o Índice de Katz.. Resultados: No GP (n=10), a média de idade foi de 66 ± 3,9 anos. A EEB obteve uma média de 52,2 ± 1,9 pontos e o índice de Katz foi de 5,9 ± 0,3. Já no GNP (n=10), a média de idade foi de 64,9 ± 4,1 anos. A EEB obteve uma média de 47,5 ± 7,1 pontos e o índice de Katz foi de 5,7 ± 0,4. Conclusão: Estes dados sugerem que a atividade física influencia na capacidade funcional e no equilíbrio dos idosos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Atividade física, estilo de vida e longevidade"
    "palavra_chave" => "IDOSAS, EQUILÍBRIO, FUNCIONALIDADE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA7_ID593_01112018000027.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "PAULA MARIA LOPES SARDELICH"
    "autor_nome_curto" => "PAULA"
    "autor_email" => "psardelich@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2018

Resumo

Introdução: A prática regular de atividade física tem o poder de minimizar os efeitos deletérios do envelhecimento, prevenir e tratar várias patologias, aumentando a autonomia e longevidade, com melhor desempenho das habilidades motoras, resultando em uma vida saudável. Objetivo: O objetivo deste estudo foi comparar a capacidade funcional e equilíbrio em idosas praticantes e não praticantes de atividades físicas. Método: O presente estudo foi realizado com 20 idosas, divididas em dois grupos. Grupo de Praticantes de atividade física (GP) e Grupo de Não Praticantes de atividade física (GNP). A classificação dos grupos foi realizada com o questionário IPAQ. A avaliação de equilíbrio foi feita através da Escala de Equilíbrio de Berg (EEB) e a capacidade funcional com o Índice de Katz.. Resultados: No GP (n=10), a média de idade foi de 66 ± 3,9 anos. A EEB obteve uma média de 52,2 ± 1,9 pontos e o índice de Katz foi de 5,9 ± 0,3. Já no GNP (n=10), a média de idade foi de 64,9 ± 4,1 anos. A EEB obteve uma média de 47,5 ± 7,1 pontos e o índice de Katz foi de 5,7 ± 0,4. Conclusão: Estes dados sugerem que a atividade física influencia na capacidade funcional e no equilíbrio dos idosos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.