Artigo Anais III CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

COMPLICAÇÕES NO SISTEMA RESPIRATÓRIO EM CRIANÇAS COM MICROCELAFIA POR INFECÇÃO PELO VÍRUS ZIKA: UM RELATO DE CASO EM CAMPINA GRANDE.

Palavra-chaves: MICROCEFALIA, PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS, FISIOTERAPIA Comunicação Oral (CO) AT-09: Fisioterapia
"2018-06-13 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 40896
    "edicao_id" => 88
    "trabalho_id" => 649
    "inscrito_id" => 1299
    "titulo" => "COMPLICAÇÕES NO SISTEMA RESPIRATÓRIO EM CRIANÇAS COM MICROCELAFIA POR INFECÇÃO PELO VÍRUS ZIKA: UM RELATO DE CASO EM CAMPINA GRANDE."
    "resumo" => """
      Introdução: A microcefalia, caracteriza-se por uma malformação congênita principalmente com a\r\n
      redução do perímetro cefálico e as suas consequências em geral, apresentam atraso no desenvolvimento\r\n
      neuropsicomotor, como também comprometimento do sistema respiratório. Este estudo teve como\r\n
      objetivo descrever os distúrbios respiratórios identificados na avaliação fisioterapêutica de um lactente\r\n
      diagnosticado com microcefalia por possível infecção do vírus Zika. O mesmo foi realizado na Clínica\r\n
      Escola de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba, em Campina Grande, Paraíba, Brasil.\r\n
      Metodologia: Foi realizada uma avaliação fisioterapêutica sendo utilizados um protocolo de avaliação\r\n
      com dados pessoais, perinatais e exame físico. Além deste, o de Boletim de Silverman-Andersen (BSA),\r\n
      que avalia o desconforto respiratório e a escala de Face, Legs, Activity, Cry, Consolability (FLACC)\r\n
      que avalia a dor em crianças entre 2 meses e 7 anos ou indivíduos incapazes de comunicar sua dor.\r\n
      Resultados e discussão: Durante a avaliação não foi identificado sinais de desconforto respiratório,\r\n
      porém a presença de dor, e ausculta pulmonar com a diminuição do murmúrio vesicular no hemitórax\r\n
      esquerdo, sem ruído adventício, a presença de secreção em vias áreas superiores e diminuição do reflexo\r\n
      de tosse associado a prescrição de um fármaco. Conclusão: Por meio deste trabalho identificou-se uma\r\n
      correlação entre consequências neurológicas por um portador de microcefalia, em decorrência da\r\n
      Síndrome Congênita do Zika Vírus com as complicações do sistema respiratório. Complementarmente,\r\n
      é preciso conhecer mais sobre o vírus Zika e as possíveis complicações neonatais, para que assim seja\r\n
      possível delinear ações de prevenção concomitantemente com à promoção de saúde.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-09: Fisioterapia"
    "palavra_chave" => "MICROCEFALIA, PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS, FISIOTERAPIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV108_MD1_SA9_ID1299_21052018170509.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:25"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:35:32"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LARYSSA DO NASCIMENTO BARBOSA"
    "autor_nome_curto" => "LARYSSA NASCIMENTO"
    "autor_email" => "laryssajesus@hotmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais III CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "III Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a0164e65af_16022020235844.png"
    "edicao_capa" => "5f1844cf3c5b5_22072020105319.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-06-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 40896
    "edicao_id" => 88
    "trabalho_id" => 649
    "inscrito_id" => 1299
    "titulo" => "COMPLICAÇÕES NO SISTEMA RESPIRATÓRIO EM CRIANÇAS COM MICROCELAFIA POR INFECÇÃO PELO VÍRUS ZIKA: UM RELATO DE CASO EM CAMPINA GRANDE."
    "resumo" => """
      Introdução: A microcefalia, caracteriza-se por uma malformação congênita principalmente com a\r\n
      redução do perímetro cefálico e as suas consequências em geral, apresentam atraso no desenvolvimento\r\n
      neuropsicomotor, como também comprometimento do sistema respiratório. Este estudo teve como\r\n
      objetivo descrever os distúrbios respiratórios identificados na avaliação fisioterapêutica de um lactente\r\n
      diagnosticado com microcefalia por possível infecção do vírus Zika. O mesmo foi realizado na Clínica\r\n
      Escola de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba, em Campina Grande, Paraíba, Brasil.\r\n
      Metodologia: Foi realizada uma avaliação fisioterapêutica sendo utilizados um protocolo de avaliação\r\n
      com dados pessoais, perinatais e exame físico. Além deste, o de Boletim de Silverman-Andersen (BSA),\r\n
      que avalia o desconforto respiratório e a escala de Face, Legs, Activity, Cry, Consolability (FLACC)\r\n
      que avalia a dor em crianças entre 2 meses e 7 anos ou indivíduos incapazes de comunicar sua dor.\r\n
      Resultados e discussão: Durante a avaliação não foi identificado sinais de desconforto respiratório,\r\n
      porém a presença de dor, e ausculta pulmonar com a diminuição do murmúrio vesicular no hemitórax\r\n
      esquerdo, sem ruído adventício, a presença de secreção em vias áreas superiores e diminuição do reflexo\r\n
      de tosse associado a prescrição de um fármaco. Conclusão: Por meio deste trabalho identificou-se uma\r\n
      correlação entre consequências neurológicas por um portador de microcefalia, em decorrência da\r\n
      Síndrome Congênita do Zika Vírus com as complicações do sistema respiratório. Complementarmente,\r\n
      é preciso conhecer mais sobre o vírus Zika e as possíveis complicações neonatais, para que assim seja\r\n
      possível delinear ações de prevenção concomitantemente com à promoção de saúde.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-09: Fisioterapia"
    "palavra_chave" => "MICROCEFALIA, PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS, FISIOTERAPIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV108_MD1_SA9_ID1299_21052018170509.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:25"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:35:32"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LARYSSA DO NASCIMENTO BARBOSA"
    "autor_nome_curto" => "LARYSSA NASCIMENTO"
    "autor_email" => "laryssajesus@hotmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais III CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "III Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a0164e65af_16022020235844.png"
    "edicao_capa" => "5f1844cf3c5b5_22072020105319.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-06-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 13 de junho de 2018

Resumo

Introdução: A microcefalia, caracteriza-se por uma malformação congênita principalmente com a redução do perímetro cefálico e as suas consequências em geral, apresentam atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, como também comprometimento do sistema respiratório. Este estudo teve como objetivo descrever os distúrbios respiratórios identificados na avaliação fisioterapêutica de um lactente diagnosticado com microcefalia por possível infecção do vírus Zika. O mesmo foi realizado na Clínica Escola de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba, em Campina Grande, Paraíba, Brasil. Metodologia: Foi realizada uma avaliação fisioterapêutica sendo utilizados um protocolo de avaliação com dados pessoais, perinatais e exame físico. Além deste, o de Boletim de Silverman-Andersen (BSA), que avalia o desconforto respiratório e a escala de Face, Legs, Activity, Cry, Consolability (FLACC) que avalia a dor em crianças entre 2 meses e 7 anos ou indivíduos incapazes de comunicar sua dor. Resultados e discussão: Durante a avaliação não foi identificado sinais de desconforto respiratório, porém a presença de dor, e ausculta pulmonar com a diminuição do murmúrio vesicular no hemitórax esquerdo, sem ruído adventício, a presença de secreção em vias áreas superiores e diminuição do reflexo de tosse associado a prescrição de um fármaco. Conclusão: Por meio deste trabalho identificou-se uma correlação entre consequências neurológicas por um portador de microcefalia, em decorrência da Síndrome Congênita do Zika Vírus com as complicações do sistema respiratório. Complementarmente, é preciso conhecer mais sobre o vírus Zika e as possíveis complicações neonatais, para que assim seja possível delinear ações de prevenção concomitantemente com à promoção de saúde.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.