Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

“O GÊNERO MEMÓRIAS LITERÁRIAS E O DESPERTAR DA CRITICIDADE DO LEITOR”

Palavra-chaves: €?MEMÓRIA”, PERTENÇA., LEITURA E ESCRITA CRÍTICA. Comunicação Oral (CO) GT 08 - Linguagens, Letramento e Alfabetização
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1638
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 38927
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 446
    "inscrito_id" => 2476
    "titulo" => """
      “O GÊNERO MEMÓRIAS LITERÁRIAS E O DESPERTAR DA\r\n
      CRITICIDADE DO LEITOR”
      """
    "resumo" => """
      RESUMO \r\n
      Este trabalho traz uma propositura de valorização das memórias de uma comunidade estudantil,\r\n
      para o desadormecer da leitura e da escrita critica, por meio de experiências vividas no projeto: “O gênero\r\n
      Memórias Literárias e o despertar da criticidade do leitor”, que foi realizado com a turma do 8º ano “A”, da\r\n
      Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Celeste Pires Leite, Catingueira-PB, na tentativa de mostrar\r\n
      a esses alunos, o valor de suas raízes e a importância da leitura e da escrita significativa, para o uso de suas\r\n
      práticas  sociais.  Seu  objetivo  foi  resgatar  as  memórias  dessa  localidade  discente,  para  que  através  do\r\n
      reconhecimento de pertença, os mesmos pudessem desenvolver a leitura e a escrita de forma soberana. Ler\r\n
      textos, em especial relacionados ao gênero Memórias Literários, estabelecem linhas de conexão entre o autor\r\n
      e o leitor, leva-o a pensar e repensar sobre suas lembranças de maneira mais crítica, além de influenciar de\r\n
      forma consistente a leitura e a escrita para a democratização do saber “libertário”. A escolha desse gênero\r\n
      textual partiu da dedução de que sua estrutura, assim como, seu contexto narrativo fazem um resgate às\r\n
      recordações, possibilitando assim um novo jeito de se vê o passado e aprender muito com ele, através de um\r\n
      pensamento mais analítico, que influencie na leitura e na escrita apropriada. A principal metodologia desta\r\n
      pesquisa  foi  proporcionar  aos  alunos  um  contato  direto  com  suas  origens,  em  busca  de  um  “olhar\r\n
      democrático”, de uma leitura e escrita proficiente, para isso recorremos a várias atividades e estratégias\r\n
      didáticas como textos (“Meus tempos de criança”, de Rostand Paraíso, e “Memória de livros”, de João\r\n
      Ubaldo Ribeiro), conversas informais, palestras e entrevistas com alguns moradores da cidade. Culminamos\r\n
      com o “Chá de memórias catingueirense”, que contou com a participação de toda a comunidade escolar, para\r\n
      que prestigiassem as exposições das atividades realizadas, pelos alunos, e se deliciassem com a culinária\r\n
      local.  Tudo  isso,  contribuiu  de  maneira  satisfatória  para  uma  aprendizagem  mais  relevante.  Para  o\r\n
      desenvolvimento  dessa  proposta,  recorremos  a  vários  autores,  dentre  tantos,  destacamos:  Bosi  (1987),\r\n
      Chizzota (2005), Freire (1989), Lakatos (1991), Paraíso (1996), Ribeiro (1995), Rojo (2004) e Severino\r\n
      (2007).
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 08 - Linguagens, Letramento e Alfabetização"
    "palavra_chave" => "€?MEMÓRIA”, PERTENÇA., LEITURA E ESCRITA CRÍTICA."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA8_ID2476_17082017191509.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:24"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA DO SOCORRO COSTA DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "SOCORRO COSTA"
    "autor_email" => "prof-socorro1@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 38927
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 446
    "inscrito_id" => 2476
    "titulo" => """
      “O GÊNERO MEMÓRIAS LITERÁRIAS E O DESPERTAR DA\r\n
      CRITICIDADE DO LEITOR”
      """
    "resumo" => """
      RESUMO \r\n
      Este trabalho traz uma propositura de valorização das memórias de uma comunidade estudantil,\r\n
      para o desadormecer da leitura e da escrita critica, por meio de experiências vividas no projeto: “O gênero\r\n
      Memórias Literárias e o despertar da criticidade do leitor”, que foi realizado com a turma do 8º ano “A”, da\r\n
      Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Celeste Pires Leite, Catingueira-PB, na tentativa de mostrar\r\n
      a esses alunos, o valor de suas raízes e a importância da leitura e da escrita significativa, para o uso de suas\r\n
      práticas  sociais.  Seu  objetivo  foi  resgatar  as  memórias  dessa  localidade  discente,  para  que  através  do\r\n
      reconhecimento de pertença, os mesmos pudessem desenvolver a leitura e a escrita de forma soberana. Ler\r\n
      textos, em especial relacionados ao gênero Memórias Literários, estabelecem linhas de conexão entre o autor\r\n
      e o leitor, leva-o a pensar e repensar sobre suas lembranças de maneira mais crítica, além de influenciar de\r\n
      forma consistente a leitura e a escrita para a democratização do saber “libertário”. A escolha desse gênero\r\n
      textual partiu da dedução de que sua estrutura, assim como, seu contexto narrativo fazem um resgate às\r\n
      recordações, possibilitando assim um novo jeito de se vê o passado e aprender muito com ele, através de um\r\n
      pensamento mais analítico, que influencie na leitura e na escrita apropriada. A principal metodologia desta\r\n
      pesquisa  foi  proporcionar  aos  alunos  um  contato  direto  com  suas  origens,  em  busca  de  um  “olhar\r\n
      democrático”, de uma leitura e escrita proficiente, para isso recorremos a várias atividades e estratégias\r\n
      didáticas como textos (“Meus tempos de criança”, de Rostand Paraíso, e “Memória de livros”, de João\r\n
      Ubaldo Ribeiro), conversas informais, palestras e entrevistas com alguns moradores da cidade. Culminamos\r\n
      com o “Chá de memórias catingueirense”, que contou com a participação de toda a comunidade escolar, para\r\n
      que prestigiassem as exposições das atividades realizadas, pelos alunos, e se deliciassem com a culinária\r\n
      local.  Tudo  isso,  contribuiu  de  maneira  satisfatória  para  uma  aprendizagem  mais  relevante.  Para  o\r\n
      desenvolvimento  dessa  proposta,  recorremos  a  vários  autores,  dentre  tantos,  destacamos:  Bosi  (1987),\r\n
      Chizzota (2005), Freire (1989), Lakatos (1991), Paraíso (1996), Ribeiro (1995), Rojo (2004) e Severino\r\n
      (2007).
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 08 - Linguagens, Letramento e Alfabetização"
    "palavra_chave" => "€?MEMÓRIA”, PERTENÇA., LEITURA E ESCRITA CRÍTICA."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA8_ID2476_17082017191509.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:24"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA DO SOCORRO COSTA DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "SOCORRO COSTA"
    "autor_email" => "prof-socorro1@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

RESUMO Este trabalho traz uma propositura de valorização das memórias de uma comunidade estudantil, para o desadormecer da leitura e da escrita critica, por meio de experiências vividas no projeto: “O gênero Memórias Literárias e o despertar da criticidade do leitor”, que foi realizado com a turma do 8º ano “A”, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Celeste Pires Leite, Catingueira-PB, na tentativa de mostrar a esses alunos, o valor de suas raízes e a importância da leitura e da escrita significativa, para o uso de suas práticas sociais. Seu objetivo foi resgatar as memórias dessa localidade discente, para que através do reconhecimento de pertença, os mesmos pudessem desenvolver a leitura e a escrita de forma soberana. Ler textos, em especial relacionados ao gênero Memórias Literários, estabelecem linhas de conexão entre o autor e o leitor, leva-o a pensar e repensar sobre suas lembranças de maneira mais crítica, além de influenciar de forma consistente a leitura e a escrita para a democratização do saber “libertário”. A escolha desse gênero textual partiu da dedução de que sua estrutura, assim como, seu contexto narrativo fazem um resgate às recordações, possibilitando assim um novo jeito de se vê o passado e aprender muito com ele, através de um pensamento mais analítico, que influencie na leitura e na escrita apropriada. A principal metodologia desta pesquisa foi proporcionar aos alunos um contato direto com suas origens, em busca de um “olhar democrático”, de uma leitura e escrita proficiente, para isso recorremos a várias atividades e estratégias didáticas como textos (“Meus tempos de criança”, de Rostand Paraíso, e “Memória de livros”, de João Ubaldo Ribeiro), conversas informais, palestras e entrevistas com alguns moradores da cidade. Culminamos com o “Chá de memórias catingueirense”, que contou com a participação de toda a comunidade escolar, para que prestigiassem as exposições das atividades realizadas, pelos alunos, e se deliciassem com a culinária local. Tudo isso, contribuiu de maneira satisfatória para uma aprendizagem mais relevante. Para o desenvolvimento dessa proposta, recorremos a vários autores, dentre tantos, destacamos: Bosi (1987), Chizzota (2005), Freire (1989), Lakatos (1991), Paraíso (1996), Ribeiro (1995), Rojo (2004) e Severino (2007).

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.