Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

INVERSÃO DE VALORES: O SER PROFESSOR E A ATUAL CRISE DE IDENTIDADE DOCENTE

Palavra-chaves: ESTÁGIO I, FORMAÇÃO, IDENTIDADE DOCENTE Comunicação Oral (CO) GT 01 - Formação de Professores Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

A presente pesquisa, fruto de discussões da disciplina de Estágio I do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, tem como objetivo central questionar de que forma o estágio supervisionado, como componente curricular pode contribuir para a formação do ser professor inicialmente, e de que forma os professores constroem sua prática e sua identidade como sujeitos detentores do conhecimento. Através da fala dos profissionais do campo disciplinar de Ciências elencar quais são as principais dificuldades que estes encontram, e o que é necessário para ensinar. Além disso, defendemos a ideia do Estágio Supervisionado como área de conhecimento, de investigação e pesquisa que contribui ativamente para a construção do humano como profissional docente, por ser capaz de através do contato com diferentes saberes na escola, construir pontes entre a mesma e a experiência acadêmica, possibilitando um maior diálogo entre os saberes da experiência e da docência, tornando-se assim, um auxiliador também na formação da identidade docente no caráter individual e coletivo, simultaneamente. Através do presente estudo quisemos demonstrar a importância do Estágio Supervisionado como uma ferramenta capaz de desenvolver nos alunos da graduação uma atitude investigativa, fazendo-os penetrar no seio de um laboratório vivo – a escola, e se sentirem capazes de antes de serem um profissionais propriamente ditos, terem a oportunidade de enfrentar a realidade de nossas escolas, e saírem delas com uma visão mais arraigada do que um professor do nosso século precisa para lidar da melhor forma com a profissão, além de despertar neles questionamentos referentes a prática docente, e respostas de como enfrentar a realidade que enxergam.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.