Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 356
INDÍGENAS TABAJARA: RESSIGNIFICANDO A CULTURA ATRAVÉS DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS

Palavra-chaves: PRÁTICAS EDUCATIVAS. ., CULTURA, INDÍGENAS TABAJARA. Comunicação Oral (CO) GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

A sociedade brasileira se caracteriza pela pluralidade e diversidade de práticas culturais, sendo a indígena uma das que mais se destacam por preservar suas tradições através das práticas educativas orais imemoriais. Esses aprendizados estiveram e estão presentes no cotidiano dos povos indígenas e perpassam gerações. O presente estudo tem como objetivo analisar como são desenvolvidas as práticas educativas utilizadas pelo povo indígena Tabajara da Paraíba para preservação de sua cultura tradicional, seus ritos e sua religiosidade. Essa dinâmica surgiu da necessidade de preservar e perpetuar suas tradições ante o confronto com a sociedade não indígenas. Logo, expressa e sistematiza a edificação das raízes culturais do povo indígena Tabajara da Paraíba na prática do respeito, do cuidado com os elementos da natureza, na confecção dos artesanatos, na pintura, nos rituais, na religiosidade cristã e na espiritualidade tradicional, que didaticamente podemos aqui chamar de práticas educativas tradicionais. Quando se fala em práticas educativas indígenas Tabajara é preciso entender todo universo onde elas acontecem, o tempo necessário, as relações com a mãe natureza e os valores que são cultivados. A pesquisa tem aporte teórico de autores como Freire (1997), Clastres (1982), Barcellos e Farias (2015) e Libâneo (2005). O estudo tem cunho etnográfico com enfoque qualitativo, utilizando como instrumentos de pesquisa a observação participativa, o diário de campo e entrevista semiestruturada. Os resultados indicam que o surgimento e a necessidade da prática educativa, tem exigido maior dedicação e organização de como agir no coletivo, na (re)criação do universo indígena, na perseverança e na valoração da cultura.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.