Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

ESTRATÉGIAS DE AVALIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA EM UM JOVEM COM COMPROMETIMENTOS MOTORES E VISUAIS

Palavra-chaves: AVALIAÇÃO, CASA DE ACOLHIMENTO, PARALISIA CEREBRAL, DÉFICIT VISUAL Pôster (PO) GT 11 - Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Este trabalho baseia-se no desenvolvimento de estratégias de avaliação psicopedagógica direcionada a um estudo de caso de um jovem com comprometimentos motores e visuais residente na Casa de Acolhimento Morada do Betinho, localizada no município de João Pessoa, Estado da Paraíba. O objetivo geral do estudo foi desenvolver estratégias de avaliação psicopedagógica em um jovem com paralisia cerebral e déficit-visual, especificamente investigar fatores que contribuem para os atrasos de aprendizagens cognitivas e sociais, verificar através da observação respostas às atividades lúdicas apresentadas ao jovem e ainda propor ações interventivas que atenda ás necessidades mediante a avaliação. Os instrumentos escolhidos para a obtenção de dados e informações a cerca do indivíduo foram Escuta, Anamnese, Entrevista Estruturada e Observações interligadas aos instrumentos lúdicos (tabuleiro sensorial, estímulos musicais, atividades de percepção, entre outros). Esta pesquisa enfatiza o desenvolvimento de uma ação psicopedagógica integradora e personalizada no Espaço das Casas de Acolhimento, buscando a compreensão global que envolve o jovem com comprometimentos motores e visuais onde, no período de sua infância e adolescência foi negligenciado em sua esfera cognitiva e acadêmica em seu contexto familiar. As principais fontes teóricas foram direcionadas pelos estudos de Sánchez, Bonals e organizadores (2008) e Oliveira e Bossa (2013). Onde foi possível verificar que as principais causas que levaram o acolhido a não adquirir as habilidades sociais e acadêmicas não podem estar associadas apenas aos fatores cognitivos, mas interliga-se a diversas causas de cunho social, como, vulnerabilidade e privação da interação com o meio que o cerca.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.