Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA EDUCAÇÃO EMOCIONAL NO COMBATE À VIOLÊNCIA SIMBÓLICA NO AMBIENTE ESCOLAR

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO EMOCIONAL, VIOLÊNCIA SIMBÓLICA, ESCOLA, PRÁTICAS PEDAGÓGICAS Comunicação Oral (CO) GT 18 - Educação Emocional
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 36400
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4629
    "inscrito_id" => 6272
    "titulo" => "DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA EDUCAÇÃO EMOCIONAL NO COMBATE À VIOLÊNCIA SIMBÓLICA NO AMBIENTE ESCOLAR"
    "resumo" => "A educação é a base estrutural de toda construção de conhecimento do indivíduo desde sua infância, é a partir desse ensinamento que toda uma cultura é transmitida para o mesmo, que vive num meio social. Seja através da linguagem oral, gestual ou escrita a educação é retroalimentada de diversas formas no intelecto do ser humano. A educação emocional, por sua vez, é composta por laços dentro e fora do ambiente escolar, e que por vezes esses laços são feitos e desfeitos trazendo para o interior do individuo traços psicológicos que podem traumatizar ou ressignificar uma vida inteira dependendo do ambiente e estímulo do convívio. A violência simbólica também apresenta-se dentro e fora do ambiente escolar, ou seja, é o pivô de toda uma desestruturação emocional e deixa marcas por toda a vida caso este não venha a passar pelo processo da resiliência. O presente trabalho tem por objetivo traçar um estudo sobre as múltiplas maneiras de abordar e vivenciar a educação emocional no cotidiano escolar como forma de tratar as questões de violência simbólica, elencando desafios e perspectivas da temática. Também contemplar-se-á na abordagem, relatos de experiências de profissionais da educação atuantes nos ensinos: Infantil; Fundamental e Médio que baseiam suas práticas pedagógicas na desconstrução do processo de violência simbólica no âmbito escolar através da ressignifição das relações interpessoais. Para tanto, a metodologia da pesquisa apresenta-se de natureza qualitativa, fundamentada em um referencial bibliográfico que enfoca comportamento/educação emocional; educação escolar; e violência simbólica. Autores como Boris Cyrulnik, Paulo Freire, Zygmunt Bauman, entre outros que contemplarão a base teórica da pesquisa."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 18 - Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO EMOCIONAL, VIOLÊNCIA SIMBÓLICA, ESCOLA, PRÁTICAS PEDAGÓGICAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA18_ID6272_16102017231402.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:21"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNO LAURENTINO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "BRUNO LAUR"
    "autor_email" => "b_laurentino_s@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE (UERN)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 36400
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4629
    "inscrito_id" => 6272
    "titulo" => "DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA EDUCAÇÃO EMOCIONAL NO COMBATE À VIOLÊNCIA SIMBÓLICA NO AMBIENTE ESCOLAR"
    "resumo" => "A educação é a base estrutural de toda construção de conhecimento do indivíduo desde sua infância, é a partir desse ensinamento que toda uma cultura é transmitida para o mesmo, que vive num meio social. Seja através da linguagem oral, gestual ou escrita a educação é retroalimentada de diversas formas no intelecto do ser humano. A educação emocional, por sua vez, é composta por laços dentro e fora do ambiente escolar, e que por vezes esses laços são feitos e desfeitos trazendo para o interior do individuo traços psicológicos que podem traumatizar ou ressignificar uma vida inteira dependendo do ambiente e estímulo do convívio. A violência simbólica também apresenta-se dentro e fora do ambiente escolar, ou seja, é o pivô de toda uma desestruturação emocional e deixa marcas por toda a vida caso este não venha a passar pelo processo da resiliência. O presente trabalho tem por objetivo traçar um estudo sobre as múltiplas maneiras de abordar e vivenciar a educação emocional no cotidiano escolar como forma de tratar as questões de violência simbólica, elencando desafios e perspectivas da temática. Também contemplar-se-á na abordagem, relatos de experiências de profissionais da educação atuantes nos ensinos: Infantil; Fundamental e Médio que baseiam suas práticas pedagógicas na desconstrução do processo de violência simbólica no âmbito escolar através da ressignifição das relações interpessoais. Para tanto, a metodologia da pesquisa apresenta-se de natureza qualitativa, fundamentada em um referencial bibliográfico que enfoca comportamento/educação emocional; educação escolar; e violência simbólica. Autores como Boris Cyrulnik, Paulo Freire, Zygmunt Bauman, entre outros que contemplarão a base teórica da pesquisa."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 18 - Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO EMOCIONAL, VIOLÊNCIA SIMBÓLICA, ESCOLA, PRÁTICAS PEDAGÓGICAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA18_ID6272_16102017231402.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:21"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNO LAURENTINO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "BRUNO LAUR"
    "autor_email" => "b_laurentino_s@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE (UERN)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

A educação é a base estrutural de toda construção de conhecimento do indivíduo desde sua infância, é a partir desse ensinamento que toda uma cultura é transmitida para o mesmo, que vive num meio social. Seja através da linguagem oral, gestual ou escrita a educação é retroalimentada de diversas formas no intelecto do ser humano. A educação emocional, por sua vez, é composta por laços dentro e fora do ambiente escolar, e que por vezes esses laços são feitos e desfeitos trazendo para o interior do individuo traços psicológicos que podem traumatizar ou ressignificar uma vida inteira dependendo do ambiente e estímulo do convívio. A violência simbólica também apresenta-se dentro e fora do ambiente escolar, ou seja, é o pivô de toda uma desestruturação emocional e deixa marcas por toda a vida caso este não venha a passar pelo processo da resiliência. O presente trabalho tem por objetivo traçar um estudo sobre as múltiplas maneiras de abordar e vivenciar a educação emocional no cotidiano escolar como forma de tratar as questões de violência simbólica, elencando desafios e perspectivas da temática. Também contemplar-se-á na abordagem, relatos de experiências de profissionais da educação atuantes nos ensinos: Infantil; Fundamental e Médio que baseiam suas práticas pedagógicas na desconstrução do processo de violência simbólica no âmbito escolar através da ressignifição das relações interpessoais. Para tanto, a metodologia da pesquisa apresenta-se de natureza qualitativa, fundamentada em um referencial bibliográfico que enfoca comportamento/educação emocional; educação escolar; e violência simbólica. Autores como Boris Cyrulnik, Paulo Freire, Zygmunt Bauman, entre outros que contemplarão a base teórica da pesquisa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.