Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 153
CAMINHOS ALTERNATIVOS PARA A COMUNICAÇÃO E INTERAÇÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIENCIA INTELECTUAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO INCLUSIVA, , EDUCAÇÃO INFANTIL, COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA Pôster (PO) GT 10 - Educação Especial

Resumo

Dentre as crianças em idade pré-escolar com algum tipo de impedimento/deficiência, há aquelas que apresentam comprometimentos na linguagem oral e que, consequentemente, têm seu processo de comunicação/interação muitas vezes comprometido. Nesses casos, há necessidade de utilização de recursos de acessibilidade para suplementar ou substituir a fala natural. Assim, o uso de recursos de comunicação alternativos unidos à atividades de estímulo à linguagem típicas da Educação Infantil podem potencializar o desenvolvimento da fala das crianças que, por algum impedimento, apresentam atrasos na linguagem ou ausência total da mesma. Esse estudo buscou investigar as contribuições da comunicação alternativa para a comunicação e interação de uma criança com deficiência intelectual na Educação Infantil. Como metodologia tratou-se de uma pesquisa de intervenção. Foi realizada entrevista com a professora regente, observações na sala de aula e intervenções com recursos de comunicação alternativa. Como resultado a pesquisa demostrou que a criança compensava o impedimento comunicativo com o uso ampliado dos gestos. A partir das intervenções constatou-se que a criança apoio-se no recurso para se comunicar, ou seja, os recursos de comunicação alternativa foram eficientes para estabelecer a comunicação entre criança e pesquisadora. Essa pesquisa demostra que o uso da comunicação alternativa na Educação Infantil pode favorecer a comunicação da criança com algum tipo de impedimento, porém, é preciso levar em consideração as reais necessidades comunicativas da mesma para que o recurso se mostre eficiente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.