Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 234
A UTILIZAÇÃO DAS TIC’S DIGITAIS NOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Palavra-chaves: TIC’S, ENSINO, APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) GT 19 - Tecnologias e Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Frente o grande uso das tecnologias da informação e comunicação em especial das digitais no processo de ensino e aprendizagem na atualidade no âmbito educacional. O presente trabalho tem como principal objetivo realizar uma revisão sistemática com o intuito de analisar as TIC’s no processo de ensino e aprendizagem e as influências das mesmas nos processos citados, seja na educação básica ou no ensino superior. A revisão sistemática foi realizada no banco de dados da Scielo através da combinação dos descritores TIC’S e Educação nos idiomas português e inglês, na área temática de educação e pesquisa educacional. Foram incluídos todos os artigos originais indexados, estudos de caso ou observacionais realizados no âmbito educacional. Foram excluídos artigos duplicados e trabalhos fora do âmbito da educação. Após aplicação dos critérios de inclusão foram selecionados quatro (04) trabalhos para leitura na integra e avaliação dos métodos e principais resultados. Os trabalhos avaliados consideram que o quadro interativo apresenta uma relativa melhora no processo ensino e aprendizagem dos alunos no ensino da matemática, a revisão apontou também contribuições que viabilizam a apreensão do conhecimento por meio dos recursos tecnológicos para os alunos do curso de Direito por meio de criação de blogs para registro das atividades, gerando o desenvolvimento criativo e inovador nos estudantes possibilitando um aperfeiçoamento profissional e uma melhora na aprendizagem, bem como foi observado que as TIC’s como jogos e vídeos didáticos são citadas como elementos para motivação dos alunos no processo de ensino e aprendizagem dos conteúdos. Assim devemos destacar que a integração das TIC’s como recursos no processo de ensino e aprendizagem, podem sim, estimular os escolares para que sejam auto diretivos e mais ativos na construção da sua aprendizagem. Porém essas ferramentas devem ser direcionadas e planejadas pelos professores pedagogicamente para que as mesmas não passem a tornassem meramente atividades de lazer.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.