Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

“DE OLHO NA CONTA DE LUZ”: UMA OFICINA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Palavra-chaves: ENSINO DE CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, OFICINA PEDAGÓGICA, ENERGIA ELÉTRICA Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O trabalho a seguir relata uma experiência, vivenciada numa escola municipal localizada na cidade de Campina Grande – PB, cujo público alvo foi uma turma de 9º ano da modalidade de Educação Jovens e Adultos (EJA), esta sugere a utilização de uma oficina pedagógica como alternativa para o ensino de ciência na EJA, no intuito de dinamizar o conteúdo de potência elétrica e sua relação com o consumo de energia elétrica. As oficinas podem ser consideradas uma estratégia metodológica que valoriza a construção do conhecimento, baseadas em situações dinâmicas do cotidiano dos estudantes. Além disso, possibilita a estimulação da criação e/ou recriações de situações que são baseadas na relação entre o conteúdo trabalhado em sala de aula com o ambiente vivencial dos estudantes. Neste contexto, desenvolvemos uma oficina pedagógica intitulada “De Olho na Conta de Luz”, cujo objetivo foi mostrar aos estudantes importância do uso racional da energia elétrica, que é bastante influenciado por hábitos inadequados, e para isto utilizamos da observação do demonstrativo de consumo elétrico contido na conta de energia elétrica, como ponto principal para a reflexão do uso racional desta. As atividades desenvolvidas com a turma da Educação de Jovens e Adultos nos fazem refletir acerca da relevância que sempre deve haver entre os temas abordados em sala de aula e o seu significado para a vida dos estudantes que frequentam essa modalidade de ensino. A considerar que, o fato de trabalharmos a temática da energia, por meio da oficina “De olho na conta de luz”, nos permitiu perceber a curiosidade, envolvimento e o entusiasmo dos estudantes para com a proposta por nos apresentada.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.