Artigo Anais V CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

USO DE PSICOFÁRMACOS EM IDOSOS DO PROGRAMA CIDADE DO IDOSO DO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ/SC

Palavra-chaves: PSICOFÁRMACOS, ENVELHECIMENTO HUMANO, ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL Pôster (PO) AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 34920
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 472
    "inscrito_id" => 887
    "titulo" => "USO DE PSICOFÁRMACOS EM IDOSOS DO PROGRAMA CIDADE DO IDOSO DO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ/SC"
    "resumo" => "Neste estudo objetivou-se avaliar o uso de psicofármacos em idosos participantes do Programa Cidade do Idoso do município de Chapecó/SC, bem como, comparar o uso destas substâncias em relação às variáveis sexo e tempo de ingresso no Programa. Trata-se de uma pesquisa analítica descritiva, de corte transversal, com abordagem quantitativa, realizada com 246 idosos de ambos os sexos. A coleta de dados foi realizada no período de novembro de 2015 a novembro de 2016, por meio de um questionário aplicado sob forma de entrevista individualizada, no espaço de convivência e no Centro de Saúde da Cidade do Idoso. Os idosos foram divididos em iniciantes (idosos que realizam atividades na Cidade do Idoso há, no máximo, três meses) e participantes ativos (os idosos que realizam atividades há mais de três meses). Dentre os idosos entrevistados, 66,30% eram do sexo feminino e 33,70% do sexo masculino. Destes, 78,50% autorreferiram cor de pele branca, 48,80% eram casados, 87,80% eram alfabetizados e 86,20% eram aposentados. Verificou-se uma prevalência de uso de psicofármacos de 13,41%. Entre os psicofármacos mais utilizados houve predomínio da classe dos antidepressivos (11,38%), seguido dos ansiolíticos (benzodiazepínicos) (3,66%). Evidenciou-se uma associação entre o uso de psicofármacos e as variáveis sexo e tempo de ingresso no programa, sendo que a prevalência do uso desses fármacos no sexo feminino (16,60%) foi superior ao masculino (7,20%) (p<0,05). Além disso, a prevalência de utilização de psicofármacos foi maior entre os idosos iniciantes (20,30%) do que entre os participantes ativos (10,20%) (p<0,05). Conclui-se que a inserção dos idosos em programas como a Cidade do Idoso, que aliam a prática de atividades físicas, atividades de interação e convívio social pode interferir de forma positiva no uso de psicofármacos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "PSICOFÁRMACOS, ENVELHECIMENTO HUMANO, ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA8_ID887_18092017095303.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LUCIANE BAIERLE LORENZATTO"
    "autor_nome_curto" => "LUCIANE BAIERLE"
    "autor_email" => "lucianel@unochapeco.edu.b"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ (UNOCHAPECÓ)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 34920
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 472
    "inscrito_id" => 887
    "titulo" => "USO DE PSICOFÁRMACOS EM IDOSOS DO PROGRAMA CIDADE DO IDOSO DO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ/SC"
    "resumo" => "Neste estudo objetivou-se avaliar o uso de psicofármacos em idosos participantes do Programa Cidade do Idoso do município de Chapecó/SC, bem como, comparar o uso destas substâncias em relação às variáveis sexo e tempo de ingresso no Programa. Trata-se de uma pesquisa analítica descritiva, de corte transversal, com abordagem quantitativa, realizada com 246 idosos de ambos os sexos. A coleta de dados foi realizada no período de novembro de 2015 a novembro de 2016, por meio de um questionário aplicado sob forma de entrevista individualizada, no espaço de convivência e no Centro de Saúde da Cidade do Idoso. Os idosos foram divididos em iniciantes (idosos que realizam atividades na Cidade do Idoso há, no máximo, três meses) e participantes ativos (os idosos que realizam atividades há mais de três meses). Dentre os idosos entrevistados, 66,30% eram do sexo feminino e 33,70% do sexo masculino. Destes, 78,50% autorreferiram cor de pele branca, 48,80% eram casados, 87,80% eram alfabetizados e 86,20% eram aposentados. Verificou-se uma prevalência de uso de psicofármacos de 13,41%. Entre os psicofármacos mais utilizados houve predomínio da classe dos antidepressivos (11,38%), seguido dos ansiolíticos (benzodiazepínicos) (3,66%). Evidenciou-se uma associação entre o uso de psicofármacos e as variáveis sexo e tempo de ingresso no programa, sendo que a prevalência do uso desses fármacos no sexo feminino (16,60%) foi superior ao masculino (7,20%) (p<0,05). Além disso, a prevalência de utilização de psicofármacos foi maior entre os idosos iniciantes (20,30%) do que entre os participantes ativos (10,20%) (p<0,05). Conclui-se que a inserção dos idosos em programas como a Cidade do Idoso, que aliam a prática de atividades físicas, atividades de interação e convívio social pode interferir de forma positiva no uso de psicofármacos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "PSICOFÁRMACOS, ENVELHECIMENTO HUMANO, ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA8_ID887_18092017095303.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LUCIANE BAIERLE LORENZATTO"
    "autor_nome_curto" => "LUCIANE BAIERLE"
    "autor_email" => "lucianel@unochapeco.edu.b"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ (UNOCHAPECÓ)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Neste estudo objetivou-se avaliar o uso de psicofármacos em idosos participantes do Programa Cidade do Idoso do município de Chapecó/SC, bem como, comparar o uso destas substâncias em relação às variáveis sexo e tempo de ingresso no Programa. Trata-se de uma pesquisa analítica descritiva, de corte transversal, com abordagem quantitativa, realizada com 246 idosos de ambos os sexos. A coleta de dados foi realizada no período de novembro de 2015 a novembro de 2016, por meio de um questionário aplicado sob forma de entrevista individualizada, no espaço de convivência e no Centro de Saúde da Cidade do Idoso. Os idosos foram divididos em iniciantes (idosos que realizam atividades na Cidade do Idoso há, no máximo, três meses) e participantes ativos (os idosos que realizam atividades há mais de três meses). Dentre os idosos entrevistados, 66,30% eram do sexo feminino e 33,70% do sexo masculino. Destes, 78,50% autorreferiram cor de pele branca, 48,80% eram casados, 87,80% eram alfabetizados e 86,20% eram aposentados. Verificou-se uma prevalência de uso de psicofármacos de 13,41%. Entre os psicofármacos mais utilizados houve predomínio da classe dos antidepressivos (11,38%), seguido dos ansiolíticos (benzodiazepínicos) (3,66%). Evidenciou-se uma associação entre o uso de psicofármacos e as variáveis sexo e tempo de ingresso no programa, sendo que a prevalência do uso desses fármacos no sexo feminino (16,60%) foi superior ao masculino (7,20%) (p<0,05). Além disso, a prevalência de utilização de psicofármacos foi maior entre os idosos iniciantes (20,30%) do que entre os participantes ativos (10,20%) (p<0,05). Conclui-se que a inserção dos idosos em programas como a Cidade do Idoso, que aliam a prática de atividades físicas, atividades de interação e convívio social pode interferir de forma positiva no uso de psicofármacos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.