Artigo Anais V CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA NOTIFICADOS NO NORDESTE E NORTE DO BRASIL

Palavra-chaves: MAUS-TRATOS AO IDOSO, IDOSO, VIOLÊNCIA Pôster (PO) AT-04: Processo de Cuidar em Enfermagem e a Saúde da Pessoa Idosa
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 34244
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 963
    "inscrito_id" => 2818
    "titulo" => "CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA NOTIFICADOS NO NORDESTE E NORTE DO BRASIL"
    "resumo" => """
      Introdução: Em decorrência do aumento da população idosa, os impactos das violências que acometem estas pessoas ganham visibilidade na sociedade contemporânea, o que remete a necessidade de intervenções por parte do Estado através de implantações e implementações de políticas públicas voltadas a este público. \r\n
      Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico da violência contra a pessoa idosa no Norte e Nordeste brasileiro, no período entre 2009 a 2014. \r\n
      Métodos: Trata-se de um estudo ecológico e descritivo, realizado com base nos dados disponibilizados pelos Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e acessados por meio do Departamento de Informática do Sistema Único de saúde (DATASUS), referentes às notificações de violência contra idosos, nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, entre os anos de 2009 a 2014. As seguintes variáveis foram estudadas: sexo; faixa etária, raça/cor, escolaridade, local de ocorrência e tipo de violência em que foram calculadas as frequências absolutas e relativas. \r\n
      Resultados: No Norte e Nordeste do país ocorreram 8.194 notificações no período de 2009 e 2014, a partir daí o seguinte perfil foi caracterizado: sexo masculino (53,3%), raça/cor parda (49,5%), analfabeto (13,2%). A residência foi o local mais frequente das ocorrências (56%), e a agressão física obteve o percentual de 56% quanto ao tipo de violência, entretanto deve-se ressaltar que o idoso pode ter sofrido mais de um tipo de violência. \r\n
      Conclusão: Em virtude do aumento da população idosa no mundo, a identificação do perfil da população idosa vulnerável a violência, mostra-se relevante para a realização de medidas preventivas e promocionais à saúde, planejamento do cuidado integral, implantação e implementação de politicas públicas que atendam este público.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-04: Processo de Cuidar em Enfermagem e a Saúde da Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "MAUS-TRATOS AO IDOSO, IDOSO, VIOLÊNCIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA4_ID2818_21102017211952.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BEATRIZ DE ALMEIDA MARQUES"
    "autor_nome_curto" => "BEATRIZ MARQUES"
    "autor_email" => "beatriz_a_marques@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 34244
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 963
    "inscrito_id" => 2818
    "titulo" => "CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA NOTIFICADOS NO NORDESTE E NORTE DO BRASIL"
    "resumo" => """
      Introdução: Em decorrência do aumento da população idosa, os impactos das violências que acometem estas pessoas ganham visibilidade na sociedade contemporânea, o que remete a necessidade de intervenções por parte do Estado através de implantações e implementações de políticas públicas voltadas a este público. \r\n
      Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico da violência contra a pessoa idosa no Norte e Nordeste brasileiro, no período entre 2009 a 2014. \r\n
      Métodos: Trata-se de um estudo ecológico e descritivo, realizado com base nos dados disponibilizados pelos Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e acessados por meio do Departamento de Informática do Sistema Único de saúde (DATASUS), referentes às notificações de violência contra idosos, nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, entre os anos de 2009 a 2014. As seguintes variáveis foram estudadas: sexo; faixa etária, raça/cor, escolaridade, local de ocorrência e tipo de violência em que foram calculadas as frequências absolutas e relativas. \r\n
      Resultados: No Norte e Nordeste do país ocorreram 8.194 notificações no período de 2009 e 2014, a partir daí o seguinte perfil foi caracterizado: sexo masculino (53,3%), raça/cor parda (49,5%), analfabeto (13,2%). A residência foi o local mais frequente das ocorrências (56%), e a agressão física obteve o percentual de 56% quanto ao tipo de violência, entretanto deve-se ressaltar que o idoso pode ter sofrido mais de um tipo de violência. \r\n
      Conclusão: Em virtude do aumento da população idosa no mundo, a identificação do perfil da população idosa vulnerável a violência, mostra-se relevante para a realização de medidas preventivas e promocionais à saúde, planejamento do cuidado integral, implantação e implementação de politicas públicas que atendam este público.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-04: Processo de Cuidar em Enfermagem e a Saúde da Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "MAUS-TRATOS AO IDOSO, IDOSO, VIOLÊNCIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA4_ID2818_21102017211952.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BEATRIZ DE ALMEIDA MARQUES"
    "autor_nome_curto" => "BEATRIZ MARQUES"
    "autor_email" => "beatriz_a_marques@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Introdução: Em decorrência do aumento da população idosa, os impactos das violências que acometem estas pessoas ganham visibilidade na sociedade contemporânea, o que remete a necessidade de intervenções por parte do Estado através de implantações e implementações de políticas públicas voltadas a este público. Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico da violência contra a pessoa idosa no Norte e Nordeste brasileiro, no período entre 2009 a 2014. Métodos: Trata-se de um estudo ecológico e descritivo, realizado com base nos dados disponibilizados pelos Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e acessados por meio do Departamento de Informática do Sistema Único de saúde (DATASUS), referentes às notificações de violência contra idosos, nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, entre os anos de 2009 a 2014. As seguintes variáveis foram estudadas: sexo; faixa etária, raça/cor, escolaridade, local de ocorrência e tipo de violência em que foram calculadas as frequências absolutas e relativas. Resultados: No Norte e Nordeste do país ocorreram 8.194 notificações no período de 2009 e 2014, a partir daí o seguinte perfil foi caracterizado: sexo masculino (53,3%), raça/cor parda (49,5%), analfabeto (13,2%). A residência foi o local mais frequente das ocorrências (56%), e a agressão física obteve o percentual de 56% quanto ao tipo de violência, entretanto deve-se ressaltar que o idoso pode ter sofrido mais de um tipo de violência. Conclusão: Em virtude do aumento da população idosa no mundo, a identificação do perfil da população idosa vulnerável a violência, mostra-se relevante para a realização de medidas preventivas e promocionais à saúde, planejamento do cuidado integral, implantação e implementação de politicas públicas que atendam este público.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.